Você já ouviu falar em mid caps? As ações mid caps são menos comentadas no âmbito do mercado financeiro na comparação com as blue chips e as small caps. Contudo, elas podem ser interessantes para os investidores diversificarem suas carteiras de investimentos.

A princípio, investir em médias empresas (como as mid caps) pode não parecer atrativo. Afinal, muitos focam nas grandes companhias buscando solidez e maior segurança, enquanto que, aqueles que se arriscam mais, apostam em empresas menores listadas na bolsa. As mid caps, no entanto, podem conter elementos das duas outras alternativas.

Confira a leitura do artigo para conhecer as mid caps e veja por que pode valer a pena conhecê-las na hora de investir.

O que são mid caps?

As ações mid caps, também chamadas de middle caps, são papéis de empresas que possuem nível médio de capitalização. Em outras palavras, as mid caps são pessoas jurídicas que possuem um valor de mercado intermediário dentre aquelas listadas na bolsa de valores.

Assim, uma mid cap é uma companhia de capital aberto que tem um valor de mercado grande demais para ser considerada uma small caps e pequeno demais para ser uma blue chip.

Quais os requisitos para uma empresa ser considerada mid cap?

Não há uma unanimidade em relação à faixa de valor para classificar um negócio como mid cap. No Brasil, é comum que as mid caps tenham um valor de mercado entre 2 bilhões e 10 bilhões de dólares.

Vale destacar, no entanto, que as mid caps não estão diretamente relacionadas ao índice Ibovespa (embora algumas mid caps possam compor a carteira teórica do índice). Assim, normalmente, elas não têm relação tão direta com a cotação do índice.

Isso significa que é possível, por exemplo, que o índice Ibovespa recue, enquanto as mid aps estejam em alta.

Qual a diferença entre mid caps, small caps e blue chips?

Os termos small caps e blue chips acabam sendo mais comuns de serem ouvidos no mercado. Então, se as mid caps são os negócios de médio porte listadas na bolsa e com média capitalização, o que seriam as small caps e as blue chips?

As small caps, como o nome sugere, são as ações de empresas que apresentam um baixo valor de capitalização no mercado. E possuem baixa liquidez. Ou seja, empresas cujas ações são consideradas small caps têm um valor de mercado menor que das médias companhias, além de menor liquidez.

Os requisitos para descrever uma small cap também pode variar. Entretanto, de forma geral, podem ser consideradas pequenos empreendimentos aqueles listados em bolsa com valor de mercado entre U$300 milhões e U$2 bilhões.

As blue chips, também conhecidas como large caps ou big caps, são as ações das grandes organizações. São aquelas com um forte nome no mercado, um negócio consolidado, grande valor de mercado e alta capitalização.

Muitas são grandes marcas no cenário nacional e podem até ser multinacionais. Elas costumam apresentar liquidez bastante superior na comparação com outras ações.

Na classificação de blue chips, entram grandes companhias do Brasil e do mundo, como: Ambev, Vale, Petrobras, Bradesco, Banco do Brasil.Coca Cola, Walmart, Johnson & Johnson, entre outras.

Quais as vantagens das mid caps?

Existem algumas vantagens das mid caps em comparação com outras alternativas do mercado. Confira abaixo:

1. Podem ter bom potencial de crescimento

Como possuem média capitalização, o mercado, de forma geral, espera que essas empresas tenham uma boa performance, principalmente em questões relacionadas ao aumento dos lucros, crescimento empresarial e market share.

Isso porque, ao contrário das grandes organizações (blue chips), as middle caps ainda têm um certo potencial de valorização e crescimento, inclusive quando comparadas às small caps.

2. Costumam chamar pouca atenção

Muito se ouve falar nas blue chips e small caps, e poucos se atentam às mid caps. Assim, existe a possibilidade de encontrar boas oportunidades no mercado e fazer investimentos com boas chances de trazer retornos positivos no futuro.

Portanto, vale a pena ficar atento a eventuais oportunidades que possam surgir quando o assunto são as mid caps negociadas na bolsa de valores.

Quais as desvantagens das mid caps?

Por outro lado, há dois aspectos que precisam ser considerados e que podem ser vistos como desvantagens das mid caps. Entenda a seguir

1. Menos informações

Infelizmente, pode ser mais difícil encontrar informações de algumas mid caps se comparado com as empresas blue chips. Mesmo que seja obrigatório às empresas listadas oferecer informações sobre o negócio aos seus investidores.

Assim, pode ser mais complicado fazer uma análise de fundamentos eficiente de determinadas companhias mid caps.

2. Maiores riscos

Empresas mid caps costumam oferecer riscos um pouco maiores aos seus investidores na comparação com as blue chips. Afinal, estas são, normalmente, empresas que estão em processo de crescimento e consolidação no mercado.

Por isso, é preciso avaliar os riscos antes de escolher investir ou não em ações mid caps.

Quais exemplos de empresas mid caps da bolsa de valores?

Existem diversas mid caps disponíveis na bolsa brasileira. Conheça abaixo algumas delas:

  • MRV: construtora de casas e apartamentos;
  • Raia Drogasil: rede de farmácias;
  • Natura: empresa de cosméticos;
  • Embraer: fabricante de aviões;
  • WEG: fabricante de motores elétricos.

Como investir em mid caps?

É possível investir em mid caps de algumas maneiras diferentes. A primeira delas é escolhendo as ações uma a uma, com base em uma análise de fundamentos de cada negócio. Contudo, muitos investidores podem optar por alternativas mais simples.

Assim, você também pode optar por investir em ETFs que tenham como referência o índice MidLarge Cap (MLCX), como o mILA11. Este é um índice que agrupa blue chips e mid caps listadas na B3.

Quando vale a pena investir em mid caps?

As mid caps costumam ter boa liquidez no mercado e podem ser boas alternativas para quem deseja construir uma carteira de ações diversificada. Assim, você dilui melhor os riscos, mas também tem oportunidades de obter melhores rendimentos.

Contudo, antes de fazer suas escolhas, entenda que é essencial analisar seus objetivos financeiros e o seu perfil de investidor para saber se esse tipo de investimento é adequado ao que você almeja.

Gostou de saber sobre as mid caps? Então continue aprimorando seus conhecimentos sobre investimento em ações! Confira agora se vale a pena fazer operações de Day Trade na bolsa de valores!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *