Analisar um índice de mercado é uma forma prática de saber como está a economia de um país. No Brasil, quem acompanha o Ibovespa (Índice Bovespa) fica sabendo o desempenho das maiores companhias brasileiras. Mas, e o Índice Nasdaq, você conhece?

O investidor que está habituado a ler notícias sobre a economia mundial, em algum momento, já deve visto sobre o Índice Nasdaq. Isso porque ele é um dos indicadores mais importantes do mercado americano, em conjunto com outros índices internacionais, como Dow Jones e o S&P 500.

Se você quer saber o que é, como funciona e qual a importância do Índice Nasdaq para a economia mundial, acompanhe a leitura deste post! Está pronto?

O que é o Índice Nasdaq?

A sigla Nasdaq representa a National Association of Securities Dealers Automated Quotations. Em tradução livre seria a Associação Nacional de Corretores de Títulos de Cotações Automáticas. A Nasdaq é uma das bolsas de valores estadunidenses, criada em 1971.

Um aspecto interessante sobre ela é que suas negociações sempre ocorreram de forma eletrônica. Ou seja, é uma bolsa de valores totalmente automatizada. Além disso, concentra, em sua grande maioria, ações de empresas de tecnologia.

Depois de conhecer a bolsa, você pode entender o que é o Índice Nasdaq. Ele é um indicador utilizado para determinar o desempenho das ações das empresas listadas na bolsa de valores de mesmo nome.

Portanto, é um indicador muito importante para o mercado, uma vez que serve como um reflexo do desempenho do setor de tecnologia norte-americano.

Como ele funciona?

O principal índice da Nasdaq – o Nasdaq Composite – é ponderado pela capitalização de mercado de mais de 2.500 ações de companhias. Ele também conta com ADRs (American Dopositary Receipts), REITs (fundos imobiliários) e outros investimentos que não sejam considerados derivativos.

Essa grande quantidade de ativos faz com que ele seja um dos maiores índices mundiais. Além disso, ele se diferencia de outros, ao redor do mundo, pelo fato de o índice não se limitar às empresas com sede nos Estados Unidos.

Mas, além dele, existem outros índices divulgados pela Nasdaq que também têm a sua importância. Saiba mais!

Nasdaq 100

O Índice Nasdaq 100 seria uma forma resumida do Índice Nasdaq Composite, já que limita o número de companhias a 100. Um dos principais fatores de escolha para a composição do Nasdaq 100 é o valor de mercado das empresas.

Nasdaq Transportation

O Índice Nasdaq Transportation é composto por companhias do segmento de logística. Isto é, que possuem sua atividade majoritária vinculada ao setor dos transportes. O número de companhias em sua carteira também se limita a 100.

Nasdaq Biotechnology

Por sua vez, o Índice Nasdaq Biotechnology reúne variadas empresas do setor da biotecnologia. Sua composição conta com mais de 250 negócios nesse segmento — um setor que ainda não é muito explorado no mercado brasileiro.

Nasdaq Financial 100

Por fim, o Índice Nasdaq Financial 100 é encarregado de indicar o desempenho dos 100 maiores títulos financeiros listados na Nasdaq. Esse índice inclui empresas do setor financeiro classificadas de acordo com o Industry Classification Benchmark.

Como o Índice Nasdaq é composto?

Como você já viu, o Índice Nasdaq Composite é composto por mais de 2.500 empresas, sendo que grande parte delas atuam no setor tecnológico e são líderes de mercado em seus segmentos.

Veja alguns exemplos:

  • Microsoft: reconhecida mundialmente pelo desenvolvimento do Windows;
  • Apple: notória pela produção de celulares, tablets e aparelhos eletrônicos;
  • Amazon: grande varejista no mercado mundial;
  • Facebook: a maior rede social do mundo;
  • Intel: conhecida no mundo inteiro pela produção de processadores e chipsets;
  • Cisco System: atua na produção de roteadores e desenvolvimento de redes;
  • Adobe: produtora de softwares de desenvolvimento gráfico, texto e edição de vídeos;
  • Nvidia: responsável pela produção de placas gráficas para PCs e vídeo games;
  • Netflix: detentora de um dos maiores serviços de streaming no planeta;
  • PayPal: famosa por ser pioneira nos pagamentos digitais.

Qual a sua importância para o mercado mundial?

O Índice Nasdaq reflete a cotação das ações que integram a Nasdaq – a segunda maior bolsa de valores dos Estados Unidos. Logo, seu desempenho ajuda a balizar a movimentação dos demais mercados mundiais.

Afinal, a economia dos EUA exerce influência em todo o mundo e o dólar é considerado a moeda mais forte. Ademais, o país é reconhecido pela força do setor de tecnologia — que, no Brasil, por exemplo, não está tão desenvolvido.

Com isso, a oscilação dos papéis das companhias representadas pelo Índice Nasdaq Composite serve como um termômetro da economia americana e mundial. Portanto, o investidor que o acompanha consegue ter uma base de como está o mercado de renda variável no mundo.

Como se expor ao mercado americano do Brasil?

Agora que você conhece o Índice Nasdaq, seu funcionamento e importância, talvez queira saber se é possível investir nele. Na verdade, os indicadores não são investimentos em si, mas há possibilidades para se expor a eles. E o melhor: sem sair do Brasil.

Realizar investimentos internacionais pode ser burocrático – já que é preciso enviar dinheiro para fora, lidar com taxas e corretoras estrangeiras etc. Mas na própria bolsa brasileira você encontra oportunidades de exposição internacional.

Nesse caso, basta você ter uma conta em um banco de investimentos que forneça um home broker ou uma plataforma para investir. Alguns exemplos de investimentos são ETFs (fundos de índice), BDRs (brazilian depositary receipt) e COE (certificado de operação estruturada).

Além disso, há fundos multimercados ou fundos internacionais que têm exposição a investimentos estrangeiros. Assim, é possível encontrar aqueles que investem em empresas que compõem o Índice Nasdaq.

Conseguiu compreender o Índice Nasdaq? Lembre-se de que ele é um indicador que representa ativos de renda variável. Logo, caso você queira se expor a esse índice, ainda que indiretamente, deve ter um perfil de investidor que aceite os riscos envolvidos.

Este conteúdo ajudou você? Deixe uma mensagem com dúvidas ou comentários!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *