Para quem deseja viver de renda passiva, investimentos que oferecem diferentes formas de obter lucros pode ser uma estratégia interessante. Ao investir em ações ou certos fundos, por exemplo, é possível ganhar com a valorização delas ao longo do tempo e também receber dividendos.

Dessa forma, pode ficar mais fácil alcançar a independência financeira mais rapidamente. No entanto, muitos investidores que investem com esse foco costumam ter dúvidas sobre essa forma de ganho. Por exemplo, “como acompanhar meus dividendos?”.

Por isso, vale a pena entender melhor sobre o pagamento desse provento para os investidores. Então veja a seguir tudo o que você precisa saber sobre como acompanhar seus dividendos!

O que são dividendos?

Ao fazer um investimento em ações ou em fundos imobiliários (FIIs), você pode ter duas formas de obter lucros. A primeira delas é com a valorização dos papéis ou das cotas. E a segunda é o pagamento de dividendos.

Eles são uma parcela dos lucros da empresa e dos fundos que serão distribuídos aos acionistas ou cotistas. O objetivo desse provento é trazer vantagens aos investidores atuais e atrair novos interessados.

A remuneração costuma ser paga na forma de dinheiro e é proporcional à quantidade de ações e cotas de cada investidor. No caso das empresas, é possível também ter outros tipos de proventos — como juros sobre capital próprio, bônus em ações e direito de subscrição.

Como funciona o pagamento de dividendos?

Agora que você já conhece o conceito de dividendos, é o momento de entender como funciona o pagamento desses proventos. Em relação às ações, ao contrário do que muitos acreditam, não há uma porcentagem mínima de distribuição de lucro.

Embora muitas empresas adotem um percentual de 25% do seu lucro líquido, essa não é uma regra. Cada companhia pode escolher quanto distribuir — e isso deve constar no estatuto dela. A frequência também depende de cada empresa, mas precisa ser feita pelo menos anualmente.

No caso dos fundos imobiliários, há um percentual estabelecido. Eles devem distribuir a maior parte do lucro, seguindo o percentual mínimo definido por lei. A frequência também pode mudar, mas deve acontecer a cada ano.

Qual a importância de acompanhar o recebimento dos dividendos?

O pagamento de dividendos pode ser vantajoso para os investidores, principalmente para os que desejam viver de renda passiva. Ou seja, o objetivo de ter rendimentos suficientes para custear sua vida sem precisar trabalhar.

Como esse costuma ser um plano de longo prazo, vale a pena reinvestir os dividendos durante o período de acumulação. Assim, você impulsiona o patrimônio, pois há sempre mais dinheiro disponível para render.

Essa é uma forma de tentar alcançar a sua independência financeira. No entanto, como o pagamento dos investimentos têm calendários distintos, é comum que os investidores acabem se perdendo em relação às datas e se perguntem “como acompanhar meus dividendos?”.

Sem previsibilidade de pagamento, provavelmente ele não saberá o momento de reinvesti-los. Por isso, é importante entender o recebimento dos dividendos. O primeiro passo para isso é estar atento à agenda de pagamento.

O que é agenda de dividendos?

Quando se fala em pagamento de dividendos é preciso entender como a distribuição dos proventos é realizada. Você consegue isso acompanhando a agenda de dividendos das empresas.

Nela, é possível encontrar informações importantes para acompanhar seus dividendos, como:

Valor da distribuição

Uma informação fundamental é o valor distribuído. Ou seja, quanto o investidor receberá como dividendo. A empresa ou o fundo pode divulgar o total de distribuição aos seus investidores, assim como o provento pago por ação/cota e o total de cada investidor.

Data com e data ex

Em seguida, é importante que aqueles que desejam acompanhar seus dividendos também saibam qual a data-ex e a data-com da distribuição. Elas são marcos que dizem se um investidor tem direito ou não a receber esses proventos (quem adquire a ação depois da data-ex não receberá).

Data de pagamento

Por fim, o investidor deve conferir na agenda de dividendos das empresas e fundos qual é a data de pagamento dos proventos. Dessa forma, saberá exatamente quando seus lucros serão depositados na sua conta.

Assim, poder reinvesti-los ou usá-los como desejar. Portanto, toda vez que surgir a dúvida “como acompanhar meus dividendos”, você já sabe que pode consultar essa agenda para fazer entender mais sobre seus proventos.

Como acompanhar meus dividendos?

Depois de entender o que é agenda de dividendos, vale a pena saber onde você pode conseguir as informações. Existem três opções.

São elas:

Canal Eletrônico do Investidor (CEI)

Todas as transações financeiras realizadas na bolsa de valores podem ser consultadas no Canal Eletrônico do Investidor (CEI). Entre as informações disponíveis, estão os proventos que o investidor possui, independente da instituição financeira que tenha realizado o investimento.

Dessa forma, sempre que quiser acompanhar seus dividendos, voe poderá acessar o CEI. Lá, é possível saber quais são os proventos já creditados e quais serão pagos no futuro. Para acessar o Canal Eletrônico do Investidor, basta usar seu CPF e criar uma senha.

Banco de investimentos

Outra maneira de acompanhar os dividendos é por meio do seu banco de investimentos. Isso porque muitos deles informam os valores e as datas de pagamentos desses proventos. Assim, o investidor pode monitorar os ganhos da sua carteira.

Sites de relacionamento com investidores (RI)

Por fim, outra forma de acompanhar seus dividendos é nos sites de relacionamento com investidores, também conhecidos como RI. Eles servem para as empresas listadas nas bolsas estabelecerem relações com investidores.

Nesses espaços é possível encontrar informações sobre as ações, como a cotação do dia e as oscilações durante o pregão. Além disso, você pode acompanhar notícias relevantes e detalhes sobre a distribuição dos dividendos.

Depois de ler este post você finalmente sabe responder: “como acompanhar meus dividendos?”. Portanto, sempre que surgir essa dúvida, ficou mais fácil buscar a resposta. Não deixe de observar de perto a evolução dos seus investimentos!

Quer saber mais? Confira nosso artigo e descubra como saber se a empresa é boa pagadora de dividendos!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *