O mercado de alimentos está cada vez mais exigente e competitivo. Afinal, à medida que novos conceitos de saúde, bem-estar e cuidado com o corpo se difundem, crescem também as expectativas por produtos que apresentem vantagens em suas condições de conservação e custo-benefício dos produtos diretamente na mesa do consumidor.

Nesse quesito, investir na conservação de mercadorias é uma prática imprescindível para evitar o desperdício de alimentos. Tanto para indústrias e distribuidoras que destinam itens às prateleiras e não desejam ter prejuízo, quanto também para o público em geral, que cada vez mais tem optado pelo consumo comidas frescas, com maior valor nutricional, prazo de validade prolongado e bom preço que lhe garanta equilíbrio financeiro.

A busca por otimizar tais resultados – e alargar o tempo de vida (shelf life, em tradução livre) de alimentos – tem recebido bastante atenção por parte das indústrias de alimentos e também do consumidor. Afinal, quanto melhor e mais enriquecido um produto for, maior será seu tempo de validade e, com isso, se economiza mais nos gastos com compras no supermercado.

Mas você sabe como gastar menos no super mercado apenas considerando o custo-benefício dos produtos? Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

O custo-benefício dos produtos nas prateleiras do mercado

De maneira geral, o que impacta no prazo de validade de um produto é seu modo de produção, tipo de ingredientes utilizados, condições de higiene, de iluminação, de temperatura, de armazenamento, tipo de embalagem destinada à sua comercialização. E, sobretudo, o uso de conservantes em sua receita, especialmente os perecíveis.

Até a década passada, o principal recurso para prolongar o prazo de validade de um alimento era a embalagem a vácuo. Entretanto, nos dias atuais, existem outras maneiras de fazer o item render mais. E aumentar o custo-benefício dos produtos.

Um exemplo disso é o uso de colágeno bovino como uma solução em potencial para fazer um produto de consumo render mais. E é bem possível que você jamais tenha se atentado ao uso do colágeno bovino nos produtos que você consome no dia a dia, não é mesmo?

Então, quando for ao supermercado, não vá com pressa. Observe atentamente o rótulo dos alimentos e suas informações nutricionais. Ao comprar carnes, derivados de leite, frutas, ovos, verduras e outros itens perecíveis, prefira os que contenham adição de colágeno: eles com certeza irão durar muito mais!

A princípio, você poderá até gastar um pouquinho mais. Mas, em um prazo de poucos meses, você já sentirá a diferença na quantidade de dinheiro economizado, especialmente se você têm o hábito de comprar produtos que acabam estragando e vão diretamente para o lixo.

Além de ter algo sempre fresco em sua geladeira, a compra de produtos com colágeno também vai lhe economizar tempo, não precisará ir a cada semana ao supermercado!

Os benefícios do colágeno

Dentre os principais benefícios do uso do colágeno bovino, merece destaque a redução da eliminação de água em produtos frescos e cozidos, o aumento do tempo de vida de produtos que se deterioravam facilmente nas prateleiras, a retenção ideal de gordura, a melhoria na textura e uma aparência mais natural aos produtos. Algo que as embalagens à vácuo não alcançaram com excelência.

E este não é o único grande trunfo do colágeno bovino. Além de conservar alimentos de forma orgânica, ele traz consigo outro segundo e importante benefício à saúde: oferece enriquecimento alimentar e mais qualidade de vida a quem o insere em sua dieta. Esta questão, inclusive, vai ao encontro da tendência mundial por uma alimentação saudável.

A boa notícia, para quem se pergunta qual será o impacto da sua comercialização para o bolso do consumidor, é que além de todos os seus benefícios, o colágeno é uma matéria-prima expressivamente barata. Isso porque ele pode ser retirado da ossada e dos tendões dos gados de corte, itens que antes iam para o lixo das indústrias.

Para o corpo humano, o colágeno possui alto valor funcional. Quando presente nos alimentos consumidos, ajuda a diminuir o envelhecimento de ossos, articulações e da pele, além de fortalecer a consistência e a elasticidade de outros tecidos.

Para atletas, oferece ainda outro diferencial: sua ingestão equilibrada durante as refeições colabora com o fortalecimento físico e diminui o risco de lesões, especialmente as causadas em atividades de alto rendimento e impacto.

Como economizar ainda mais ao comprar alimentos?

Analisar o custo-benefício dos produtos e, eventualmente, optar por aqueles que possuem colágeno, no entanto, não é a única forma de economizar no mercado.

A dica essencial para que você economize ao comprar alimentos é olhar sempre o prazo de validade dos produtos. Evite levar para casa itens que irão expirar em breve.

Se não der tempo de serem consumidos, você estará jogando seu dinheiro automaticamente no lixo. A exceção é para aqueles produtos mais baratos justamente por estarem próximo do vencimento (e que serão consumidos por você).

Além do mais, evite comer fora de casa. Isso até pode ser mais prático, mas é um hábito que acaba gerando mais gastos ao final do mês. Então, tente se organizar para cozinhar sua própria comida durante a semana. Se você não tiver a possibilidade de ir para casa na hora das refeições, faça marmitas para cada dia da semana e aqueça seus alimentos na hora de comer.

Portanto, para quem deseja desde já reduzir o desperdício, aumentar o tempo de vida dos produtos que possui em sua despensa ou geladeira e ter uma economia significativa a cada ida ao mercado, manter atenção aos produtos na hora de adquirí-los pode ser uma boa escolha!

E você, tem alguma dica para identificar o custo-benefício dos produtos no mercado e economizar no dia a dia? Compartilhe suas dicas conosco!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *