Você já ouviu falar em empresas scale-ups? Esse estilo de empreendimento é conhecido por ter um crescimento com base em um modelo de negócio escalável.

Scale-ups são, portanto, empresas que apresentam uma boa produtividade e bons resultados financeiros ao longo de um determinado período de tempo. Combinações estas que só contribuem para o crescimento saudável do negócio.

Estes negócios que conquistam sucesso na jornada empreendedora e alcançam um crescimento sustentável exercem um grande impacto na economia, especialmente estimulando o mercado de trabalho, com a criação de um grande número de vagas de emprego. Mas você sabe qual é o segredo do elevado crescimento das scale-ups?

Continue a leitura do artigo para entender o que são as scale-ups e como funcionam e descubra quais são as empresas que mais crescem no país.

Scale-ups: o que é?

Como já dissemos, as empresas scale-ups são aquelas que apresentam um alto crescimento anual. Esse crescimento precisa ser de, pelo menos 20% ao ano, e por três anos consecutivos.

Os resultados podem ser medidos por meio do número de funcionários ou da receita da empresa. E por falar em número de funcionários, uma organização só pode ser considerada scale-up se possuir um mínimo de 10 funcionários no primeiro ano de atividade.

Mas só um crescimento acelerado não coloca um empreendimento no patamar de scale-ups. É preciso que a evolução seja saudável, de acordo com um modelo de negócio sustentável e não sazonal.

Isso porque uma empresa que passe esporadicamente por um bom momento de vendas, muito provavelmente terá resultados positivos no final daquele ano. Mas isso não quer dizer que seu crescimento tem sido recorrente e saudável durante todo o processo.

Consideradas como um modelo mais maduro de startups, as scale-ups também são conhecidas por serem organizações que impactam positivamente a sociedade, especialmente pelos empregos que geram. Embora sejam bem comuns no ramo de tecnologia, essas empresas podem estar espalhadas por qualquer setor.

É importante ressaltar também que empresas scale-ups podem ser de qualquer tamanho. Aliás, curiosamente a maioria das empresas desse tipo são médias  ou pequenas. Embora

Scale-ups nem sempre são organizações novas, algumas inclusive já têm mais de 10 anos de atividade no mercado – fator importante para a identificação da estabilidade real do empreendimento.

Características das scale-ups no Brasil

O Brasil não é exatamente um grande celeiro de empresas scale-ups, embora essas empresas desenvolvam um papel fundamental na economia nacional. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), há, aproximadamente 35 mil scale-ups espalhadas pelo país, o que corresponde a menos de 1% do total de organizações do Brasil.

Ainda assim, esse 1% de empreendimentos foram responsáveis por mais de 3.3 milhões de novos empregos gerados no país nos últimos anos – cerca de 60% do total de vagas geradas no país. Também em números, as scale-ups dão responsáveis pela geração de R$ 250 bilhões para a economia nacional, o que corresponde a quase 5% do PIB (Produto Interno Bruto) total do Brasil.

Para descobrir mais informações sobre a atual situação dessas empresas no Brasil, a organização Endeavor Brasil realizou um estudo sobre o tema. O “Scale-ups no Brasil”, criado em parceria com a Neoway, empresa especialista em Big Data, analisou milhões de dados para criar um relatório especial de scale-up da Endeavor 2019.

Entre os principais dados do estudo que podemos destacar estão:

  • As scale-ups estão espalhadas por todo o Brasil, mas os maiores centros, como São Paulo e Rio de Janeiro, têm os maiores números absolutos de scale-ups;
  • Enquanto uma Scale-up contrata, em média, 31,3 novos funcionários por ano, a média das organizações restante é de apenas 0,34 funcionário;
  • O varejo e a construção civil representarem a maior parte das scale-ups, em número absolutos.
  • A média de idade de uma scale-up brasileira é de 14 anos e a maioria delas
  • (57,33%) são empresas com mais de uma década de vida;
  • Empreendedores com idade superior a 49 anos representam 43,9% do grupo de scale-ups;
  • 7,44% dos empreendedores no geral possuem menos de 28 anos e, entre o grupo de scale-ups, eles são apenas 5,5%

Empresas que mais cresceram no Brasil em 2019

Entre as empresas que mais cresceram nos últimos 5 anos no Brasil, boa parte já é considerada no patamar de scale-ups. E seguem como as empresas que mais crescem no Brasil em 2019.

Essas empresas procuram manter o ritmo de crescimento “a todo custo”, além de estarem em constante contato com os clientes para saberem quais melhorias podem ser agregadas em seus produtos e serviços. A inovação contínua é um dos pontos fundamentais dos empreendimentos scale-ups.

Confira algumas das empresas consideradas como as promissoras no país:

  • Cata Company (serviços de tecnologia da informação);
  • ContaAzul (serviços de tecnologia da informação);
  • Virtual Connection (serviços de tecnologia da informação);
  • Access (comércio);
  • Healthways Brasil (prestação de serviços a empresas);
  • Casa Nobre (construção e serviços da construção);
  • Grupo FX (higiene e limpeza);
  • Neger Telecom (serviços de telecomunicação);
  • Restaurante Madero (alimentos e bebidas);
  • Acesso Soluções de Pagamento (prestação de serviços).

Programas de aceleração para crescimento

Para quem deseja que seu negócio atinja o status de scale-ups, os chamados programas de aceleração voltados para empreendedores são iniciativas interessantes. Esses programas são impulsionados por diferentes organizações e iniciativas, como a Endeavor e o BoostLab, do BTG Pactual.

Tais programas de aceleração são sempre bem disputados e funcionam como um projeto a longo prazo no qual os empreendedores são acompanhados de perto por especialistas e líderes do mercado. O objetivo é fomentar uma nova geração de scale-ups que possa contribuir ainda mais com a economia nacional.

Lembre-se que para um empreendimento ter sucesso, é importante ter conhecimento do mercado o qual você está entrando – e nesse sentido, pesquisar é tudo. Portanto, se você deseja empreender e ter uma scale-up, uma boa pesquisa também ajuda a montar um plano de negócios estruturado e com potencial de alcançar os objetivos e metas propostos para o seu modelo de empresa.

Este conteúdo foi útil para você? Então compartilhe o artigo em suas redes sociais para que mais pessoas possam ler e se beneficiar do conteúdo.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *