Todo profissional comete erros, não é mesmo? E com os empresários não é diferente. Porém, alguns dos erros de empreendedores iniciantes podem ser evitados justamente por serem simples e, especialmente, porque acarretam grandes problemas para o desenvolvimento futuro do negócio.

Sabemos que começar um empreendimento nem sempre é fácil, exigindo a tomada de muitas decisões. Mas, felizmente inúmeros empreendedores já abriram caminho no mundo dos negócios, o que torna possível saber quais erros são comuns nessa fase inicial. E como evitá-los através de um planejamento mais atento.

Para conferir a nossa lista 7 dos principais erros do empreendedor que podem ser evitados no início da jornada empresarial, continue acompanhando o artigo!

7 erros de empreendedores iniciantes para evitar

Construir um negócio a partir do zero definitivamente não é uma tarefa fácil. Por isso, é normal que os empreendedores cometam erros durante esse processo.

Porém, enfrentar essas falhas ao longo do caminho e corrigi-las é essencial para o sucesso do empreendimento. É assim que a maioria dos empreendedores aprende e cresce.

Embora não exista um plano infalível para alcançar o sucesso em um negócio, alguns dos erros que todo empreendedor comete não são tão difíceis de serem evitados, justamente por serem comuns a muitos novos empresários.

Confira alguns desses erros fatais do empreendedor iniciante e saiba como evitá-los para garantir o bom desenvolvimento do seu negócio.

1. Ignorar a fase de planejamento

A fase de planejamento pode ser um tanto entediante. Mas sem um plano sólido para os seus negócios que inclua pesquisa de ideias para o negócio, potencial de mercado, público-alvo, entre outros pontos, o empreendedor estará operando no escuro.

O planejamento é a parte mais importante do começo de um empreendimento. Afinal, ele inclui, pelo menos, um plano de negócios, um plano financeiro e um plano de marketing. Portanto, dedique-se a essa fase sem pressa!

2. Iniciar um negócio sem uma infraestrutura básica

Começar um negócio sem a infraestrutura total que ele necessita é um dos erros de empreendedores iniciantes mais comuns. Isso porque a ideia de “com o tempo as coisas se ajeitam” pode parecer muito promissora. Mas não é bem assim.

Essa infraestrutura estabelece uma base sólida para o posterior crescimento do seu negócio. E se você não tiver essa base, dificilmente conseguirá desenvolvê-la em algum momento depois, comprometendo totalmente o empreendimento.

3. Não definir metas

Metas são fundamentais para dar uma orientação no início de um negócio. E, principalmente, para mantê-lo no caminho certo durante as atividades e operações do dia a dia.

Ao definir metas, o empreendedor pode identificar para onde e como a sua empresa deve caminhar para conseguir alcançar esses objetivos, além de descrever etapas específicas a serem seguidas para chegar lá.

Não deixe para definir metas já no meio do percurso. Estabeleça-as antes mesmo de colocar o seu empreendimento no mercado.

4. Escolher o parceiro errado

Se você está pensando em encontrar um parceiro com quem dividir o seu projeto, saiba que um dos erros de empreendedores iniciantes é justamente escolher o parceiro errado.

Tenha muito cuidado ao escolher um sócio para a sua empresa, verifique se esse cofundador escolhido é mentalmente compatível com você. Ou seja, se vocês possuem ideias e objetivos semelhantes. O ideal é escolher alguém com quem você possa realmente compartilhar as decisões importantes.

Portanto, escolha alguém que possa complementar suas habilidades empreendedoras e apoiar suas ideias.

Vale ressaltar que nem sempre você realmente precisa de um parceiro. Faça o planejamento e a organização do projeto e avalie se você pode cuidar do seu negócio sozinho.

5. Não dar importância à tecnologia

Entre os erros de empreendedores iniciantes está a falta de atenção a algumas áreas que são fundamentais para o desenvolvimento de uma negócio, principalmente a tecnologia.

Especialmente para pequenas empresas, a tecnologia pode oferecer novas oportunidades, ajudar na realização de tarefas com mais praticidade e eficiência e até contribuir para economizar dinheiro.

Você não precisa ser um expert em tecnologia para fazer um bom proveito dela. Lembre-se que a falta de vontade de se adaptar aos avanços tecnológicos pode prejudicar seus negócios tanto no curto quanto no longo prazo.

6. Concentrar-se apenas no crescimento da empresa

Sua empresa não pode crescer se suas estratégias não forem dinâmicas. Como empreendedor, você deve pensar em várias direções enquanto toma decisões, e isso não significa crescer sem foco e planejamento, ou seja: crescer por crescer.

Se você estiver focando apenas no crescimento dos negócios, e não na qualidade dos serviços, isso eventualmente afetará o seu empreendimento de forma negativa. Por isso, buscar o alcance de um equilíbrio entre crescimento e qualidade é a chave para o sucesso em qualquer empresa.

7. Esperar os clientes irem até você

Você realmente espera que os clientes descubram o seu negócio em meio a um mercado cada vez mais movimentado e com tantos empreendedores oferecendo serviços promissores? Definitivamente não!

Se você deseja que sua base de clientes se expanda, terá que estar onde seus clientes estão. E isso significa que é preciso encarar o marketing como uma parte vital para o seu negócio.

Não basta criar um orçamento de marketing e experimentar um pouco de tudo. Você precisa fazer uma pesquisa de mercado para identificar quem você está tentando alcançar (público-alvo), onde você pode encontrá-los e como eles reagirão às suas iniciativas.

Nunca espere o cliente ir até você, sempre vá até onde ele está!

Começar um negócio pode ser complicado, mas evitar alguns erros de empreendedores iniciantes é essencial para garantir que a empresa conseguirá seguir um caminho de desenvolvimento saudável.

Não basta ter uma boa ideia. É preciso aprimorar habilidades e não se dar ao luxo de cometer erros que podem ser evitados nessa fase inicial é tão importante.

Você pode ter muita capacidade para superar os momentos difíceis que surgirem durante a jornada empreendedora. Mas melhor mesmo é evitar que os problemas apareçam, não é mesmo?

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para conferir outros materiais em nosso canal no Youtube e também aqui pelo site!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *