*Este artigo foi produzido pela FinanZero com exclusividade para o Blog de Valor.

 

O Empréstimo Pessoal, também conhecido como crédito pessoal, é uma ótima opção para quem necessita de dinheiro sem precisar apresentar uma garantia. Ele é indicado para os casos de quitação de dívidas mais caras, como as de cartão de crédito ou cheque especial, mas ele acaba sendo também muito usado para pagar viagens ou reformar a casa.

Com o número crescente de pessoas que se interessam em fazer empréstimos, muitas dúvidas começam a aparecer. Por isso, resolvemos responder as quatro perguntas mais frequentes sobre o assunto.  Confira!

1. O que o Empréstimo Pessoal pode lhe oferecer?

A vantagem do Empréstimo pessoal é a forma simplificada de contratar este serviço, no qual as parcelas não pesam no final do mês, podendo ser pago por meio do débito automático, cheque ou até mesmo boleto. A data do vencimento fica ao critério do consumidor, ou seja, você é livre para se programar financeiramente.

O depósito da quantia emprestada acontece geralmente de forma rápida. Depois de passar pela análise de empréstimo e ser aprovado, em até 48 horas úteis o dinheiro cai na sua conta e já se encontra disponível para você usá-lo como bem entender.

O Empréstimo Pessoal é uma excelente opção, porém é necessário se preparar previamente e escolher com cuidado a quantidade de parcelas para caber no seu orçamento, já que ao pagar todas as parcelas em dia ficará mais fácil conseguir futuramente um novo empréstimo.

É normal ouvir que fazer um empréstimo pessoal é algo ruim, já que pode parecer estranho que, para pagar dívidas, você terá que fazer mais uma. Entretanto, uma série de fatores contribui para que esse tipo de empréstimo seja uma boa opção, por exemplo ao comparar com os juros do cheque especial.

Muitas vezes também procuramos um empréstimo pessoal para resolver problemas com um destino certo, tais como reformar a casa, e outros. Porém, o restante do dinheiro pode ser revertido em outras utilidades.

2. Por que escolher um correspondente bancário para ajudar a conseguir um empréstimo?

Quando precisamos de dinheiro urgente o empréstimo pessoal é a melhor opção. Porém, para conseguir encontrar a melhor taxa, precisamos disponibilizar tempo para procurar, banco por banco, as melhores condições, e isto poderia levar dias ou meses. Um correspondente bancário pode ajudar a encontrar um empréstimo de forma rápida e sem as famosas burocracias que os bancos costumam ter.

Ao utilizar um simulador de empréstimo, o correspondente irá avaliar suas condições e encontrar, dentre os seus parceiros, as melhores taxas de mercado. Assim você poderá ter o dinheiro em mãos de um jeito mais prático e seguro.

E é sempre bom ficar atento à possíveis fraudes. Alguém ligou ou mandou um email pedindo um pagamento antecipado de suas parcelas de empréstimo pessoal? Cuidado, pode ser uma fraude! Na dúvida, não passe quaisquer informações nem efetue qualquer tipo de pagamento.

3. Receio de fazer uma Empréstimo Pessoal?

Para muitos o empréstimo pessoal pode ser um bicho de sete cabeças, porém com a opção de efetuar seu pedido online, ficou muito mais simples do que se espera. O serviço é muito semelhante ao realizado no banco, mas com o benefício da comodidade de efetuar o pedido em sua casa. Fazendo a solicitação online você deixa de enfrentar longas e demoradas filas.

Vale lembrar que, para a realização do pedido de empréstimo pessoal, é necessário ficar atento em nunca realizar depósitos antecipados para ou pagar taxa de avalista. O serviço da FinanZero, por exemplo, é 100% gratuito.

E quais são os motivos frequentes pelos quais os clientes optam pelo Empréstimo Pessoal? Confira:

  • Limpar o nome

Mesmo fazendo economia no seu dia a dia, pode ficar complicado colocar todas as contas em dia, em algum momento. Para ajudar neste momento delicado, comparar a aquisição de um empréstimo pessoal pode ser sua melhor opção.

Assim você consegue quitar todas as suas dívidas mais caras e pagar esse valor em parcelas de forma fácil e simples para uma única instituição ou empresa.

  • Pagar cartão de crédito

Utilizar o cartão de crédito se tornou indispensável no nosso cotidiano, já que os benefícios que ele traz são inúmeros. Porém, os juros cobrados são altos, e quando você se torna inadimplente nos pagamentos mensais do cartão pode se tornar uma bola de neve, ou seja um problema muito maior futuramente.

Muitas vezes, recorrer ao empréstimo pessoal fica mais barato que as taxas cobradas no cartão de crédito, entretanto é necessário que o cliente analise cada detalhe previamente para fazer um empréstimo a fim de quitar as parcelas do cartão crédito sem precisar entrar no limite especial.

  • Investir em um negócio ou estudos

Muitas pessoas acabam utilizando o empréstimo pessoal para investir em um negócio próprio ou até mesmo nos estudos. É importante, no entanto, sempre verificar se as parcelas cabem no orçamento, para que não haja problemas futuros.

4. Existem outros tipos de empréstimos?

Existe também o refinanciamento de carro e de casa, no qual você coloca um imóvel ou veículo como garantia do empréstimo. Esse tipo de empréstimo tem a vantagem de ter juros mais baratos, já que o risco acaba sendo menor ao banco quando se aliena um bem.

Mas lembre-se: sempre vale a pena comparar caso você tenha um bem em garantia. Assim, desta forma, você poderá escolher a melhor opção para seu bolso e para seus planos.

Gostou do artigo de hoje? Deixe seu comentário!

 

*A FinanZero é um correspondente bancário que oferece, por meio de uma plataforma online, um serviço gratuito e inteligente de comparação de opções de empréstimo pessoal ou refinanciamento de veículos disponíveis em bancos e financeiras.

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Fábio Martins    

    Então a taxa e juros do empréstimo pessoal com uma agência sai mais barato do que eu fazer em um banco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *