Ter controle das finanças é fundamental para evitar passar por períodos críticos e comprometer a qualidade de vida. Por isso, se proteger e desenvolver uma boa gestão financeira pessoal contribui para sobressair a qualquer dificuldade do caminho.

Embora os problemas no orçamento sejam comuns, devido a emergências ou gastos imprevistos, a gestão financeira pode evitar que eles piorem. Ela permite ter recursos disponíveis em casos de necessidade para arcar com os compromissos no tempo certo.

Para ajudar a entender melhor o assunto, neste artigo você verá o que é a gestão financeira pessoal, sua importância e como fazer para alcançar esse objetivo. Continue a leitura!

O que é e para que serve a gestão financeira pessoal?

A gestão financeira pessoal consiste em buscar o equilíbrio entre a renda mensal, as despesas, os compromissos e os sonhos. Ou seja, é uma forma de gerenciar as finanças e controlar os seus gastos e investimentos de acordo com suas possibilidades financeiras.

Para isso, é preciso desenvolver estratégias para gerenciar o quanto recebe, gasta e investe, de forma eficiente. Assim, você terá a oportunidade de buscar os objetivos pessoais com maior facilidade e sem comprometer o orçamento.

Dessa forma, a gestão serve para proporcionar saúde financeira e evitar que gastos acima do orçamento comprometam sua qualidade de vida. Por esse motivo, é considerada um fator essencial para a educação financeira e proporciona muitos benefícios para a vida de qualquer pessoa.

Qual a importância da gestão financeira pessoal?

A administração das finanças é um desafio para muitas pessoas. Entretanto, é essencial para manter a qualidade de vida e prospectar um futuro melhor. Um dos pontos que demonstra a relevância da gestão financeira é contribuir para manter a organização dos recursos.

Ao ter boas práticas de gestão, você pode direcionar o uso adequado do dinheiro e realizar mais projetos com a sua renda. Além disso, o hábito também ajuda a cumprir os compromissos em dia, evitando endividamento e pagamento de juros.

A gestão financeira pode ser útil, ainda, para modificar seus hábitos de consumo e tornar suas finanças mais sustentáveis. Com o tempo, torna-se mais fácil realizar investimentos e conquistar os seus sonhos e objetivos.

Qual os benefícios da gestão financeira pessoal?

Como você viu, o equilíbrio financeiro é importante por diversos motivos. Sendo assim, deve ser uma meta central para quem busca tranquilidade e um padrão de vida estável para toda a família.

Os principais benefícios da gestão financeira pessoal são:

  • facilita o alcance de objetivos;
  • auxilia a eliminar gastos desnecessários;
  • ajuda a construir a independência financeira;
  • evita o acúmulo de dívidas e juros;
  • melhora a pontuação score;
  • ajuda a ter recursos disponíveis para investir;
  • reduz o estresse causado pela crise nas finanças.

Como fazer uma gestão financeira pessoal?

A gestão financeira pessoal é um conceito abrangente e exige atenção para desenvolver hábitos de controle e mantê-los ao longo do tempo. Para isso, é preciso gerenciar o uso do dinheiro de maneira criteriosa, agindo de forma inteligente e programada.

Sendo assim, é fundamental observar alguns aspectos que são considerados pilares para a gestão financeira pessoal e auxiliam a atingir os objetivos. Isso ajudará você a aproveitar a sua renda, não deixar nenhum compromisso de lado e contar com recursos para compras e investimentos.

Saiba como desenvolver a sua gestão financeira pessoal!

Conheça as entradas e saídas mensais

O primeiro para é controlar as entradas e saídas. É muito importante saber o que você recebe e o que gasta. Esse controle mensal é imprescindível para entender precisamente para onde o seu dinheiro está indo e ter um balanço geral da sua situação financeira.

Isso pode ser feito no caderno, em uma planilha ou aplicativo. Basta relacionar todas as despesas e as fontes de renda. Depois, você pode calcular a receita líquida. É interessante manter o histórico para consultar, caso queira identificar uma informação.

Tenha objetivos

Toda gestão eficiente estabelece objetivos e metas para direcionar as ações e evitar hábitos que comprometem o planejamento. Nas finanças, ter objetivos definidos é determinante para manter foco e a motivação.

As metas ajudam a evitar gastos desnecessários, pois você estará focado em cumprir o que planejou. Assim, pode evitar gastos supérfluos e definir prioridades para realizar suas compras de forma inteligente e econômica.

Gaste menos do que ganha

A principal forma de alcançar a saúde financeira é gastar menos do que ganha. Pode parecer óbvio, mas é uma grande dificuldade para muitas pessoas. Portanto, conheça exatamente seu orçamento e evite, de todas as formas, extrapolar o que ganha periodicamente.

Faça uma reserva de emergência

Ainda que você gaste menos do que ganha, ficar muito próximo do orçamento deixa suas finanças vulneráveis. Afinal, qualquer imprevisto que impacte sua renda ou os seus gastos colocará o plano em risco.

Por isso, é importante estar preparado para imprevistos. A reserva de emergência tem esse intuito. Ela é uma reserva de recursos que ficam disponíveis para utilizar em casos emergenciais, evitando comprometer o seu orçamento mensal.

Conte com um aplicativo para organizar as finanças

O avanço tecnológico proporcionou benefícios importantes para a rotina, inclusive, para facilitar a gestão financeira pessoal. Sendo assim, utilizar um aplicativo contribui para ter facilidades e um controle intuitivo sobre o seu orçamento, evitando erros.

A dica é utilizar a plataforma BTG+, que oferece diversas funcionalidades para quem deseja cuidar do próprio dinheiro. Além da abertura de conta, o BTG proporciona ferramentas para acompanhar os gastos, saldos e gerir o portfólio de investimentos.

A plataforma BTG+ é completa e utiliza a inteligência artificial para melhorar a experiência de quem deseja ter uma boa gestão financeira. São facilidades importantes e ao alcance das mãos para gerenciar as finanças de maneira descomplicada, rápida, econômica e eficiente.

Como você pode perceber neste artigo, a gestão financeira pessoal é muito importante para preservar o orçamento e evitar complicações. Afinal, ter todos os compromissos em dia e ainda possibilidades para aumentar o patrimônio contribui para a comodidade da sua família.

Gostou do post? Se deseja ver conteúdos relevantes para melhorar a gestão financeira, não perca tempo e siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *