Você sabia que existe uma rede social toda voltada para a construção de contatos profissionais? Esse é o objetivo do LinkedIn. Dessa forma, ele proporciona que as pessoas construam uma rede de networking e fortaleçam seus vínculos com colegas de profissão e também com empresas.

Isso gera uma grande oportunidade: usar o LinkedIn para conseguir emprego. Afinal, ele oferece tudo o que é necessário para se vender e encontrar empregadores interessados no seu perfil de trabalho.

Que tal saber como fazer isso? Confira nosso artigo a seguir!

Saiba como o Linkedin funciona

Essa rede social foi fundada no ano de 2003 e, desde o começo, teve como principal objetivo a interação no mundo dos negócios. Semelhante a outros sites, é possível fazer publicações na sua página, adicionar pessoas e interagir no perfil delas.

No Linkedin, a interação entre os usuários é chamada de “conexão” e visa, principalmente, a construção de uma rede de contatos profissionais. Hoje em dia, ele é a principal rede social para relacionamentos desse tipo.

Por ser um site especializado em networking, muitos recrutadores buscam candidatos para suas vagas no LinkedIn. E, mesmo quando os profissionais não são encontrados nessa rede, a análise do perfil online é utilizada para avaliar o currículo e a atuação dos candidatos em uma seleção.

No seu perfil do LinkedIn, você pode apresentar seu trabalho atual, fazer um resumo das suas atribuições e habilidades e indicar seus objetivos profissionais. Na página, também é possível publicar textos de sua autoria sobre os assuntos que quiser divulgar, além de compartilhar links e materiais interessantes com a sua rede de contatos.

A interação com colegas e empresas se dá no acompanhamento de suas páginas. Você adiciona pessoas que tenham afinidade com a área em que trabalha ou busca emprego. Dessa forma, acompanha as publicações delas e pode interagir com comentários, estreitando os relacionamentos e buscando oportunidades.

Veja 5 dicas para conseguir um emprego no LinkedIn

Confira a seguir 5 dicas para conseguir um emprego no LinkedIn e alavancar sua vida profissional!

1. Mantenha suas informações atualizadas

Um dos principais cuidados que você precisa ter se quer usar o LinkedIn para conseguir emprego é manter os seus dados atualizados no perfil. Lembre-se de que são as informações da sua página que vão atrair os recrutadores. Então, é imprescindível que elas sejam atuais.

Certifique-se de que todos os campos do perfil estão preenchidos corretamente. Além disso, na hora de falar sobre os cargos que ocupou ao longo da carreira, tenha a atenção de usar palavras-chave relacionadas à sua profissão e as funções que realizavam. Isso ajuda o seu currículo aparecer na busca de recrutadores.

Outra dica nesse sentido é apresentar suas experiências profissionais de maneira interessante. Procure colocar informações básicas sobre as atividades que realizou e os diferenciais que apresentou em cada cargo. E não deixe de inserir todas as suas experiências — mesmo trabalhos voluntários, projetos acadêmicos, eventos, etc.

2. Cuide da sua rede de conexões

Usar o Linkedin para conseguir emprego requer construir seu networking de maneira estratégica. O ideal é deixar relacionamentos de amizade para outras redes sociais. Nesse site, foque em manter conexões com quem agrega valor ao seu perfil profissional. Ou seja, evite adicionar pessoas apenas por ter vínculo pessoal com elas.

No Linkedin, não vale aquele lema de “quanto mais, melhor”. A qualidade das suas conexões importa bem mais do que o número de pessoas que você tem adicionada na sua página. Nesse sentido, um ponto que merece atenção é que o objetivo de uma rede profissional é, de fato, interagir.

Isso significa que não basta adicionar pessoas — é preciso acompanhar os perfis delas e se comunicar. Publicar bons conteúdos na sua página e comentar nas publicações que você acompanha são práticas essenciais para estreitar laços e conseguir empregos por meio do LinkedIn.

3. Siga páginas e pessoas relevantes

Imagine quão rica seria a chance de acompanhar um pouco da rotina da empresa onde você sonha em trabalhar! Isso é possível com o uso do LinkedIn. As pessoas podem seguir a página da companhia que admiram e, com isso, ficar por dentro dos conteúdos que ela compartilha.

Outro aspecto interessante é que as empresas postam no LinkedIn quando abrem algum processo seletivo. Logo, seguir páginas empresariais possibilita que você receba notificações sobre essas oportunidades.

Além disso, ter contato com os conteúdos publicados ajuda a colher informações sobre o local de trabalho e estar mais preparado para futuras entrevistas.

Você também deve usar o LinkedIn para manter contato com pessoas que considera relevantes para sua carreira. Por exemplo, influenciadores digitais, empreendedores do seu ramo ou especialistas em assuntos do seu interesse.

Receber conteúdo deles, sem dúvida, é uma maneira de se aperfeiçoar e crescer profissionalmente.

4. Utilize as publicações para se vender

Além das informações contidas no seu perfil, o mural de publicações do LinkedIn é um dos principais espaços em que você pode valorizar o seu currículo. Utilizar as publicações para apresentar seu profissionalismo e divulgar conteúdos interessantes para sua rede é uma ótima prática nesse site.

Afinal, se você publica coisas relevantes, seus colegas passam a admirar seu trabalho e os recrutadores vão ficar satisfeitos com o que veem no seu perfil. Uma boa dica nesse aspecto é manter uma frequência de publicações: o mais indicado é produzir textos ou compartilhar materiais pelo menos de duas a três vezes por semana.

Tenha atenção nesse ponto, pois reproduzir várias notícias ou artigos por dia não é uma boa prática. Esse é um comportamento exagerado e enche a sua página de informações, dificultando a interação com suas conexões.

5. Evite os erros mais comuns

Nem sempre é fácil acertar ao criar e manter um perfil no Linkedin. Existem alguns erros cometidos frequentemente pelos usuários. Por isso, é importante conhecê-los para saber como evitar. Um dos mais frequentes diz respeito à foto do perfil. Certifique-se de escolher uma imagem profissional e de boa qualidade.

Outra falha que vale a pena evitar é utilizar expressões gerais no perfil, como “em busca de recolocação profissional” ou “tenho perfil de liderança”. Usar termos mais específicos na sua descrição profissional ajuda a posicionar melhor o seu perfil nas buscas realizadas por recrutadores no LinkedIn.

Por fim, não faça publicações de cunho pessoal. Existem redes sociais mais voltadas para fazer amizades, discutir questões polêmicas e se expor.

Se o seu desejo é usar o LinkedIn para conseguir emprego, é preciso focar nas conexões profissionais e manter uma boa imagem no site.

Quer mais dicas sobre vida profissional? Confira 6 atitudes para crescer na carreira!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *