130
0

VGIR11: descubra os detalhes sobre esse FII

130
0
4 minutes

Os fundos imobiliários (FIIs) são modalidades de investimento que conseguem atrair a atenção de muitos investidores. Nesse grupo, uma das alternativas disponíveis é o VGIR11, você sabe como ele funciona?

É importante destacar que todos os FIIs apresentam características distintas entre si. Desse modo, o investidor precisa considerar aspectos específicos para compreender quais estão alinhados ao seu perfil e como podem se comportar em sua carteira de investimentos.

Quer saber mais? Neste artigo você entenderá os principais detalhes do VGIR11 e o que considerar ao investir em fundos imobiliários.

Acompanhe a leitura!

O que é um fundo imobiliário?

Antes que possa entender as particularidades do VGIR11, é importante compreender o são fundos imobiliários. Eles são uma modalidade de investimento que se caracteriza por priorizar o mercado de imóveis na composição da carteira.

Dessa forma, se dividem em três grupos principais. Os fundos imobiliários de tijolo são aqueles que investem em empreendimentos físicos. É possível incluir shopping centers, redes de hotéis, lajes corporativas, entre outros.

Já os fundos de papel priorizam aportes em títulos de renda fixa ligados ao mercado imobiliário. Há FIIs, por exemplo, que investem nas letras de crédito (LCIs) ou nos certificados de recebíveis (CRIs) imobiliários.

Por último, os fundos de fundos (FOFs) têm como estratégia o investimento em outros fundos imobiliários do mercado. Assim, para os investidores, um dos principais atrativos que todos os três oferecem está em se expor ao mercado de imóveis sem precisar adquirir um.

Além disso, uma característica interessante dos FIIs está no pagamento regular de dividendos. Por lei, eles precisam fazer repasse de 95% dos seus lucros semestrais aos cotistas. Dessa forma, podem interessar investidores que buscam criar uma fonte de renda passiva.

O que é o VGIR11?

Agora que você entendeu as principais características dos FIIs, é hora de conhecer o Valora RE III. Identificado pelo ticker VGIR11, ele consiste em um fundo imobiliário de papel de gestão ativa que prioriza o investimento em certificados de recebíveis imobiliários (CRIs).

Apesar de focar em CRIS, há uma flexibilidade para novos aportes em outras alternativas para potencializar a rentabilidade do fundo. Dessa forma, seus gestores podem adicionar cotas de outros fundos, letras hipotecárias (LHs), letras de crédito imobiliário (LCIs) entre outros ativos.

Embora seu portfólio esteja voltado à renda fixa, vale destacar que o FII é considerado de renda variável. A sua cotação está suscetível às oscilações do mercado. Assim, pode passar por flutuações durante um mesmo pregão da bolsa de valores.

O fundo é administrado pelo BTG Pactual e conta com gestão da Valora Investimentos. O seu início foi em 2018 e ele funciona sob forma de condomínio fechado. Isto é, há um número limitado de cotas, que só podem ser negociadas no mercado secundário.

Como é característica dos fundos de investimento em geral, é cobrada uma taxa de administração aos cotistas do VGIR11. Nesse caso, o objetivo em 2021 era arrecadar o mínimo mensal de R$ 25 mil para a gestão do FII.

Quais as oportunidades e os riscos de investir em fundos imobiliários?

Os fundos imobiliários apresentam algumas características que podem ser interessantes para os investidores. Contudo, também há riscos envolvidos ao investir em FIIs como o VGIR11.

Saiba mais!

Oportunidades

Uma das principais vantagens de investir nos fundos imobiliários em geral está na possibilidade de receber dividendos regularmente. Dessa forma, a partir do acúmulo do número de cotas, é possível torná-lo em uma fonte de renda passiva.

Além disso, os FIIs se apresentam como uma estratégia para diversificação da carteira. Assim, adicionar essa modalidade pode ajudar a equilibrar os riscos do seu portfólio ao mesmo tempo em que pode alcançar melhores rentabilidades.

Outro ponto interessante está em contar com uma gestão profissional. Com a presença de uma equipe qualificada acompanhando e tomando as decisões pelos cotistas, é possível atingir melhores resultados.

Ademais, os FIIs podem funcionar como uma primeira experiência em renda variável para investidores iniciantes ou conservadores que buscam novas alternativas. A sua lógica de funcionamento pode ser positiva para esse perfil.

Riscos

Entretanto, também é preciso considerar os riscos de se investir em FIIs. O primeiro deles está no fato de ser um investimento em renda variável. Portanto, não há garantia de retornos positivos aos investidores.

Além disso, o risco de mercado pode ser outro cenário negativo para os cotistas. Como os FIIs priorizam o mercado de imóveis, uma crise nesse setor pode ser responsável por afetar a rentabilidade e os resultados dos fundos.

Uma técnica para gerenciar os riscos é diversificar a carteira de investimentos. Dessa forma, você consegue trazer uma maior robustez para seus aportes e cria uma melhor proteção contra as oscilações da economia.

Como investir em FIIs?

Você acredita que os FIIs, como o VGIR11, são uma oportunidade interessante para investir? Nesse caso, é preciso entender o que considerar antes de fazer os seus investimentos. Em primeiro lugar, considere seu perfil.

Como vimos, esse é um investimento em renda variável. Portanto, é preciso que o investidor tenha uma maior tolerância a riscos para lidar com as oscilações do mercado e com a não garantia de retornos positivos.

Após esse entendimento, é essencial traçar objetivos — e prazos para eles. Desse modo, você terá uma maior compreensão sobre os resultados que pode atingir e como os FIIs vão se comportar na sua carteira.

Os fundos imobiliários, normalmente, se adéquam a estratégias de longo prazo. Como um de seus principais aspectos está no pagamento de dividendos, faz mais sentido para quem pratica o buy and hold.

Se, após considerar esses pontos, você percebeu que os FIIs como o VGIR11 serão adições positivas, é necessário ter uma conta em um banco de investimentos. Será por meio dela que você poderá acessar o home broker e emitir suas ordens de compra.

Agora você sabe o que é VGIR11 e pode avaliar se esse fundo imobiliário apresenta características interessantes para sua estratégia. Não deixe de analisar as informações para basear suas escolhas e realizar os melhores investimentos para o seu caso!

Gostaria de aproveitar as oportunidades que o mercado financeiro oferece? Aproveite para abrir sua conta no BTG Pactual e iniciar seus investimentos!

Equipe André Bona
WRITEN BY

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]