Mesmo que as finanças de uma empresa estejam ótimas, seguir estratégias de economia nos negócios nunca é demais. Afinal, todo gasto extra que possa ser cortado é uma vantagem em qualquer ocasião.

As dicas para reduzir custos são ainda mais importantes para situações em que economizar se faz necessário para manter a saúde financeira dos negócios em dia, especialmente para pequenas empresas. Estas são sempre as mais afetadas em momentos de crise ou instabilidade econômica.

Continue acompanhando nosso artigo para conferir algumas dessas estratégias de redução de custos nas empresas e saber como aplicá-las ao seu negócio.

Por que aderir à economia nos negócios?

Parece claro que a economia nos negócios é uma boa opção para qualquer companhia. Mas aplicar as estratégias certas de redução de custos nas empresas, entendendo como reduzir custos operacionais e custos fixos é também parte essencial de uma boa gestão administrativa.

Desenvolver um plano de ação para reduzir custos é fundamental para construir um negócio lucrativo, ajudando a impactar a empresa como um todo. Inclusive contribuindo para aumentar as vendas, uma vez que o dinheiro economizado pode ser aplicado em outros pontos que trazem um retorno positivo.

É sempre importante ressaltar que fazer uma faxina financeira para obter economia nos negócios não é indicado apenas para empresas que estão passando por algum tipo de dificuldade financeira. Essa é uma ferramenta indispensável para qualquer empreendimento.

7 práticas para reduzir custos na empresa

Há várias formas de economizar dinheiro em uma empresa. Por isso, um plano de ação para reduzir custos é imprescindível garantir bons resultados, tanto no curto quanto no longo prazo.

Algumas ações são sempre recomendadas pelos especialistas, e além de serem assertivas são fáceis de colocar em prática. Confira a seguir 7 ideias para reduzir custos do seu negócio:

1. Negocie e peça descontos sempre

Essa dica vale tanto para empresas quanto para as finanças pessoais: negociar e pedir descontos sempre! Ao lidar com parceiros de negócios e fornecedores, é importante barganhar valores e pedir descontos, mesmo que eles sejam poucos.

Isso vale também para compras em maior escala. Mesmo que o desconto seja de centavos, quando aplicado em um número grande de peças, o resultado final é vantajoso.

Além disso, ao pedir um desconto você pode até mesmo se surpreender com as ofertas que pode receber.

2. Procure o espaço adequado para a sua empresa

Pequenas empresas muitas vezes cometem o erro de optar por um espaço que não condiz com o que elas realmente precisam. Startups e empresas menores podem se adequar a escritórios pequenos, espaços compartilhados como um coworking e até e escritórios que não cobram um tempo integral, e sim o tempo parcial de uso.

O custo administrativo de um espaço próprio é sempre alto. Afinal, não envolve apenas o aluguel, mas também gastos com manutenção e pessoal. Tirar proveito de espaços de escritórios compartilhados é um caminho inteligente para a economia nos negócios.

3. Evite gastos com papel

Estamos vivendo na era digital, mas ainda assim é comum muitas empresas acabarem gastando um dinheiro desnecessário com papel. Evitar essas despesas é um dos itens principais de como reduzir custos operacionais de uma empresa.

Armazenar documentos digitalmente, evitar impressões dispensáveis e aderir aos contratos digitais são algumas das mudanças que contribuem com o fim dos gastos à toa com papel. Inclusive, pagar por um sistema de armazenamento em nuvem pode ser bem mais vantajoso que despender dinheiro com papel.

4. Aproveite as redes sociais para o seu marketing

O marketing digital é poderoso em seu alcance e, quando comparado a outras opções da publicidade tradicional, seu valor é bem inferior. Por isso, utilizar as redes sociais e outras mídias digitais como forma de divulgação do seu negócio é muito mais assertivo do que gastar com mídias que podem não ter o mesmo retorno de engajamento do público.

O marketing nas mídias sociais é uma das formas mais econômicas de uma pequena empresa construir sua marca e aumentar a conscientização, pois não custa nada abrir uma conta. Ainda assim, lembre-se que o marketing digital deve ser realizado por profissionais que sabem como praticá-lo.

5. Conheça todos os gastos da sua empresa

Não é exagero: um bom empreendedor deve saber todos os gastos que a sua empresa tem. Desde o quanto de café é utilizado por mês até os custos com imprevistos.

Essa é uma dica básica para saber como reduzir custos fixos na empresa, assim como as despesas com o operacional.

Para ter esse conhecimento é necessário analisar detalhadamente as finanças do negócio e, assim, identificar onde alguns cortes podem acontecer, prezando por fazê-los com planejamento e organização.

6. Mantenha as contas sempre dentro do orçamento

Usar o termo “orçamento rigoroso” pode assustar, mas é exatamente isso que é preciso ter em mente para realizar uma boa economia nos negócios. Algumas empresas têm dificuldade de manter as contas mensais dentro do orçamento, especialmente quando departamentos diferentes estão gastando dinheiro em coisas diferentes.

Outro problema que é comum e atrapalha demais a manutenção do orçamento mensal é misturar as finanças empresariais com as pessoais. O famoso “tirar dinheiro do caixa” para realizar alguma atividade pessoal

A confusão quanto ao destino do dinheiro é fator chave para criar problemas no orçamento de uma empresa. À medida que um negócio cresce, isso pode tornar-se uma bola de neve. Portanto, mantenha as contas sempre dentro de um orçamento firme e inflexível.

7. Seja flexível com seus funcionários

Permitir que os funcionários de uma empresa trabalhem menos horas, por exemplo, traz dois benefícios para a empresa: menos gastos extras com o funcionário e uma otimização das ações do mesmo.

Ao ser mais flexível com os horários e até com a presença pessoal dos funcionários, a empresa reduz o número de horas extras, gastos com a manutenção do escritório (como energia elétrica), entre outros insumos que afetam diretamente os resultados mensais.

Liberdade e maleabilidade no tratamento dos funcionários trazem sempre mais vantagens que desvantagens à empresa, que acaba economizando enquanto os profissionais sentem-se mais satisfeitos e produtivos.

Colocando estas dicas em prática é possível obter uma boa economia nos negócios e colocar as finanças da empresa de novo nos trilhos!

Gostou deste conteúdo? Então inscreva-se em nossa newsletter e receba em seu email outros materiais sobre finanças e investimentos.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *