Essa é uma excelente questão para discutirmos, amigos.

Toda vez que pegamos um empréstimo, as parcelas são calculadas incluindo em seu somatório, a parte da armotização da dívida e a parte dos juros. Portanto, quando optamos por amortizar ou liquidar empréstimos, possuímos o direito de obter desconto sobre os juros referente ao prazo que não mais existirá na operação. Mas, qual é o desconto dos juros?

Por exemplo, se pago um empréstimo cuja parcela é de R$ 1.000,00 sendo a última parcela em 01/01/2013, isso significa que na última parcela, o cálculo foi feito com base num juros de uma dívida que eu levaria até aquela data. Se eu resolvo antecipar, possuo o direito de abatimento dos juros (de acordo com uma fórmula) de hoje até o dia 01/01/2013, uma vez que não ficarei com o dinheiro emprestado por todo esse prazo.

Anteriormente à resolução BACEN 3.516/07, os bancos normalmente inseriam em seus contratos uma taxa chamada “taxa de liquidação antecipada”. Assim, você poderia até quitar o contrato, mas teria essa taxa que seria uma espécie de compensação a favor do banco.

Ocorre que, quando antecipamos um contrato, de fato, estamos quebrando o contrato inicial, onde nos propusemos a pagar aquelas parcelas naquele prazo específico. Por outro lado, entende-se que uma antecipação é direito do consumidor e ele não deve pagar juros por um prazo que não usa o dinheiro.

Do ponto de vista do banco, existe o argumento que é o seguinte: existem custos advindos de uma operação de crédito. E não seria razoável que a taxa de desconto aplicada fosse total.

Do ponto de vista do cliente, queremos o desconto, porque é nosso direito e ponto final!

A resolução que citei, criou uma fórmula que nos garante o desconto, mas não o desconto total da taxa que tomamos emprestado. Dessa forma, foi um meio termo. Então, qual é o desconto dos juros?

Para calular a taxa de desconto, hoje utiliza-se a seguinte fórmula, que considera a taxa média selic (TMS) no ato da contratação e no ato da liquidação.

Taxa contratada – TMS na data da contratação + TMS na data da liquidação = taxa de desconto

Dessa forma, se você tomou um empréstimo numa taxa de 20% a.a. em agosto de 2011 e quisesse liquidar hoje, a conta seria mais ou menos assim:

  • Taxa do empréstimo: 20% a.a.
  • Selic agosto: 12,50% a.a.
  • Selic atual: 9% a.a.

20 – 12,50 + 9 = 16,50% a.a. é a taxa de desconto dos jurosque será utilizada em seu cálculo.

Vou dar um exemplo, de como ficaria numa outra situação hipotética:

  • Taxa do empréstimo: 20% a.a.
  • Selic contratação: 9% a.a.
  • Selic liquidação: 12,50% a.a.

20 – 9 + 12,50 = 23,50% a.a. seria a taxa de desconto dos juros utilizada

Eu inverti propositalmente as taxas nos dois exemplos para mostrar que, na regra atual, você pode ter um desconto MENOR que a taxa de contratação e, em alguns momentos, pode ter um desconto MAIOR que a taxa de contratação.

Portanto, no que se refere ao desconto, o melhor momento de antecipar a liquidação de um empréstimo é quando a taxa SELIC está em ALTA. Porque nesse cenário, o desconto é maior! Mas cuidado: porque se você liquidar o empréstimo com Selic em alta, saiba que se precisar tomar um novo empréstimo, o fará com juros mais elevados. Assim, da mesma forma, se você liquidar um empréstimo com SELIC baixa, obtendo menor desconto, por outro lado, se precisar novamente de tomar crédito, o fará com taxa melhor.

O Ministério Público de Santa Catarina, disponibilizou uma calculadora para que todos possam fazer as contas de qual deve ser o desconto de um empréstimo em caso de liquidação.

 

Clique no link: Calculadora completa de liquidação antecipada de empréstimos

 

Grande abraço,

André Bona

Autor

André Bona

shadow

Comentários

  1. Bender    

    Queria quitar o financiamento do meu carro. Pedi uma simulação na financeira. A valor do desconto foi tão ridículo que preferi manter meu financiamento.

    Tentei chegar no valor deles de várias formas e não consegui. Banqueiros embutem uma porrada de taxas “contratuais” (sim, o discurso vem sempre pronto) e não há estímulo à quitação.

    ****
    Banco hoje é serviço essencial. Ninguém vive sem, é tipo hospital. Estranho é que um Banco Público, como a CEF por exemplo, não é de graça, o que, por definição, deveria ser. Assim como escolas públicas, hospitais públicos e etc.

    1. André Bona    

      De fato a liquidação não é interesse do banco… Nem vou me aprofundar mais nesse aspecto se não vou acabar falando mais do que devo.
      ****
      Nunca pensei nisso… : )

      1. Bender    

        “vou acabar falando mais do que devo”

        hehehe… tb tenho meus paradigmas. Acho que todos têm.

        1. André Bona    

          A liberdade há de voltar em breve…

    2. Lima    

      Bender, de acordo com a resolução 3.516 do banco central, as financeiras não podem cobrar taxas adicinais para a quitação. Portanto, todas as taxas devem estar antecipadamente registradas no contrato, que foram pagas por você a vista na contratação ou foram adicionadas ao valor do financiamento. Eu também tive problema com os valores para quitação do meu contrato. Daí pedi uma planilha detalhando os cálculos. para minha surpresa, veio um desconto bem maior. Interessante né? Então, insista, compare com os procedimentos de desconto e pressione. se não adiantar, vá ao procon.
      Grande abraço.

    3. cicera monte    

      meu marido tem um emprestimo e gostariamos de quitar,são 7 parcelas de 26,50,gostaria de que vcs me mandasse quanto ficaria para quita los….. se puder me responderem, desde já obrigada.

      1. André Bona    

        Olá!

        Não temos como auxiliá-la.

        Disponibilizamos alguns conteúdos sobre crédito para oferecer algumas informações que julgamos importantes para nossos leitores. Essa é a idéia.

        Você pode conferior esses conteúdos na barra lateral direita, em “artigos por categoria” > Crédito.

        No entanto, não prestamos assessoria quanto ao tema, somente para investimentos.

        Mas sobre sua dúvida, está aí nessa mesma página um video explicativo de como você mesma pode calcular. É só fazer, muito simples.

  2. BRUNO CARAM    

    Muito boa explicação. Porém, vale ressaltar que na Resolução 3516/07, do BACEN, é definido que a taxa Selic só será usada na fórmula caso o contrato ultrapasse 12 meses. Caso contrário, só será usado os juros contratuais, pelo que entendi.

    1. André Bona    

      É isso mesmo Bruno! Você tem razão. Em contratos com prazos inferiores a 12 meses, a parte relacionada a diferença de Selic some da conta.

  3. Odair    

    Gostaria de saber se eu posso recorrer ao procom para fazer este calculo pra min
    ou outro órgão qualquer pois pois cada empréstimo é diferente do outro e cada banco também pois se for pra depender do banco pra fazer o calculo não dá eu não confio no banco preciso dele mas não confio nele . Obrigado pela sua explicação .

    1. André Bona    

      Boa tarde Odair. Não sei se o procon pode fazer pra você. Acho que vale a tentativa, caso você não se sinta mesmo confortável. Abç!

  4. Patricia    

    olá andre, grata por compartilhar a informação. me ajudou muito! um abraço!

    1. André Bona    

      Obrigado pela visita Patrícia!

  5. PAULA SELMA    

    GENTE ESTOU SENDO ASSALTADA POR ESSE BANCO CACIQUE
    CADE O MINISTERIO PUBLICO ?????????
    CADE O PROCON???????????
    ESSES AGIOTAS SAO BANDIDOS DESFARCADOS
    ESSE BANCO CACIQUE , TIROU A MINHA SAUDE

    EU SOU APOSENTADA DO INSS E ESSE É O ALVO DESSES AGIOTAS BANDIDOS

    POR FAVOR MINISTERIO PUBLICO ME AJUDE

  6. PAULA    

    POR FAVOR ESTOU DESESPERADA COM ESSE BANCO CACIQUE
    SAO AGIOTAS
    ISSO É UMA QUADRILHA QUE ASSALTA OS VELHOS DO INSS
    MINISTERIO PUBLICO NOS AJUDE A SAIR DAS MAOS DESSES BANDIDOS
    DESSE TAL BANCO CACIQUE

    1. André Bona    

      Paula, todos os bancos são agiotas.

  7. André Bona    

    Prezado Sr Ricardo que volta e meia coloca aqui links com o seu trabalho:

    Todas as suas mensagens caem na moderação e são reprovadas por mim. E assim continuará sendo. Se quiser contribuir com conteúdo para o espaço, poderei aprová-las. Mas se continuar fazendo tentativas de propagandas de seus serviços de forma desautorizada por mim, continuarei reprovando tudo.

    Nesse site só eu posso fazer propaganda, pois sou eu quem o mantém. E também faço, espontaneamente, de serviços que eu considere que agreguem aos meus leitores e/ou que eu já tenha utilizado.

    Caso tenha algo a falar, entre no formulário de contato e se comunique oficialmente comigo. Caso contrário, desista.

  8. Dilma    

    Bom dia André!

    Tenho empréstimos em minha filha recentes e antigos, quero quitá-los e gostaria de saber se o PROCON naõ fazendo estes calculo para mim quem poderá fazê-lo? Se em caso de os bancos não aceitarem o valor justo, eu posso conseguir uma liminar, depositar o valor em juizo e este mandar que seja suspenso os descontos?

    1. André Bona    

      Olá Dilma! Não sei dizer se isso seria possível. Não tenho conhecimento jurídico pra isso. Mas acho que se você questionar os juros, sem dúvida, deve tentar efetuar o depósito em juízo, demonstrando sua boa fé ao invés de simplesmente parar de pagá-lo.

  9. Marcelo Ferreira Hidalgo    

    André, só agora tive oportunidade de verificar seu simulador e me vi com uma tremenda dúvida: Entendi que o calculo vale para contratos que tenham mais de 12 parcelas a vencer, independente do prazo de contratação. Ou seja, um contrato de 24 meses, que já tenha decorrido 14 meses, terá a aplicação da taxa contratual, sem efeitos da selic. Por outro lado, um contrato de 24 meses com 6 meses decorridos terá a aplicação da taxa contratual com a variação da selic.
    Em outro site: http://www.danielort.com.br/?p=630 vi um exemplo com esta interpretação.

    Obrigado
    Marcelo

    1. André Bona    

      Ixi. Também fiquei na dúvida agora… rs… A melhor forma de tirar é ir no banco e simular a quitação. Na tela do gerente vai aparecer o desconto com Selic ou só com a taxa. Embora nem o gerente saiba disso. Saiba você que quando eu trabalhei em banco, passei 2 dias explicando isso pra todos os meus superiores que simplesmente não entendiam. Isso tudo porque apareceu um professor de matemática com uma planilha na mão mostrando que o cálculo do desconto tava errado e só eu sabia do desconto da Selic, que se aplicava a ele… rs… Realmente, não tenho a informação completa nesse caso.

      1. Ronaldo Oliveira    

        Sr. André Bona, fiquei com uma dúvida e vou descrevê-la:

        Restam 55 parcelas do empréstimo
        Valor da parcela: 376,35
        Valor da taxa de juros anual: 32,30% a.a.
        Taxa Selic Contratação: 7,89% a.a.
        Taxa Selic Quitação: 8,40% a.a.

        CALCULO DA TAXA: 32,30 – 7,89 + 8,40 = 32,81% a.a.

        R$ 376, 35 * 55 = R$ 20.669,25

        Então, aplico a taxa de 32,81% em cima de 20 669,25 e encontro o valor a pagar, é isso? R$ 13.887,67 seria o valor a pagar? Desde já agradeço a sua atenção e o parabenizo pela ótima publicação, vai me ajudar muito.

        1. André Bona    

          Olá Ronaldo. Seu raciocínio está correto até o cálculo da taxa.

          Dali pra baixo, você não pode aplicar o desconto de 32,81% aa sobre todo o saldo pois o saldo contempla juros + principal e o desconto é somente nos juros. Aí tem uma formulinha de juros compostos (matemática financeira) que você precisa dominar pra fazer a conta na mão.

  10. Natal    

    Amigo, esse “desconto” dos juros em caso de quitação antecipada é pura balela. Não passa de um golpe do Banco Central sobre os consumidores em favor dos banqueiros deste País. Lembro-me que antes da tal Portaria 3516 cobraram-me uma multa de R$2.000,00 pela quitação antecipada de um consignado, mas consegui o abatimento da multa pelo fato de que faria um novo empréstimo da mesma modalidade.
    Pois bem. Depois da Portaria, o mesmo empréstimo, para quitação antecipada, gerou uma diferença de R$8.000,00 em favor do banco. Ficou muito pior.
    O fato é que, nesse tipo de empréstimo, não se fica devendo juros. Todos os juros contratados são pagos todos os meses com o valor da prestação mensal e o que resta é utilizado para amortizar o saldo devedor. Isto significa que todo mês diminui o saldo devedor e, por conseguinte, o montante dos juros devidos, que são pagos na totalidade, todos os meses.
    Portanto, no ato de quitação antecipada, paga-se o saldo devedor no mês anterior (pois todos os juros devidos até ali já foram pagos), acrescido do valor dos juros devidos sobre o mesmo saldo devedor entre o vencimento da parcela anteriormente paga e o dia da quitação antecipada.
    Entenderam o golpe?
    Ao assinarem contrato de empréstimo consignado ou qualquer outro, não permitam a inclusão de cláusulas fazendo referência à aplicação da Portaria 3516. E se já assinaram, pleiteiem na justiça a sua ilegalidade.

    1. André Bona    

      O Blog é livre para as opiniões.

    2. André Bona    

      Prezado, a nova regra fica favorável ou desfavorável ao banco em função da diferença de Selic. Na simulação que fizeste, quando alega a diferença de 8 mil, depende do cenário e da selic vigente. Poderia ser menor. O melhor momento de se tomar crédito é com Selic baixa. E o melhor para se quitar o empréstimo tomado com Selic baixa, é com Selic alta.

      Portanto, no ato de quitação antecipada, paga-se o saldo devedor no mês anterior (pois todos os juros devidos até ali já foram pagos), acrescido do valor dos juros devidos sobre o mesmo saldo devedor entre o vencimento da parcela anteriormente paga e o dia da quitação antecipada.

      Isso ocorre porque os juros previstos nas parcelas futuras não passam a ser zero no momento da quitação. Imagine que você tenha pago a parcela 38 e queira quitar até a 60 (22, no caso).

      Nos 38 passados, realmente os juros já foram pagos. Mas nas 22 restantes, os juros não serão zerados, simplesmente porque você já teve 38 meses de “carência” para as parcelas vindouras.

      Trata-se de um conceito básico de matemática financeira e juros compostos. Não se trata de esperteza bancária na fórmula de desconto.

      Na visão do banco, que obviamente não é obrigado a conceder crédito nenhum, a mudança das condições pactuadas é prejudicial.

  11. Angelica    

    Boa noite! fiz meu financiamento pela caixa para adquirir minha casa. Hj fui ao banco e a atendente da caixa disse que nao sera abatido nada em minha quitação. Ou seja, fiz em 200 meses, e ja paguei 18 parcelas. O saldo devedor ja contando com os juros é de 46 mil, e para antecipar a divida fica tambem em 46 mil reais. Como faço para contestar e adquirir o abatimento, descontos para liquidar essa divida? Forte abraço Angelica

    1. André Bona    

      Angélica, em tese há sim o desconto. Recomendo que leia o seu contrato e verifique as condições de quitação antecipada.

  12. ANA PAULA    

    Boa tarde , fiz um emprestimo com banco santander em 30 vezes e eles não deixam eu pagar as ultimas parcelas.
    É um direito do consumidor de pagar a ultima parcela para poder quitar mais rapido

  13. michel    

    tenho um emprestimo em banco , na pagina deste banco quando consulto o valor pendente caso eu fosse quitar esta em 3.220 sera que este valor é real , acredito que não devo confiar !

    30 x 297,91
    taxa 3,99%

    16 parcelas quitadas !

      1. André Bona    

        Olá Michel! Aparentemente a conta está correta sim. Esse valor de 4500, em 30 meses numa taxa de 3,99% a.m. = uma parcela de aproximadamente de 260.00. No entanto, existe o IOF e algum seguro que pode estar embutido nesse empréstimo. Assim, utilizando a tabela price, você poderá ver o saldo devedor “matemático”. Depois você precisa inserir essa formula desse artigo pra concluir o valor. APARENTEMENTE acho que está correto sim.

  14. Claudia    

    Quem entende de conta, me ajude Fiz um empréstimo na loja C&A. O empréstimo foi de 1.550,00 (mil quinhentos e cinquenta reais). No total ficaram 15 parcelas de 311,00 (trezentos e onze reais). Eu já paguei 5 prestações, e agora eu estou querendo quitar o empréstimo, sendo que o restante são somente juros. Será que eu consigo? Quanto eu teria de desconto? Quem souber me responda, pois preciso ter uma base, pois estou indo na loja amanhã

    1. André Bona    

      Olá Cláudia!

      Nesse artigo tem um link para uma calculadora. Pegue seu contrato, veja os dados e clique no link que está no texto, que te levará a uma calculadora que faz especificamente essa conta.

      Abs,

  15. Rosana    

    Boa tarde,
    Queria quitar o financiamento do meu carro. Pedi uma simulação na financeira. A valor do desconto foi tão ridículo que preferi manter meu financiamento.
    Financiado em 48 x de R$ 389,47 sendo que já paguei 25 parcelas. Gostaria de saber se eu posso recorrer ao procom para fazer este calculo pra min ou outro órgão qualquer.

    1. André Bona    

      Rosana aqui nesse artigo, no final dele, tem um link para uma calculadora. Pegue o contrato do financiametno nas mãos e insira os dados. Podem existir diferenças, caso seu contrato seja de leasing e não de CDC.

      Sim, você pode recorrer ao procon, porém prevalecerá o que está no contrato.

  16. Ronaldo    

    Bom Dia,
    Sobre financiamentos tenho uma dúvida, o financiamento de R$ 11.300, 00 que gerou 48 prestações de R$ 560,00 foram pagas 7 prestações faltam 41 , a taxa de juros 4.2. Por alto para quitar seria 41×560 o valor do resultado colocaria no valor futuro na HP a taxa 4.2 41 n valor presente. Sera isso?

    1. André Bona    

      Nao Ronaldo. Essa sua conta está matematicamente errada por vários motivos de matemática financeira. Você chegaria mais perto se fizesse uma planilha em excel com as colunas: parcela / amortização / juros / saldo devedor. Você precisaria destrinchar isso se fizer na mão.

      E além da matemática financeira equivocada, você ainda teria que incluir as regras de quitação antecipada, como informada acima.

  17. Ana Cecilia    

    André, tenho uma dúvida. E as parcelas já pagas, cujo valor fora calculado tendo em vista o prazo longo para quitação? Se o cliente decidir quitar a dívida, o credor terá que verificar qual seria de fato o valor correto das parcelas pagas anteriormente considerando o novo prazo para quitação e usar a diferença como crédito a descontar do saldo devedor? Aparentemente o cliente de fato pagou as parcelas em um valor maior pois o valor considerava que o pagamento seria feito em x meses. Se ele paga em menos meses o valor das parcelas todo se altera e o credor deverá verificar o valor pago a mais?

    Obrigada, Ana Cecilia

    1. André Bona    

      Nao. As parcelas já pagas não entram na conta, porque elas foram pagas nos prazos com os juros calculados para os prazos. Se foram pagas nas datas, houve juros da contratação até a data de pagamento de cada uma delas. Dentro de cada parcela, existe a amortização e os juros incidentes.

      O valor amortizado, será considerado autmaneticament no calculo do saldo deveder. Os juros pagos não, pois eles são devidos e foram cobrados praquelas datas. Aí, para entender melhor, seria necessário fazer um curso de matemática financeira.

      Sugiro olhar a nossa plataforma de cursos: http://andrebona.com.br/site/plataforma-de-cursos-de-investimentos/

  18. Thiago    

    Boa tarde André,

    Tenho uma dúvida sobre um empréstimo.

    O valor do empréstimo total e R$ 3447,00, foram feitas parcelas de 24x no valor de 257,78,00, com taxa do mês de 4,99%.
    Paguei já 6 parcelas e estou querendo quitar o restante.

    Para quitar o valor está 3.054,75. Esse valor está correto?

    1. André Bona    

      Thiago, você precisa clicar no link aí no artigo que tem a calculadora de desconto, inserir os dados do seu empréstimo e verificar. Um mesmo empréstimo, feito com o mesmo valor, mesma taxa, mesmo prazo, tudo igual, mas em datas diferentes, pode trazer resultados diferentes.

  19. Elenita Araujo    

    Fiz um emprestimo pessoal no dia 31 de janeiro em 15 parcelas e agora tô querendo pagar tudo mesmo antes de vencer a primeira só que a financeira disse que só posso antecipar pagamento depois de pagar a terceira parcela . Isso está correto?

    1. André Bona    

      Olá Elenita!

      Você precisa consultar o seu contrato pra ver se isso está previsto. Caso não o tenha recebido, é direito seu receber. Exija da financeira.

      De toda forma, saiba de antemão que você pagará, para saldar seu empréstimo, um valor maior do que o valor que contratou, já que desde a liberação do dinheiro na sua conta até a data da quitação, há incidência de juros sobre o montante principal.

  20. Neilton    

    Boa tarde André!
    Fiz um empréstimo no valor de 20 mil reais, parcelado em 20 vezes, onde ficou acordado o pagamento de 1.774,00 ao mês. A taxa foi bem alta, por volta de uns 5%, efetuei o pagamento de 10 parcelas, dando um total de 17.740 reais. Ocorre que hoje já estou equilibrado financeiramente e pretendo quitar as outras 10 parcelas. Entrei em contato com a instituição e com o desconto deles o valor ficou em 13.994,00, achei ainda muito alto, pois não abaixou muito. Queria saber o que você me indica nesse caso. Se seria possível uma ação revisional de juros ou melhor procurar o procon para tentar junto a instituição o cálculo justo?
    Obrigado, e parabéns pelo seu trabalho!

    1. André Bona    

      Olá Neilton! Mas você achou o desconto baixo por qual motivo? Qual conta você fez?

      Sugiro o seguinte: pegue o contrato na mão, clique aqui no artigo, no link que tem no final, para a calculadora, coloque os dados do seu contrato e verifique o desconto calculado.

      Até pra você não perder tempo, essa seria a melhor alternativa.

  21. Simulador Financiamento    

    Por favor, como podemos entrar em contato com o departamento de vendas da empresa?

    1. André Bona    

      Aba contato ou pelo Chat Online.

  22. gorette    

    Boa tarde.
    Fiz um empréstimo no valor de 8.000,00 em 36 parcelas de 309,72 e já paguei 15.Quero quitar o restante e gostaria de saber quanto eu irei pagar?Pois não entendo esses cálculos do banco.
    taxa de juros:1,80 a.m e 23,87 a.a
    Dia do débito:05
    Obrigado e que Deus te abençoe pelo seu trabalho.

    1. André Bona    

      Gorete, só é possível fazer essa conta com o contrato em mãos.

  23. BRUNO    

    Boa Tarde,

    Tenho um emprestimo junto ao Banco Itau no valor de R$ 5700,00
    Sendo que este emprestimo foi contratado da seguinte maneira :
    34 prestações de 392,04 com vencimento todos os dias 30 de cada mês onde o valor total do emprestimo foi para R$ 13322,00
    Gostaria de saber se eu quitar ele hoje qual o valor que pagaria correto.
    Lembrando que já paguei 17 prestações e faltam 17 ainda.

    1. André Bona    

      No final do artigo tem um link para uma calculadora. Só clicar no link e fazer sua simulação.

  24. ana    

    Bom dia, gostaria da sua opinião. pretendo comprar um carro 0km sem entrada em 48 ou 60x. Sei que eu deveria dar entrada mas demoraria muito pra juntar uma quantia que faça diferença. Vc acha que seria inteligente compra-lo assim mesmo e pagar a parcela do vencimento e sempre que possivel pagar a ultima?? dessa forma eu diminuiria um pouco o juros…
    Obrigada

    1. André Bona    

      olá Ana!

      Nao, não acho de forma alguma que deva fazer isso. acho que deve dar a maior entrada possível, se possível tudo a vista. E cá entre nós, não sei se terá muito benefício com carro atualmente. Não conheço cidade que não esteja parada por conta de quantidade de carro nas ruas… rs…

      Financeiramente, a recomendação é que nao faça isso.

  25. maria    

    Oi André, boa noite! procurando ajuda para o meu problema encontrei aqui sua página.
    já tentei fazer essa simulação pelo link da calculadora que vc postou, mas ela nunca emite os resulatos… tentei quitar um emprestimo essa semana e descobri no banco que do capital que tomei, menos de 200R$ foram abatidos sendo que já paguei um detrminado valor. O valor que me apresentaram ainda como dívida é absurdo e cinseramente não confio nemhum pouco na conta que me foi apresentada e do modo como ela foi de dada. Gostaria de saber se há outros meios confiáveis para que eu possa fazer essa simulação. Desde já obrigada!

    1. André Bona    

      Olá Maria!

      Bem, na verdade, a sua dúvida não é bancária, mas sim de entendimento de matemática financeira. O sistema de empréstimo que você contratou provavelmente é pela tabela price. Assim, mas primeiras parcelas são quase toda para pagamento de juros e só um pouquinho de amortização. E isso vai se invertendo, de forma que as últimas são ao contrário: + armotização e – pagamento de juros.

      Se o valor tiver sido extraído do sistema do banco, te digo que as formulas automaticas ali são válidas e NUNCA VI erro no sistema do banco quanto a esse cálculo.

      Algumas coisas que os bancos fazem e que podem dificultar a clareza disso, é inserir outros produtos no meio, enfim, coisas assim. E também, normalmente o banco não se interessa pela quitação, pois isso diminui o lucro dele, já que a atividade dele, geradora de lucro, é, dentre outras, a concessão de crédito. Então as vezes, quando você for no banco e pedir pra quitar, pode ouvir do atendente: “o sistema tá fora”. Isso serve pra ludibriar e criar dificuldades para que você consiga saldar a operação.

      O que você pode fazer em casos assim, é sempre protocolar o pedido da quitação no momento em que você está lá, porque temos que concordar que problemas de sistemas, não é nosso, e sim do banco.

      Sobre a calculadora, fiz testes aqui e ela tá funcionando. Talvez você esteja deixando de preencher alguns dados, como a Selic no momento da contratação, por exemplo. Você tem essas informações?

      Sobre tabela price, fica aqui uma videoaula que vai te ajudar a compreender: https://www.youtube.com/watch?v=hhM8T5WrOyY

      Abs,

  26. Vinnycius    

    Olá amigos, possuo 3 consignados em folha, todos foram renovados a um ano, só q agora quero quitar todos, os valores restantes são:
    prazo inicial120 meses
    parcelas restantes 108
    emp.1 122,66
    emp.2 39,78
    emp.3 117,69
    TOTAL= 30.254,04 restando pagar
    fui ao banco e me passaram o preço pra quitação
    emp.1 6.272,52
    emp.2 2.,034,24
    emp.3 6018,36
    TOTAL= 14.325,12
    gostaria de saber se existe negociação para diminuir esse valor ou esse é o desconto máximo que podem me oferecer?
    Banco CAIXA

    1. André Bona    

      Olá Vinicius!

      Olha, quando você fez a contratação, você assinou um contrato de financiamento com as condições ali definidas. Inclusive sobre a quitação. Então não há o que negociar agora, pois a contratação foi feita em condições que você aceitou no início.

      Imagine que você venda um determinado produto. Uma outra pessoa te faça uma encomenda de 1 mil unidades. Você produz, entrega a ela. E no dia dela pagar, ela quer renegociar o preço que vocês já acordaram na hora da contratação? Faz sentido? Não, não faz.

      Então o momento de negociar não é agora, mas sim na contratação. E a fórmula de quitação obedece as normas definidas pelo Banco Central.

      O intuito desse artigo é simplesmente explicar como é a fórmula, pois as pessoas normalmente não sabem como é feito. Para um entendimento correto, seria importante ter conhecimentos básicos de matemática financeira (tabela price). Porque aparentemnete todas as dúvidas postadas aqui são mais matemtáticas do que “bancárias”.

  27. Sandra    

    Ola eu gostaria de saber se ante do dinheiro cair na minha conta mesmo eu ja ter assinadi o contrato eu posso diminuir o valor do contrato ?????

    1. André Bona    

      Olha, Sandra, não sei. Nesse caso o melhor é consultar um advogado. Mas em tese, quando você assina um contrato, lá estão especificadas todas as condições contratadas e as obrigações de ambas as partes.

  28. clederson    

    Andre, pelo que lí nos teus posts… a Caixa Econômica federal não dá amortização nenhuma na quitação da casa propria. Liguei para CEF hoje querendo adiantar a quitação (faltando 8 anos para o termino) e eles disseram que o valor de quitação seria de 97 mil, mas percebi que meu saldo devedor hoje é de 97 mil … então qual a vantagem de pagar adiantado? CEF não dá desconto mesmo?

    1. André Bona    

      Clederson, não sei te dizer. Tem que ver os contratos e o mundo do crédito, apesar de eu ter noções gerais, não é minha especialidade. Abs,

  29. camilla    

    BOA TARDE. TENHO UM FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO NO BANCO ITAU.NO EXTRATO MENSAL QUE O BANCO FORNECE INFORMA QUE TENHO UM SALDO DEVEDOR DE 118.190,31 EM 31/05/14. ENTÃO, TENHO NO BANCO NA POUPANÇA O VALOR DE 60 MIL REAIS. MINHA DÚVIDA É: TENHO VANTAGEM EM PEGAR ESSE 60 MIL E JÁ AMORTIZAR, OU COMPENSA MAIS JUNTAR O RESTANTE E DEIXAR RENDER NA POUPANÇA? ESTOU JUNTANDO ESTE DINHEIRO E ACREDITO QUE SE NADA DER ERRADO, ATÉ FEVEREIRO DE 2015 TEREI TODO MONTANTE PARA LIQUIDAR A DIVIDA. PAGO DE PARCELA 1346,38 E FOI FINANCIADO EM 30 ANOS, NO QUAL JÁ PAGUEI 34 PARCELAS. O VALOR DA TAXA É DE : 9,800% AO ANO.
    OBRIGADO PELA ATENÇÃO.

    1. André Bona    

      Se você tem 60 mil na poupança, que rende 6,17% ao ano e paga um empréstimo a 9,8% a.a., certamete o melhor é quitar o valor. Tem que ver qual será seu desconto. Isso só é possível saber olhando o contrato e simulando a quitação antecipada das parcelas no proprio bancobs,
      Abs,

  30. Paula Aguiar    

    Bom dia, André!
    É verdade que empréstimos consignados não podem ser liquidados parcialmente? Só total?
    Obrigada, Paula.

    1. André Bona    

      Paula, vc precisa ler seu contrato.

      Normalmente, você pode sim parcelas (aí é melhor fazer da última para a primeira para obter maior desconto dos juros). Isso é muito normal inclusive. Mas precisa ver seu contrato.

  31. Jefferson Teixeira    

    Boa tarde André!
    Tenho um emprestimo assinado no dia 20/12/2013 com o prazo de 48 meses e juros mensais de 1,36%, sou funcionario publico aí o valor de 1230,99 vem descontado direto em folha no segundo dia de cada mês, em janeiro de 2018 encerra-se o contrato. No dia 26/06/2014 fiz uma simulação de quanto seria a quitação me foram passadas essas informações:
    Parcelas: 6 a 48
    Valor: R$ 39.550,78

    A atendente me informou que o desconto é de acordo com a taxa SELIC, estou desde então analisando se vale a pena quitar esse empréstimo ou deixar o dinheiro investido em popança, CDI ou títulos públicos ou quem sabe até em açoes.

    Se puder me dar sua opinião agradeço

    1. André Bona    

      Jefferson, utilize o link da calculadora disponivel no artigo acima. Sempre que eu simulo algo pra um ou outro ali, dá certinho!

      Abs,

  32. Viviane Aparecida Goncalves    

    Oi Andre,meu marido fez emprestimo com cheques no banco cacique,em 15 vezes,ele pode adiantar o pagamento quando quizer? Como ele tem q fazer,tesgstar os cheques?

    1. André Bona    

      Viviane, precisa verificar o contrato. Pegue o contrato nas mãos e digite todos os dados na calculadora do Ministério Público de SC, cujo link está no final do artigo. Dá pra saber ali qual é o valor para quitação da dívida no dia que quiser.

  33. Marisa Lopes    

    Olá.
    Não tenho dúvidas! Só quero parabenizar o André pela iniciativa!
    Excelente trabalho garoto!
    PARABÉNS e continue nos ajudando!!!
    Um abraço.

  34. Paulo Cesar    

    Obrigado André,
    Até que enfim encontrei um site que me explicasse isso.
    Minha conta não estava batendo com a da instituição que emprestei, agora tenho argumentos.

    1. André Bona    

      Paulo, em todas as vezes que eu fiz simulações com casos reais de algumas pessoas conhecidas, a calculadora do MP de SC bateu.

      Abs,

  35. fabio    

    como quitar uma prestaçao q falta 17 de 338

  36. maria aparecida    

    fiz um emprestimo consignado de 8.000,00 ja paguei 32 parcelas de 241.70 restam 28 parcelas eu estou querendo quitar ar divida qual o valor para eu quitar.

    1. André Bona    

      Olá Maria Aparecida!

      Só clicar na calculadora ali de cima, no artigo, que você consegue.

      Abs,

  37. ROBSON    

    BOA TARDE,MEU NOME É ROBSON ESTOU COM UMA DÚVIDA:COMPREI UM CARRO EM 60 PARCELAS NO VALOR DE 579.53 R$ CADA PARCELA,SEGUNDO O CONTRATO A TAXA ANUAL É DE:20,27 POR CENTO A MENSAL É DE 1,55 O CUSTO EFETIVO TOTAL ANUAL É DE 26,19,OQ EU GOSTARIA DE SABER É O SEGUINTE;QUERO QUITAR O RETANTE OU SEJA AS 10 PARCELAS RESTANTES E NÃO SEI OI QUANTO TENHO DE DIREITO NO DESCONTO,PEÇO QUE ME AJUDE,FICO GRATO PELA ATENÇÃO AGUARDO RESPOSTA.

    1. André Bona    

      Olá Robson. Tem o vídeo acima com a explicação de como você mesmo pode fazer sua simulação. Abs,

  38. Andreina    

    Muito bom o artigo, Parabéns!

    Fiz um empréstimo no Banco Industrial do Brasil dia 20/05/2010 no valor de R$22.060,97 mas acrescentaram IOF R$476,16, de Serviços e despeças com terceiros ~~R$ 4000,00 (Um absurdo!!!), no total deu R$26508,00 financiados em 60 parcelas de R$754,00 consignado. No contrato está o juros de 1,85%a.m e na parte CET esta ~2,8%a.m,

    No contracheque vem descontado R$754 mas no histórico de pagamento vi várias parcelas de R$753,88 cobradas. Isso não entendi.

    Fiz os cálculos pra saber o juros certo no BCB, deu que era 1,95274%, com 753,88. Que utilizei para fazer os outros cálculos.
    https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/publico/exibirFormFinanciamentoPrest acoesFixas.do?method=exibirFormFinanciamentoPrestacoesFixas.

    Mas como faço o cálculo faltando 9 parcelas para pagar?

    Pois fiz o cálculo pelo site MPSC mas eles calculam com a Selic que deu um valor de R$ 6171,26, tem um calculo que vi na internet e apliquei assim =VP(1,95274%;9;-753,88). deu R$6167,25, o mesmo da sua caculadora

    Eles emitiram o boleto no valor de R$ 6268,00. Ou seja R$100,00 a mais.

    Nesse caso o que fazer, meu cálculos estão certos pois joguei também a porcentagem do contrato 2,8% mas o valor fez foi diminuir para R$5924,92.

    Por favor pode me dizer se o MPSC desconsidera nos cálculos o SELIC para parcelas menores que 12?

    E esses R$4000,00 de serviços de terceiros pra imprimir, assinar, fazer transferência e enviar por e-mail? Isso já não é pago com os juros já que nada mais é que o pagamento ao banco para o serviço de empréstimo?

    No caso da diferença do valor oferecido e dos cálculos como rever? Posse pedir devolução desse R$ 4000?

    1. André Bona    

      Olá Andreina!

      Não temos como auxiliá-la. Disponibilizamos esse conteúdo para oferecer informações importantes como as que agora você possui, podendo comparar e checar os valores da quitação, segundo uma calculadora de um órgão que zela pelo interesse das pessoas.

      Podem existir diferenças de dias de feriados (que são diferentes de cidade pra cidade), e alguma outra pquena diferença também por alguma divergência de datas e etc. Não sei dizer. A calculadora que colocamos faz as contas de uma forma aproximada. Nenhuma, realmente nenhuma dará com total exatidão a conta. Mas chegará muito próximo, como de fato chegaram.

      Essa é a idéia. Não prestamos assessoria quanto ao tema. Trata-se apenas de uma informação que julgamos importante para que as pessoas tenham noções básicas de porque as vezes a conta que fazem não bate com a do banco. Nesse caso, as contas ficaram aproximadas impedindo com que as pessoas se sintam enganadas sem conhecer a dinâmica do desconto.

      Abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>