Manter a inteligência emocional em equilíbrio é essencial para a vida de qualquer pessoa. No âmbito profissional, contudo, este equilíbrio é ainda mais importante – uma vez que, neste ambiente, estamos lidando diariamente com atitudes e escolhas relacionadas a nós mesmos, à nossa equipe de trabalho e aos nossos clientes.

Apesar disso, não são todos os profissionais que conseguem manter uma boa inteligência emocional no trabalho – o que pode acarretar em distúrbios e conflitos que, em algum momento, podem atrapalhar – e muito – sua vida profissional.

Quer saber como lidar com os desafios profissionais do dia a dia de forma mais equilibrada e a utilizar – de maneira saudável –  a inteligência emocional ao seu favor no ambiente de trabalho? Então continue lendo o artigo de hoje!

A inteligência emocional

O termo inteligência emocional foi definido pelo psicólogo americano Daniel Goleman – considerado o “pai da inteligência emocional” – e trata da capacidade que as pessoas têm de identificar e lidar com o lado emocional. Segundo ele, mesmo quem não possui esta capacidade muito acentuada pode aprender a desenvolvê-la, por meio da prática no dia a dia.

A inteligência emocional, quando desenvolvida, abrange a compreensão dos seus próprios sentimentos, o entendimento relacionado ao que ocasiona cada um destes sentimentos e a tarefa de saber lidar com todos estes sentimentos. Entender os sentimentos das outras pessoas e ter empatia pelos outros também faz parte da construção e uso da inteligência emocional.

A inteligência emocional no trabalho

Esta  capacidade de identificar e trabalhar o lado emocional é essencial para todas as áreas de vida; no âmbito profissional não é diferente. Quanto maior for seu domínio sobre seus sentimentos e sua compreensão em relação a eles, mais suas relações com os demais tendem a se tornar mais saudáveis.

Isso traz uma melhora significativa no seu dia a dia no ambiente de trabalho e evita uma série de transtornos, que costumam ocorrer com facilidade entre aqueles que não se atentam à importância de desenvolver a inteligência emocional.

Situações de estresse, frustração, angústia e ansiedade, por exemplo, podem ser atenuadas – e até combatidas, evitando situações de desgaste com um colega de profissão, discussões infundadas e até mesmo questões internas e particulares, que frequentemente  costumam nos levar à autossabotagem. E isso vale tanto para quem ocupa um cargo de liderança quanto para qualquer outro profissional.

Se você tem dificuldades em manter ou identificar o uso da inteligência emocional no seu dia a dia, saiba que existem algumas maneiras de acelerar este processo – levando você a encontrar um equilíbrio maior nas suas emoções, impactando diretamente suas ações no ambiente corporativo e também fora dele.

Confira a seguir algumas formas práticas de conhecer melhor a si mesmo e aplicar a inteligência emocional no seu dia a dia – seja no ambiente corporativo ou fora dele:

Conhecendo seus pontos fortes e fracos

Desenvolver sua inteligência emocional é também ter clareza a respeito dos seus pontos fortes e fracos. Reconhecer o que precisa ser melhorado é o primeiro passo para o desenvolvimento da inteligência emocional e manutenção de um dia a dia muito mais equilibrado.

Aprendendo a ouvir e ter empatia

Utilize a sua inteligência emocional para conseguir se comunicar melhor com as pessoas e ter empatia. Isso significa entender as necessidades dos demais e conseguir ouvir o outro lado – ainda que você discorde.

Coloque-se no lugar de um colega de trabalho que está com alguma dificuldade na execução de determinada tarefa e ofereça sua ajuda, quando for o caso. Caso você exerça uma função de liderança, procure manter a empatia para com seus liderados e ganhe o respeito de cada um deles sabendo utilizar sua inteligência emocional.

Com esta maleabilidade, é mais fácil conseguir tomar as melhores decisões em qualquer situação e construir um ambiente muito mais saudável de trabalho.

Organizando seu tempo

Com a sua inteligência emocional, também é mais fácil ter mais controle sobre suas atividades e seu tempo. Se você leva muito tempo para realizar uma tarefa ou se leva muito serviço para casa, por exemplo, talvez seja o momento de organizar seu tempo e melhorar a qualidade do seu dia a dia.

Na hora de organizar seu trabalho, ter maior controle sobre suas atividades e ser mais produtivo, a inteligência emocional pode ser uma grande aliada. Entender seus sentimentos e permitir-se compreender as razões da desorganização do seu dia a dia pode ser fundamental para alcançar as mudanças que você almeja e conquistar uma vida mais equilibrada – seja ela profissional ou pessoal.

O desenvolvimento da sua inteligência emocional só trará benefícios para todas as áreas da sua vida, incluindo no ambiente trabalho. Por isso, nada de se desesperar: em momentos de dificuldade, respire, analise, permita-se compreender seus sentimentos e coloque tudo em seus devidos lugares. Apostar no equilíbrio e na inteligência na tomada de decisões no seu dia a dia só lhe trará benefícios!

E você, costuma dar o devido valor à inteligência emocional no ambiente corporativo e no seu dia a dia de maneira geral? Deixe seu comentário!

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *