As ações da Braskem (BRKM5) avançam mais de 18% na B3 (antiga BM&FBovespa) na tarde desta sexta-feira (15), depois que a empresa informou ao mercado que sua controladora – a  Odebrecht – está negociando o controle da empresa para a holandesa LyondellBasell. No início da manhã, os papéis da companhia chegaram a avançar 20% na bolsa brasileira.

Em fato relevante divulgado ao mercado nesta sexta-feira, a Braskem confirmou informações de que a Odebrecht estaria mantendo uma negociação – que estaria em estágio inicial – para venda do controle da petroquímica.

“As negociações estão em estágio preliminar e foi concedida exclusividade à LyondellBasell no âmbito das tratativas, que são regidas por acordo de confidencialidade”, afirmou a Braskem.

A Odebrecht possui o controle da petroquímica, com fatia de 38,3% da Braskem (50,1% do capital com direito a votos), enquanto a Petrobras conta com uma participação de 3,61% do total (47% das ações com direito a voto. Segundo a Braskem, caso o negócio com a LyondellBasell seja concretizado, os demais acionistas da companhia terão garantidas as mesmas condições que vierem a ser negociadas para a Odebrecht.

Aproximação em 2017

A aproximação entre a holandesa LyondellBasell e a brasileira Braskem já havia sido antecipada pelo periódico norte-americano “Wall Street Journal” em outubro do ano passado.

Na ocasião, no entanto, a Odebrecht negou quaisquer negociações e afirmou que tinha interesse em manter a Braskem como parte do seu grupo de empresas.

Mercado reage à notícia

O mercado reagiu à divulgação da negociação entre Odebrecht e LyondellBasell pela Braskem. No início da manhã, as ações da Braskem chegaram a subir 20% na B3, e continuavam em alta no início da tarde.

Os papéis da petroquímica (BRKM5) eram negociados a R$ 48,58 às 13h na bolsa brasileira, com uma alta de 18,14%. No mesmo horário, o índice Ibovespa recuava 1,25%.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *