Se você acompanhou por aqui o primeiro artigo da série do Blog de Valor sobre networking, então já sabe a importância e o diferencial que ele pode trazer à sua vida profissional. Mas saber fazer networking é uma arte sutil que precisa ser aprimorada a todo tempo.

Afinal de contas, aprender a se relacionar com os outros é sempre útil – inclusive longe dos trâmites corporativos. Quando o assunto é fazer networking, no entanto, algumas pequenas atitudes podem criar um caminho certeiro para o seu sucesso profissional.

Se você deseja aprender a fazer networking, descobrir como ampliar sua rede de contatos ou apenas se certificar de estar no caminho certo, vale a pena continuar a leitura desse artigo. Confira a seguir algumas dicas para fazer networking corretamente e dê um upgrade na sua carreira!

1. Conheça pessoas

O primeiro passo – óbvio e essencial –  é conhecer pessoas. Faça um esforço, saia de casa, vá a eventos do seu interesse e, se lhe interessar, de sua área de atuação.

Se você deseja manter a sua rotina intacta – fazendo as mesmas coisas e indo aos mesmos lugares a todo o momento, saiba que também é possível começar a fazer networking a partir do seu dia a dia. Neste caso, faça um esforço para puxar assunto com pessoas desconhecidas e busque interagir sempre que possível. Você pode se surpreender com os resultados!

Participar de comunidades ou grupos online também pode ser uma opção para ampliar a rede de contatos – sobretudo para aqueles mais tímidos.

2. Ative os contatos

Se você teve a oportunidade de conhecer pessoas em algum evento ou situação, trocou cartões ou mesmo adicionou alguém novo nas redes sociais, agora é sempre hora de fazer contato. Você pode enviar um e-mail ou uma mensagem solícita, para que o contato não seja esquecido e você não se torne mais um número em uma imensa lista de telefones ou e-mails.

Lembre-se que contatos desativados ou esquecidos dificilmente são úteis para quem deseja fazer networking corretamente e ter uma rede de contatos ampla e eficiente.

3. Reconecte-se com conhecidos

Uma outra maneira de ter bons contatos sempre á disposição é reencontrar pessoas com as quais você já teve contato. Sabe aquele colega que estudou com você há vinte anos ou aquele colega do seu trabalho antigo, com os quais você acabou perdendo contato?

Voltar a se conectar pode ser uma forma eficiente de retomar amizades, saber mais sobre as pessoas e abrir portas para novas oportunidades – inclusive de negócios.

Em muitos casos, se reconectar com quem já se conhece pode ser mais fácil do que estabelecer novos vínculos.

4. Tenha uma ideia definida do seu caminho

Na hora de conversar com os contatos, é bom ter uma ideia clara sobre o que você faz atualmente, qual a importância do seu trabalho, ou mesmo o que você quer fazer – como no caso de pessoas que pretendem mudar de carreira ou de emprego.

Não dê respostas vagas, tenha clareza sobre a sua carreira e estabeleça um caminho a ser seguido. Afinal, se você não souber para onde quer ir, como os outros poderão te ajudar?

5. Seja agradável

Na hora de fazer networking, mais importante do que a sua dedicação e capacidade no trabalho é a sua forma de lidar com os outros seres humanos. Ser uma pessoa agradável, generosa e interessada pode ser muito mais eficiente do que demonstrar conhecimento, posição ou sucesso.

Este é o momento de desenvolver sua inteligência emocional. Pense em seu networking não como negócio, mas como relacionamento.

6. Não trate o networking como uma via de mão única

É sempre bom lembrar que desenvolver a inteligência emocional é uma chave importante para o sucesso em todas as áreas de sua vida. Quem acredita que o networking é a forma de fazer contatos para beneficiar a si mesmo – e acaba entrando em uma espiral de usar os outros como ferramenta para suas necessidades – pode acabar frustrado.

O networking é uma rede de contatos de auxílio mútuo. Não é agradável perceber que uma pessoa só procura você porque está sem emprego e quer sua ajuda. Da mesma forma, não é interessante ter contato com uma pessoa que só pede favores ou se foca demais em si mesma, mas tem pouco a oferecer aos demais.

Seja um polo energético que atraia os demais e os faça querer ficar. A melhor forma de fazer isso é demonstrando abertura para dar e receber. Somente desta forma você conseguirá fazer networking corretamente e ter uma rede de contatos útil e eficiente para todos os envolvidos!

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *