A carência de educação financeira é um problema importante no Brasil. Ao contrário de outros países, esse tema não é abordado nas nossas escolas e, assim, crianças e adolescentes crescem sem discutir esse tema. E é exatamente por isso que cabe aos pais investir na educação financeira dos filhos para ajudá-los a ter mais sucesso na vida adulta.

A relevância desse assunto é comprovada em diversas pesquisas sobre a vida financeira dos brasileiros. Por exemplo, dados de 2018 apontam que 58% das pessoas não realizam um controle financeiro frequente. Não à-toa, os números de endividamento e inadimplência no Brasil também são altos.

Você quer contribuir para que seu filho tenha condições de evitar esses problemas? Então confira as informações deste artigo sobre educação financeira de crianças e comece desde cedo.

Por que é importante a educação financeira dos filhos?

A chance de você não ter passado por algum tipo de educação financeira é bem grande. Afinal, é isso o que acontece com a maioria dos brasileiros. Dessa forma, as pessoas se desenvolvem sem esse conhecimento presente e se tornam jovens adultos que precisam aprender por si mesmos a controlar os primeiros salários.

Isso pode ser bem diferente se seus filhos passarem desde cedo por uma educação financeira. Com isso, eles serão capazes de aproveitar melhor sua juventude, controlando o orçamento e realizando sonhos importantes. Ou seja, ao educá-lo financeiramente, você contribui para a tranquilidade e segurança dele no futuro.

A educação financeira de crianças também é uma vantagem para a vida familiar. Isso acontece porque, ao receber noções financeiras dos pais, os filhos se adaptam melhor ao orçamento familiar e há menos estresse em relação a esse tema. Deste modo, a criança aprende a lidar com a frustração e a organizar seus próprios desejos de consumo.

Como ensinar finanças para as crianças?

Agora que você já reconhece a importância desse aprendizado, vamos ver algumas dicas para abordar esse tema com seu filho. É importante que o assunto seja trazido de maneira natural e respeitando a idade de cada criança.

Veja algumas ideias a seguir!

Dê bons exemplos

Além do que é falado para ela, uma criança absorve muito o que vê os adultos fazendo. Sendo assim, o melhor ensinamento que você pode dar sobre finanças ao seu filho é exercer um controle financeiro eficiente na sua própria vida.

Crianças que têm, desde cedo, o exemplo dos pais falando sobre dinheiro, economizando, poupando para realizar sonhos e evitando problemas financeiros, provavelmente vão levar esses valores para a vida adulta. Por isso, é importante que você pratique os mesmos conselhos que pretende dar para o seu filho.

Envolva a criança na vida financeira da família

Para que a educação financeira dos filhos aconteça, é essencial que eles sejam incluídos nos contextos em que as decisões sobre o dinheiro da família são tomadas. Isso significa aproveitar oportunidades de explicar para o seu filho situações cotidianas ligadas ao orçamento.

Por exemplo, converse com ele sobre a relação entre trabalho e salário. Da mesma forma, explique como se dá o planejamento financeiro familiar — o pagamento de contas, o planejamento das compras, a organização dos gastos com lazer, entre outros.

Também é importante aproveitar gastos maiores para mostrar ao seu filho como se dá a administração financeira. Caso a família esteja se organizando para a compra de um carro, pagando um imóvel ou planejando uma viagem maior, explique para ele porque não é possível pagar por esse custo em apenas um mês e como vocês organizaram o orçamento para realizar esse plano de longo prazo.

Tire as dúvidas da criança sobre finanças

As crianças são naturalmente curiosas. E, como o dinheiro faz parte da vida, ela certamente tem o que perguntar sobre ele. O assunto pode surgir, por exemplo, quando elas reclamam de você não pode comprar determinado presente ou quando questionam como funciona o pagamento de alguma conta de casa.

Aproveitando esses momentos! A aprendizagem de finanças pode ocorrer de forma natural.

Assim, lembre-se de responder as dúvidas do seu filho de forma paciente e com informações úteis para ele. Quando uma criança escuta simplesmente que não pode ganhar um presente, ela está deixando de aprender sobre limites financeiros e gestão do orçamento.

Use recursos lúdicos para abordar o tema

Não é segredo que as crianças aprendem muito melhor a partir de atividades lúdicas. Felizmente, como dinheiro é um assunto bastante presente no dia a dia de qualquer pessoa, há diversos recursos que você pode utilizar — como jogos, brincadeiras, desenhos infantis etc.

Alguns jogos de tabuleiro conhecidos são o banco imobiliário e o jogo da vida. Eles são ideais para crianças maiores e adolescentes aprenderem um pouco sobre gestão da vida adulta. Com crianças menores, você pode usar brincadeiras mais simples ou contar histórias.

Outra ferramenta muito interessante para utilizar com seu filho desde cedo é o porquinho para guardar dinheiro. Essa é uma maneira lúdica de ensinar para ele que podemos economizar e poupar para juntar uma quantia maior e realizar um projeto. Assim, você pode aproveitar os interesses dele para propor que juntem o valor necessário e comprem o produto que ele quer.

Tenha cuidado para não relacionar lazer e consumo

Uma família com filhos costuma ter muitos gastos com saídas e presentes. Ao considerar isso, é importante lembrar que a criança não entende as coisas segundo o seu ponto de vista. Então, existe um risco dela relacionar os momentos prazerosos em família com o consumo.

Uma dica interessante para evitar esse tipo de relação é fazer programas gratuitos com seu filho. Isso pode ser feito com um piquenique na praça, um passeio no parque ou mesmo aproveitando shows e outras atrações gratuitas organizadas na sua cidade. Assim, ele percebe que é possível ter momentos divertidos sem consumir produtos.

Colocando essas dicas em prática, você vai colher bons frutos na educação financeira dos filhos. E, desta maneira, a vida familiar fica mais tranquila e é possível ter a certeza de estar preparando seu filho para os desafios da vida adulta. Atitudes como essa podem ajudar a mudar a realidade financeira dos brasileiros!

E então, as informações que trouxemos ajudaram você? Assine a newsletter do site e se mantenha sempre atualizado sobre finanças!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *