shadow

A Kroton Educacional solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), nesta semana, a abertura de capital da holding Saber Serviços Educacionais com o objetivo de realizar uma emissão de debêntures no mercado brasileiro. O lançamento de debêntures pela Kroton prevê a captação de recursos para financiar a aquisição da Somos Educação.

Em comunicado enviado ao mercado na última quinta-feira (14), a Kroton Educacional – a maior empresa privada do mundo do segmento de educação – confirmou a solicitação do registro de emissor de valores mobiliários categoria B (que permite a emissão de valores mobiliários, com exceção das ações) para a Saber. A holding Saber Serviços Educacionais concentra as operações de educação básica da companhia.

Segundo a empresa, o valor obtido com a emissão de dívidas da Saber seria utilizado para financiar a aquisição do controle da Somos Educação – anunciada em abril pela Kroton.

“O processo de abertura de capital da Saber se insere em um contexto de estruturação e sofisticação de governança corporativa para futura captação de dívida no mercado de capitais, os quais serão utilizados para financiar e concluir a mencionada aquisição do controle acionário da Somos, dentre outras”, explicou a Kroton.

Captação de recursos com emissão de debêntures

A empresa não deu detalhes relacionados ao volume de captação esperado com a emissão de debêntures da Saber. De acordo com o jornal Valor Econômico, no entanto, a previsão da Kroton é alcançar uma captação de R$ 5,5 bilhões.

A compra da Somos está avaliada em R$ 6,2 bilhões, e ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para ser concluída.

Na tarde desta quinta-feira (14), as ações da Kroton Educacional (KROT3) eram negociadas em leve queda de 0,20% na B3, a R$ 10,14.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

 

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *