Saber qual é o real valor da sua empresa é essencial tanto para momentos de investimento quanto em uma possível situação de venda deste negócio. E, frequentemente, o valor de mercado de uma empresa representa as expectativas do investidor em relação aos ganhos futuros da mesma.

Infelizmente, um negócio completo não pode ser avaliado tão facilmente quanto um ativo menor e mais líquido. Todavia, existem várias maneiras de calcular o valor de mercado de uma empresa que pode representar com precisão o verdadeiro valor do seu empreendimento.

Para conferir alguns dos métodos mais simples de como calcular o valor da sua empresa (e mais utilizados pelos empreendedores), continue acompanhando o nosso artigo até o final. Vamos lá?

O que é o valor da empresa?

Antes de entender exatamente como calcular o valor de uma marca, é preciso compreender do que se trata essa avaliação. Ela nada mais é que um processo geral para determinar o valor econômico de um empreendimento ou de uma unidade deste empreendimento.

Em geral, essa avaliação de negócios é feita por diversos motivos, incluindo a negociação da empresa, estabelecimento de propriedade, tributação e até como parte de processos de divórcio. Também é comum que os proprietários costumam recorrer a avaliadores profissionais de negócios (contadores) para obter uma estimativa objetiva do valor do seus empreendimentos.

Para determinar o valor da sua empresa, seja para vendê-la (em parte ou em totalidade),  para fundir ou adquirir outro negócio, é preciso usar medidas objetivas e avaliar todos os aspectos do negócio. A avaliação pode incluir, inclusive, uma análise da administração da empresa, sua estrutura de capital, suas perspectivas de ganhos futuros ou o valor de mercado de seus ativos.

As ferramentas usadas para definir o valor de uma empresa podem variar entre avaliadores, negócios e indústrias. As abordagens incluem também uma revisão das demonstrações financeiras, descontando modelos de fluxo de caixa e comparações similares de empresas.

Vale ressaltar, ainda, que calcular o valor de uma empresa também é importante para os relatórios de impostos. Alguns eventos relacionados a impostos, como venda, compra ou doação de ações de uma empresa, por exemplo, serão tributados dependendo da avaliação.

Como calcular o valor da sua empresa?

Para saber quanto vale uma empresa para venda, por exemplo, é preciso avaliá-la com base em conhecimentos do mercado e do setor em que ela representa. Como para calcular o valor de uma empresa de serviços, por exemplo.

Além desses dois fatores, leva-se ainda em consideração algumas perspectivas estratégicas e atributos técnicos no momento da avaliação.

Como as maneiras de determinar o valor de um negócio não são muito simples, o ideal é contratar um contador para realizar o serviço. Mas alguns empreendedores gostam de se aventurar pelo mundo dos cálculos da sua própria empresa mesmo assim.

Os métodos de avaliação são apresentados para fornecer algumas maneiras de explorar o valor do seu próprio negócio. Por isso, é importante utilizar vários desses métodos para chegar o mais próximo de um número verdadeiro.

Entre os métodos mais utilizados para calcular o valor da sua empresa, confira então a seguir os 5 que selecionamos para ajudá-lo nesta jornada:

Avaliação de ativos

Os ativos da sua empresa são tudo o que o negócio possui, que pode ser mostrado no balanço. Esses ativos incluem terrenos e edifícios, equipamentos e veículos, dinheiro, suprimentos, contas a receber, entre outros pontos, inclusive ativos considerados intangíveis, como propriedade intelectual.

Fluxo de caixa

Alguns compradores querem saber quanto dinheiro sua empresa pode gerar. Esse método usa informações de uma demonstração de fluxo de caixa apresentando as entradas e saídas do caixa da empresa durante um período de tempo específico.

O resultado do fluxo de caixa é descontado pelo seu valor futuro.

O método de fluxo de caixa é frequentemente usado para avaliar empresas que possuem acionistas.

Vendas brutas

As vendas brutas, como dizem alguns empreendedores, são a “aproximação mais grosseira” da avaliação de negócios. Ela permite, por exemplo, que as vendas brutas dos três anos anteriores sejam usadas para o cálculo, embora não haja qualquer tipo de garantia de que esse nível de vendas possa ser suportado.

Este é considerado, portanto, o método menos útil para calcular o valor de uma empresa.

Múltiplos de mercado

Para empresas que possuem acionistas, analisar múltiplos ganhos por ação é um método de avaliação comum. Esse número mostra o lucro de cada acionista, ou EPS, que não é o mesmo que qualquer dividendo. O princípio aqui é que quanto maior o EPS, mais valiosa é a empresa.

Eis como o método de ganhos funciona: os primeiros ganhos, também conhecidos como lucros ou receita líquida, são determinados. Na maioria das vezes, o número de ganhos “bruto” é reduzido ainda mais, geralmente retirando juros e impostos

Assim, o número final de ganhos é multiplicado pelo número de ações, obtendo o valor da empresa.

Valor patrimonial

O método chamado valor patrimonial é, talvez, o mais simples de entender, especialmente para empreendedores iniciantes que não estão muito acostumados com os métodos e terminologias sobre a avaliação do valor de uma empresa.

Nesse método, é mensurado através do Balanço Patrimonial, todo o valor líquido que o empreendimento gera desde a sua criação, subtraindo o passivo do ativo. O problema dessa opção, no entanto, é que ela acaba não levando em conta a continuidade da empresa e, especialmente, o seu potencial de crescimento futuro.

Os valores obtidos são sempre corretos?

É importante ressaltar que, embora os métodos para calcular o valor da sua empresa seja amplamente utilizados, toda avaliação de negócios não é extremamente realista. Especialmente por não considerar fatores externos, como a situação econômica do país, por exemplo.

No artigo, apresentamos algumas maneiras de avaliar uma empresa, mas a única avaliação verdadeira é aquela que é acordada entre o comprador e o vendedor, em caso de uma transação de venda. Quanto mais métodos de avaliação você usar, mais perto de um número ideal poderá chegar.

Lembre-se: quanto mais números e resultados você conseguir, melhor será sua estimativa.

Quer continuar aprendendo? Então aproveite e inscreva-se em nossa newsletter e receba outros materiais sobre finanças e investimentos em seu e-mail.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *