Ao contrário do que algumas pessoas pensam quando abrem seu próprio negócio, empreender não é uma tarefa simples. A dificuldade para colocar expectativas realistas faz com que seja comum novos empresários se sentirem perdidos e frustrados no começo.

Entretanto, existem estratégias para lidar com isso e encarar a vida de gestor com mais tranquilidade. Para ajudar você a administrar as adversidades do dia a dia e evitar problemas, elencamos 7 lições para empreendedor.

Confira quais são os ensinamentos dos quais você não pode abrir mão!

1. É importante aprender a empreender

Embora se fale bastante sobre o “perfil de empreendedor”, a primeira informação que você precisa ter é que esse perfil não é apenas inato. Ou seja, as pessoas não nascem sendo ou não empreendedores naturais.

Existem aqueles que têm um faro mais apurado para o negócio, é verdade. Mas mesmo esses precisam aprender conteúdos essenciais se querem ter sucesso no empreendedorismo. E quem sente que não tem o perfil ideal, mas deseja empreender, também pode aprender e desenvolver as capacidades essenciais para isso.

Então, reconheça a necessidade de pesquisar e estudar os assuntos ligados à sua empreitada como dono de uma empresa. Além de dominar o serviço ou o produto que você oferece, é fundamental ter noções de administração, finanças, marketing, gestão de pessoas, etc.

Lembre-se que existem diversas pessoas que já superaram os desafios que você está vivendo ou pode vir a viver. Logo, é possível contar com as experiências delas para saber que ferramentas e estratégias vão lhe ajudar.

2. O networking é fundamental

Ninguém empreende sozinho. Além de possíveis sócios ou funcionários, você precisa construir um networking com outros profissionais e empreendedores. Além de, claro, construir relacionamentos de confiança com seus clientes.

Com isso, o conceito de networking ganha especial importância para um empreendedor, principalmente no início do negócio. Isso porque você representa a sua empresa — a identidade do empreendimento é a sua.

Por isso, ser visto pelas outras pessoas e compartilhar experiências com elas é essencial para o crescimento da sua ideia. Uma ideia interessante é participar de eventos. Neles, você pode conhecer diversas pessoas que agreguem valor à sua rede de contatos.

3. Você vai cometer erros

Ninguém quer pensar no fracasso, ainda mais quando se está começando uma empresa. Entretanto, é um fato inquestionável: todo empreendedor comete erros.

Se você pensar agora rapidamente em quem são seus maiores exemplos de empreendedorismo, vai perceber que eles também passaram por isso.

Aliás, na maioria dos casos, os erros são os responsáveis pelo sucesso de uma empresa. Afinal, eles têm muito a ensinar. Vale a pena conhecer as histórias de fracasso de grandes empresários para aprender o que eles fizeram de diferente depois do erro.

Esteja pronto para aprender também com as suas falhas — e não se desespere com elas. Um negócio funciona pela lógica da tentativa e erro em diversos momentos. Você experimenta, vê o que dá certo ou não e a partir disso corrige rotas e desenvolve estratégias mais eficientes.

4. É preciso conhecer seu mercado

Um empreendimento, qualquer que seja ele, existe para oferecer soluções para necessidades e problemas do mercado consumidor. Portanto, conhecer e analisar esse mercado é absolutamente indispensável.

Muitas empresas de sucesso baseiam o lançamento de novos produtos ou serviços em uma criteriosa análise de mercado. Assim, elas acabam “vendendo” o lançamento antes dele existir de fato. Em outras palavras, elas avaliam se ele vai ser aceito e apresentar boas possibilidades de lucro.

Pense por esse lado: sua empresa só existe enquanto existirem clientes para ela. Então, estar em um relacionamento próximo com esse mercado consumidor oferece as informações que você precisa para se manter no negócio.

5. Empreendedor não trabalha menos

Abrir uma empresa é um investimento, mas se o seu objetivo é desacelerar sua vida talvez essa não seja a melhor opção. Um cenário perfeito, em que você apenas investe no negócio e ele funciona sozinho, não existe na maioria dos casos.

Pelo contrário, empreendedores, principalmente os iniciantes, costumam trabalhar muito mais do que funcionários de uma empresa. Além de realizar as atividades no local de trabalho, você leva o negócio para casa. Afinal, todos os problemas dele precisam da sua intervenção.

Com o passar dos anos, a empresa vai amadurecendo e o empreendedor consegue delegar as tarefas e descansar mais. Entretanto, até isso acontecer existe muito trabalho e excesso de carga horária. Então, esteja preparado.

6. Ser apaixonado é um diferencial

A necessidade de estar motivado para o trabalho é outra das mais importantes lições para empreendedor. Empresários inteligentes e com boa análise de mercado podem ganhar dinheiro em qualquer área, mas existe um diferencial quando se faz o que gosta.

A paixão por seu campo de trabalho gera maior intimidado com o negócio e facilidade na hora de encarar os desafios. Geralmente, esse interesse também passa para os parceiros comerciais e os clientes — aumentando a motivação deles também.

Então, se você está decidindo em que área abrir uma empresa, pense sobre as atividades que você mais gosta de realizar. E se você já tem um negócio, exercite a paixão pelo que faz e pelo próprio ato de empreender. Isso faz diferença!

7. Gerenciar não é apenas um trabalho técnico

Muitos empreendedores são sensacionais na atividade técnica que realizam, mas não conseguem gerenciar um negócio com eficiência. Por que isso acontece? Porque a função de gestor ou líder vai muito além dos conhecimentos técnicos.

Uma pessoa da área de TI, por exemplo, pode dominar tudo o que precisa para oferecer o serviço para os clientes. Entretanto, é preciso aprender também a se relacionar com essas pessoas. Além de gerenciar a rotina de trabalho e os funcionários.

Por isso, uma grande lição que você deve aprender é que a eficiência técnica não é suficiente para ter sucesso como empreendedor. Capacidades pessoais e sociais também são muito exigidas nesse trabalho.

Ao aprender essas 7 lições para empreendedor, você estará muito mais preparado para driblar as dificuldades e obter sucesso. Pode não ser simples administrar o próprio negócio, mas traz diversos resultados positivos — não só financeiros ou profissionais (também é possível crescer muito na vida pessoal).

Este post foi útil para o seu trabalho? Aproveite para conhecer as tendências para o empreendedorismo em 2020!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *