Com o avanço da área de tecnologia, muitos investidores têm buscado oportunidades nesse segmento. Entre os negócios mais relevantes está a Apple, responsável por movimentações consideráveis no setor. Se você deseja investir nela, o BDR AAPL34 pode ser a opção.

Afinal, a empresa fundada por Steve Jobs não está disponível na bolsa brasileira, o que torna o certificado uma alternativa. Que tal saber mais?

Entenda neste artigo o que é o BDR, conheça o AAPL34 e saiba analisar se ele pode ajudar no alcance das suas metas financeiras. Ainda, descubra como comprar ações da Apple ou se expor indiretamente à empresa sem sair do Brasil.

Continue conosco e aprenda!

Qual é a trajetória da Apple?

Antes de saber como comprar ações da Apple no Brasil, vale conhecer a história da gigante da tecnologia mundial.

Foi em 1976 que surgiu a Apple, nos Estados Unidos. Criada por Steve Jobs, Ronald Wayne e Steve Wozniak, a empresa começou focada em kits de computação pessoal para superar outra companhia — a IBM.

Em 1984, foi lançado o primeiro Macintosh, computador pessoal com sistema operacional. As vendas foram animadoras no começo, mas, em 1985, Steve Jobs foi demitido da companhia que tinha ajudado a fundar.

Nos anos 1990, a Apple começou a ganhar mercado, enquanto Steve Jobs criava empresas como a NeXT e a Pixar. Então, em 1996, a Apple comprou a NeXT e Steve Jobs voltou ao controle do negócio. Na década seguinte, a Apple lançou diversos produtos.

A empresa expandiu sua atuação para além dos computadores pessoais e aumentou seus lucros. Em 2018, foi a primeira empresa de tecnologia a valer US$ 1 trilhão e, em 2020, a primeira a valer US$ 2 trilhões.

Investir na Apple é uma boa escolha?

Quando se pensa em ações de tecnologia, os papéis da Apple chamam a atenção. Afinal, como você viu, ela é uma das principais do segmento — considerada uma das Big Techs, classificação que envolve empresas de tecnologia de grandes proporções.

Desde os anos 2000, a Apple também vem inovando com produtos tecnológicos, como o reprodutor de música iPod, o smartphone iPhone, o tablet iPad e o smartwatch Apple Watch. Com isso, tem vendas expressivas, em especial pelos lançamentos frequentes.

Porém, a Apple é alvo de questionamentos — em especial, após a morte de Steve Jobs, em 2011. Há especialistas que ponderam que os equipamentos da marca já foram superados em qualidade e custo-benefício por outros concorrentes.

Além disso, há receios sobre a capacidade de manter a empresa na vanguarda, após seu principal criador ter falecido. Contudo, ela tem se mostrado capaz de sustentar a liderança e a relevância no mercado global — e todas essas questões devem ser avaliadas para tomar a decisão.

O que é o AAPL34?

Se você estiver considerando a possibilidade de investir na Apple, vale saber que as ações da empresa não estão disponíveis no Brasil. Porém, apesar de a companhia não ser listada na bolsa brasileira, existe a chance de investir nela pela B3, por meio do AAPL34.

Esse é o ticker do BDR dessa empresa de tecnologia. A sigla significa brazilian depositary receipt ou certificado de depósito em valores mobiliários. Na prática, é um certificado emitido por uma instituição depositária, que fica responsável por adquirir os ativos internacionais.

Depois da aquisição, o certificado é emitido com lastro nos ativos e pode ser negociado diretamente na bolsa de valores brasileira. Assim, permite que o investidor do país tenha acesso prático aos resultados do negócio.

Quais são as vantagens do investimento em BDR?

Entre os motivos que ajudam a justificar o investimento em um BDR como o AAPL34 está o fato de ele ajudar a diversificar o portfólio. É uma forma de ter acesso a ativos como ações estrangeiras. Assim, seu patrimônio fica parcialmente exposto a outros países.

Também é uma escolha relativamente acessível. Afinal, não é preciso abrir conta em uma instituição internacional, converter os recursos pelo câmbio ou conhecer as regras do mercado de capitais de outro país.

Quais são os principais riscos do BDR?

Embora os benefícios sejam atraentes, o BDR é um investimento de renda variável. Por isso, apresenta riscos maiores. O risco de mercado é um dos principais, pois as oscilações podem afetar o preço das ações e dos BDRs.

Se você se desfizer do BDR por um preço menor que o de compra, sofrerá um prejuízo com o aporte, o que exige atenção quanto às decisões de compra e venda. Além disso, o BDR costuma ter uma liquidez menor que o mercado de ações, em geral.

Vale a pena fazer o investimento no BDR da Apple?

Com essas informações, é possível ter uma visão ampla do investimento em BDR e seu funcionamento. Assim, você pode decidir se vale a pena adquirir o AAPL34. Para isso, é importante considerar se a alternativa é adequada para a sua carteira.

Além de pensar no desempenho da empresa americana — e nos fundamentos do negócio, identifique qual é o seu perfil de investidor. No geral, a renda variável está mais alinhada com investidores moderados e arrojados, que têm maior tolerância ao risco.

Você também tem que pensar nos objetivos financeiros em relação aos investimentos. O investimento em ações, sejam elas estrangeiras ou não, costuma estar atrelado ao longo prazo. Com isso, um BDR como o da Apple pode fazer sentido se você estiver disposto a esperar um período maior.

Como comprar BDRs de ações da Apple no Brasil?

Se você quer investir em ações da Apple de maneira direta, será preciso enfrentar os custos e a burocracia de abrir conta internacional. Mas é possível se expor à empresa de maneira mais simples com o BDR AAPL34.

Para tê-lo em sua carteira, basta usar sua conta em um banco de investimentos brasileiro, que garantirá acesso ao home broker. Nesse ambiente, selecione o BDR pelo ticker via home broker e emita a ordem de compra.

Quando a operação for liquidada, o dinheiro será debitado da sua conta na instituição. Após a liquidação, você passará a investir indiretamente na Apple por meio do BDR e poderá participar de seus resultados, seja a valorização do papel ou uma eventual distribuição de dividendos.

Agora que você sabe como comprar ações da Apple no Brasil pelo AAPL34, avalie com cuidado a alternativa. Assim, há como tomar uma decisão que esteja alinhada com seu perfil e com seus objetivos.

Para orientar suas escolhas ao compor o portfólio, aproveite para conferir 6 razões para diversificar sua carteira de investimentos!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *