Não são apenas os problemas de administração financeira que podem levar à falência da empresa. Diversas atitudes e comportamentos considerados tóxicos podem comprometer diferentes setores de um negócio, prejudicando o seu desenvolvimento como um todo.

Um ambiente de trabalho confiante é muito mais produtivo que um ambiente desanimado e cheio de incertezas, por exemplo. Mas, além do ambiente, existem muitas outras razões que podem levar a um colapso da empresa. Por isso, merecem atenção e um bom desenvolvimento em todos os estágios do negócio.

Quer conhecer 5 comportamentos tóxicos que podem contribuir com essa situação e levar à falência da empresa? Então continue acompanhando o texto e aprenda a evitá-los!

O que significa “comportamento tóxico”?

Um comportamento tóxico, em significado, é toda atitude que exala algum tipo de sentimento ou característica ruim e que pode afetar quem o pratica. Mas, especialmente, afeta quem está ao seu redor.

Dentro de uma empresa, os comportamentos tóxicos são aquelas atitudes que afetam a produtividade e o ambiente da organização como um todo. Sem um bom planejamento estratégico,uma manutenção constante e os cuidados adequados, esses comportamentos podem facilmente surgir em uma empresa, impactando funcionários, engajamento e, como já dito, a produtividade.

Esses problemas podem minar toda a organização empresarial, até mesmo colocando em risco a saúde dos funcionários e também do próprio negócio. Como consequência, temos a falência da empresa, principalmente quando os problemas aparecem atrelados a processos e sistemas de funcionamento da companhia.

Empresas de sucesso entendem que, quando os problemas se desenvolvem, às vezes são necessárias mudanças para eliminar os comportamentos tóxicos que os arrastam para baixo. Embora algumas vezes seja difícil identificar os sintomas e as causas de um comportamento tóxico, acabar com essas atitudes é fundamental para o desenvolvimento da empresa.

5 comportamentos tóxicos que podem levar à falência da empresa

Cada empresa ​tem suas próprias características. Por isso, é importante que a organização possua um planejamento empresarial bem desenvolvido para saber qual deve ser o funcionamento ideal de cada setor.

Isso ajuda a identificar tanto os processos que estão indo pelo caminho errado, quanto os motivos que podem estar originando esses comportamentos tóxicos.

Entre os principais comportamentos tóxicos que podem levar à falência da empresa, destacamos os cinco seguintes:

1. Falta de planejamento empresarial

Como dissemos, um planejamento empresarial estruturado é a base para identificar comportamentos tóxicos que pode estar se desenvolvendo na empresa. Porém, não realizar esse planejamento desde que o negócio está em um estágio inicial já é um grande erro.

É o planejamento empresarial que dará um norte para o desenvolvimento e crescimento da empresa, assegurando que etapas, processos e demais pontos do documento estão sendo respeitados, o que, obviamente, contribui para menos erros.

Sem esse planejamento, fica difícil mensurar o que está certo ou errado na administração do negócio, assim como no caminho que a empresa está seguindo.

2. Falta de treinamento para os funcionários

Muitos empreendedores ainda têm uma grande dificuldade de entender que bons funcionários são frutos de um bom investimento. A falta de treinamento dos profissionais, de quaisquer setores, afeta em cheio o crescimento da empresa, uma vez que esse trabalho que não está sendo feito de forma correta provocará prejuízos direto ou indiretos.

Oferecer treinamentos e oportunidades de desenvolvimento para os profissionais é extremamente importante para qualquer empresa. Além de garantir a adequação do desempenho dos profissionais, os mesmos ainda tendem a sentir-se valorizados pelo empregador, o que também serve como estímulo para uma boa performance dos funcionários.

3. Investimento selecionado em setores

Outro comportamento tóxico muito comum e que pode contribuir para a falência da empresa é o investimento selecionado em setores que a administração “acha” que são mais importantes. Com isso, é frequente vermos um departamento receber muito mais atenção que outros, o que acaba sendo prejudicial

Se a sua empresa possui diferentes departamentos é porque todos eles são importantes. Assim, não adianta apostar todas as fichas no setor de tecnologia, e deixar o atendimento mal estruturado, ou ainda investir pesado no marketing quando a produção está em déficit.

Todos os setores merecem a mesma atenção, respeitando sempre o investimento ideal para cada departamento, é claro. Isso significa que nem toda seção receberá o mesmo valor em dinheiro para o seu desenvolvimento, mas todo setor deve receber os valores necessários para desempenhar sua função corretamente.

4. Falta de formalização

Em um primeiro momento, a informalidade de uma empresa pode parecer vantajosa, já que envolve o pagamento de menos taxas e impostos. Mas esse é um dos comportamentos mais tóxicos para a saúde de um negócio, já que uma enorme barreira para o crescimento da companhia.

Além da insegurança transmitida aos seus clientes, é muito difícil para uma empresa informal realizar boas transações e fechar contratos importantes, uma vez que os investidores também não sentem a segurança necessária para a realização desses negócios.

A formalização é sempre o melhor e mais seguro caminho para qualquer empreendedor. Em alguns casos, essa formalização é simples de ser realizada, como para os microempreendedores (MEI), que também possuem uma carga tributária menor do que empresas grandes.

5. Falta de objetivos a longo prazo

Os objetivos a longo prazo já devem estar estabelecidos no planejamento empresarial. Ainda assim, é importante estar sempre revisando os objetivos e estabelecendo metas reais e que possam ser alcançadas dentro de um determinado período de tempo.

Esse ponto ajuda, por exemplo, o empreendedor entender que um crescimento grande e rápido nem sempre é a o ideal, além de demonstrar se a empresa está caminhando (como planejado) para atingir os objetivos futuros pré-estabelecidos.

Sem esse caminho, é comum que a administração acabe se perdendo, levando a uma desorganização da empresa.

Lembre-se que estes são apenas alguns dos comportamentos tóxicos que podem contribuir para a falência de uma empresa. Por isso, é importante conhecer a fundo o seu negócio para saber quais ações não estão de acordo com o planejamento e os seus objetivos para o futuro.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite para se inscrever em nossa newsletter e receba com exclusividade em seu e-mail outros materiais sobre finanças e investimentos.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *