Vai iniciar uma obra na sua casa ou apartamento? Saiba que, provavelmente, você gastará muito mais do que o previsto. 

Então, aproveite para conferir essas 10 dicas para economizar dinheiro na reforma da casa e tenha a reserva necessária para qualquer emergência.

10 dicas para economizar dinheiro na reforma da casa

A sua reforma não precisa se transformar em um problema. Para isso não ocorrer, leia com atenção essas dicas e tenha a obra dos seus sonhos, sem gastar muito.

1. Tenha um projeto definido

A sua obra até pode mudar no meio do caminho, por diversos motivos. Mudança de ideia, ajustes técnicos, dentre outros. No entanto, ter um projeto é essencial e indispensável para qualquer tipo de reforma.

Quem não tem um projeto pode acabar gastando demais, por não saber exatamente o que será necessário. Outro ponto importante é que, sem projeto ficará muito mais difícil fazer o orçamento da mão de obra.

Geralmente, os prestadores de serviços cobram por diárias ou por projeto. E, saber o nível de complexidade da sua reforma pode ajudar também a definir o custo total da obra.

2. Faça a reforma por etapas

Isso não significa iniciar e não acabar a obra nunca. Mas, se você mora em uma casa ou apartamento grande e não tem todo dinheiro suficiente para reformar tudo de uma vez, priorize os cômodos.

Faça uma lista do que é essencial e do que seria desejável. Tente começar pelo que a sua casa não pode ficar sem. Depois, vá para os itens adicionais e para outros cômodos.

Essa é uma forma rápida, fácil e mais barata de economizar dinheiro na reforma da casa. Leia também sobre as 5 dicas práticas para organizar as finanças e fazer compras inteligentes para a casa.

3. Defina um limite para os gastos

Se o papo é dinheiro, estabeleça um valor máximo para a obra e serviços, considerando uma margem para as compras não planejadas e outras necessidades de última hora.

Se o valor estiver próximo do limite, ligue o alerta. Se ultrapassar os gastos dê preferência por quitar o pagamento dessa primeira reforma, antes de iniciar outra.

4. Compare o preço de tudo

Desde uma torneira para a pia do banheiro, até a nova porta do seu quarto. Os preços podem variar muito conforme modelo, marca e local de venda.

Por isso, vale a pena dedicar tempo para encontrar o produto deseja mais barato. Nem sempre os produtos de segunda linha são tão ruins, quanto parecem. Por outro lado, também não abra mão da qualidade em função do preço, porque o barato pode sair caro.

A dica para você que não quer gastar muito, portanto, é: pesquise antes de fechar qualquer negócio.

5. Pesquise as linhas de crédito

Os custos da reforma ficaram maior do que você imaginava? Vai precisar financiar ou parcelar as compras?

Pesquise e compare as alternativas de crédito disponível. Nem sempre o cartão de crédito será a melhor opção.

Avalie as linhas dos próprios estabelecimentos ou lojas. Se optar por um empréstimo inclua na pesquisa aquelas com pagamento direto ou desconto em folha, como é o caso do empréstimo consignado.

Geralmente, essas modalidades têm taxas de juros menores e mais acessíveis.

6. Faça uma lista única de materiais

Compras em diferentes locais e ocasiões, podem encarecer a sua obra. São as chamadas compras “picadas”, onde o dinheiro vai sem você perceber. 

Assim, se possível, dê preferência para lojas que tenham a maioria dos itens da sua lista. Para economizar dinheiro na reforma da casa, vale comprar tudo em um mesmo local para garantir descontos ou pagamento facilitado.

7. Não contrate o primeiro prestador de serviços

Da mesma forma que você deve comparar o que quer ou precisa comprar, lembre-se de solicitar orçamentos para os prestadores de serviços também. Acredite: a economia pode chegar a mais de três vezes, dependendo do caso.

Uma urgência é uma urgência, no entanto, tente se organizar e planejar para economizar dinheiro na reforma da casa.

8. Faça você mesmo

A onda do “Do it yourself” ou DIY pode ser também uma boa desculpa para colocar a sua criatividade em ação. Além disso, o programa pode se estender também à toda família. Assim, ao vez de comprar ao pronto, você(s) pode(m) criar ou construir algo juntos.

Agora, se for algo que realmente demande conhecimento mais técnico, opte por contratar um profissional especializado.

9. Reaproveite o que você já tem

É isso mesmo. Para economizar dinheiro na reforma da casa não é preciso reinventar a roda, muitas vezes. Basta fazer o básico e o dever de casa. Neste sentido, reciclar ou dar nova utilidade para o que você já tem, pode ajudar e muito.

Antes de sair comprando, verifique as caixas das mudanças, procure com atenção para confirmar se você realmente não tem o que precisa. Outra dica é ter sempre em casa os itens que precisam de troca com frequência como lâmpadas, cadeados, parafusos e pregos.

10. Pense no descarte dos materiais

Se a reforma for pequena essa dica é dispensável. No entanto, o que quase ninguém se recorda é que no caso de reformas maiores é preciso pensar também no descarte dos materiais.

Consulte os profissionais que você contratou para avaliar as alternativas disponíveis. Certamente eles conhecem uma forma mais econômica e podem ajudá-lo a resolver esse problema. Então, não se esqueça de incluir esse valor no seu orçamento.

Com essas dicas, você certamente fará seu dinheiro render mais. Nada de desperdício de tempo e nem de dinheiro. Siga essas dicas e mãos à obra!

*Este artigo foi produzido pelo bxblue com exclusividade para o Portal André Bona.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Danielle Vieira

Apaixonada por marketing, descobriu os números e finanças ao longo do caminho e decidiu ajudar as pessoas através da educação financeira. Hoje faz isso atuando no marketing da bxblue, fintech acelerada pela Y Combinator e escrevendo em alguns portais.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Cristiane    

    O primeiro item deveria ser contrate um arquiteto. Ele é o profissional indicado para elaborar um projeto com técnica, criatividade, funcionalidade e também economia. Um texto que se propõe dissertar sobre reformas, mas não respeita os profissionais da área, não tem o mínimo valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *