Quem deseja entrar no mundo dos investimentos precisa saber organizar as finanças e ter consciência de planejamento. Para isso, é fundamental desenvolver a inteligência financeira. Você sabe o que é esse conceito? 

Ela é muito importante para quem deseja investir  ou até mesmo apenas se organizar financeiramente. Por isso, aprender mais sobre o assunto o ajudará em várias áreas, principalmente para conseguir a sonhada segurança financeira. 

A seguir você entenderá o que é inteligência financeira, como ela funciona e o que pode fazer para desenvolvê-la. Vamos lá? 

O que é inteligência financeira? 

Quando se fala em inteligência financeira, é comum pensar em ter mais dinheiro ou saber como ganhá-lo. Mas ela vai além: está ligada às formas pelas quais uma pessoa pode construir e administrar um patrimônio e buscar seus objetivos. 

É importante saber que criar riqueza não é uma prática exclusiva de quem possui grandes fortunas. É possível começar com pouco. Além disso, diversas atividades podem gerar valor. Por exemploseus ganhos salariais ou investimentos. 

Assim, a inteligência financeira diz respeito a práticas como: equilíbrio do orçamento, planejamento de objetivos, carteira de investimentos, administração do patrimônio etc. Trata-se da habilidade de aplicar os ganhos e controlar os gastos, pensando a médio e longo prazo. 

Dessa forma, quem a desenvolve consegue mais rentabilidade com o que possui. Ainda, a taxa de endividamento e eventuais problemas com pagamentos ou descumprimento de obrigações são menores. 

Os reflexos da inteligência financeira não se limitam ao seu patrimônio. Ela também é muito importante para a qualidade de vida. Afinal, com rendimentos melhores e menos dívidas, é possível ter mais tempo de lazer e tranquilidade ao pensar no futuro. 

Como ela funciona? 

Você já sabe o que é a inteligência financeira, mas como ela realmente funciona? Para desenvolvê-la e aplicá-la é fundamental entender algumas características e conceitos sobre o assunto. 

Primeiro você deve saber que algumas pessoas já têm essa inteligência mais desenvolvida, ao longo de sua história de vida. Isso não quer dizer que não é possível treiná-la e melhorar ainda mais a característica.  

Ao falar sobre o termo, Robert Kiyosaki, no livro Pai rico pai pobre, o dividiu em quatro habilidades. A primeira é a alfabetização financeira: a pessoa deve saber como entender números e lidar com dinheiro para que ele renda. 

Ela também deve conhecer estratégias de investimento e a importância de construir um patrimônio a partir dos rendimentos mensais. Isso significa produzir uma renda passiva, aquela que não vem diretamente do trabalho. 

Também é preciso conhecer o mercado. Somente assim é possível fazer investimentos aproveitando fatores importantes. Com mais conhecimento, também é viável arriscar mais, pois se tem embasamento para identificar oportunidades promissoras. 

Por fim, deve-se conhecer a legislaçãoPara o autor, é dessa forma que o indivíduo consegue fugir de negócios ilegais e armadilhas. Segundo ele, entender sobre tributação, procedimentos específicos e contabilidade é importante para a prosperidade financeira. 

Qual é a importância da inteligência financeira? 

Você provavelmente já percebeu que a inteligência financeira é muito relevante, certo? Mas ainda há diversos benefícios ligados a ela que trarão consequências para os mais variados aspectos da sua vida. 

O primeiro deles é a facilidade na administração dos seus bens. Isso acontece porque você será mais organizado e controlará melhor o dinheiro e os recursos. Com isso, saberá o que tem investido, o que está em caixa e quanto ainda pode utilizar. 

Outro benefício é a maior eficiência e produtividade do seu capital. Desenvolvendo a sua inteligência financeira, será mais fácil aportar os recursos de acordo com seus objetivosA assertividade vem do maior conhecimento do mercado, da identificação de oportunidades, da variedade da carteira etc. 

Uma questão importante sobre isso é a diminuição de gastos desnecessários. Quando as pessoas têm melhor conhecimento sobre investimentos e sobre como cuidar do dinheiro, o risco de desperdício é menor. 

Não é só no momento de investir que o conceito de inteligência financeira é importante. Ele traz benefícios em várias áreas. Você está em uma carreira em que não se sente bem, mas precisa do salário para se manterCom melhor gestão das finanças é possível buscar outras formas de renda e economias para planejar uma mudança de atividade. 

Como podemos ver, diversos benefícios surgem da educação financeira. Com ela você consegue investir melhor, fazer o seu dinheiro render mais e ter maior controle de gastosTudo se traduz também em qualidade de vida para você e sua família. 

Como desenvolver a inteligência financeira? 

Depois de saber tudo o que práticas financeiras saudáveis podem fazer na sua vida, é hora de entender como desenvolver a inteligência financeira. Acompanhe nossas dicas! 

Liste seus objetivos 

Definir e listar seus objetivos financeiros é uma das primeiras atitudes que devem ser tomadas. Afinal, ela ajuda a saber o quanto de dinheiro é necessário para realizar suas metas. Logo, influencia todas as suas decisões. 

Você quer ter uma poupança de emergência para se sentir mais seguro em imprevistos? Talvez ter uma renda como aposentadoria no futuro? Quer comprar uma casa em até 5 anos? Pense em todas as suas aspirações e sempre tenha as metas em mente ao utilizar o seu dinheiro. 

Faça um controle de orçamento 

Quais são os seus ganhos e gastos mensais em média? Saber responder isso e ter um controle apurado dos fatores é essencial. Somente assim é possível conhecer o quanto sobra por mês e o que você pode poupar. 

Além de documentar tais dados, é preciso ter domínio sobre eles. Veja quais são os gastos, quais deles não são necessários, o que pode ser diminuído ou excluído. Procure entender também como você pode ganhar mais para aumentar suas possibilidades. 

Conheça o mercado e os investimentos 

Quando se fala em guardar dinheiro, muitas pessoas logo se lembram da Poupança  a aplicação mais popular do Brasil. Apesar de ser um investimento comumexistem outros em que o seu capital pode render mais. 

Para decidir, é fundamental estudar o mercado e conhecer os tipos de investimentos, os riscos de cada umsuas rentabilidades etc. Estudando o tema você saberá como investir com inteligência e terá consciência de qual é o seu perfil de risco. 

Conseguiu entender o que é a inteligência financeira? Como você viu, conhecer o funcionamento dela saber como desenvolvê-la possibilita aplicar conceito no seu dia a dia. Então se torna viável colher bons resultados! 

Este conteúdo te ajudou? Aproveite para conferir o post com 8 motivos para montar sua reserva de emergência! 

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *