Estimular a prática de ações assertivas é um dos grandes desafios dos gestores. Num primeiro momento, é necessário avaliar o ambiente corporativo e traçar estratégias capazes de engajar a equipe, fortalecendo a sede pela resolução de problemas. Uma forma de auxiliar nesta demanda sem torná-la extremamente estressante é aplicar a gamificação.

Se você acredita que empresas que usam gamificação são as empresas relacionadas ao segmento dos games, está enganado. Apesar da proximidade do termo, o conceito de gamificação vai muito além e também está focado na gestão empresarial.

Em nosso artigo de hoje vamos desmistificar o que é gamificação e como essa ferramenta pode ajudar o seu negócio a prosperar. Pegue papel e caneta, aprenda e reflita junto conosco. Boa leitura!

Afinal, o que é gamificação?

Vinda do inglês “gamification”, a palavra gamificação refere-se ao uso das mesmas estratégias vivenciadas em jogos, mas no dia a dia da empresa. Também há o uso de algumas técnicas abordadas pela psicologia.

Visualizando o cenário dos jogos: para conquistar o objetivo final que é ultrapassar determinada fase, o jogador deve vencer alguns obstáculos, certo? Para tanto, o uso de estratégias e técnicas bem elaboradas é crucial para a conquista do resultado final.

Trazendo para a realidade corporativa: toda empresa possui inúmeros desafios que devem ser vencidos. Desde os mais burocráticos aos mais criativos.

Na inserção da gamificação empresarial, o foco é utilizar os conceitos dos games, afim de estimular determinados comportamentos, competências e habilidades capazes de facilitar a resolução de problemas. Ou seja, é buscar resultados positivos através do engajamento dos funcionários.

A gamificação também está atrelada à ludicidade. O ponto central da técnica é transformar tarefas entediantes e estressantes em ações mais leves e prazerosas ao time!

Benefícios da gamificação empresarial

Além de motivar os colaboradores da empresa, a gamificação atua profundamente em outras áreas. É muito comum que escolas utilizem a gamificação através do uso de jogos e aplicativos que, através de determinadas ações, facilitem o processo de aprendizagem.

No âmbito empresarial, a gamificação é comumente aplicada em processos que exigem altos níveis de imersão, promovendo foco e interesse dos colaboradores.

Apesar de ser uma ferramenta desafiadora, os gestores devem atentar-se ao grau de dificuldade destes desafios: se você propuser desafios com alto grau de dificuldade, há a possibilidade de os “jogadores” sentirem a força desta dificuldade e acabar se desestimulando. Por isso, mantenha o grau de complexidade um tanto quanto confortável.

A gamificação, quando corretamente aplicada, explora alguns sentimentos e ações capazes de elevar a motivação, nível de entrega e produtividade do colaborador. E se formos parar para analisar, realmente é o mesmo conceito de um jogo: se o jogador não se sente desafiado e animado, a dinâmica perde todo o sentido.

Gamificação no dia a dia

Vamos conhecer alguns dos principais benefícios para as empresas que usam gamificação em sua rotina?

  • Com o uso de recompensas, a motivação é maior: quando há recompensas, a sede por vitória é visível. Além da vitória, os colaboradores tendem a elevar sua produtividade e atingir níveis mais elevados de execução. Bonificações reais, que de alguma forma são esperadas pela equipe, são boas pedidas para a aplicação da gamificação
  • É possível observar e avaliar o desempenho individual: a gamificação possibilita total acompanhamento dos colaboradores dentro do processo. Ao observar suas atitudes, é possível decifrar as dificuldades de cada um. Consequentemente, permite uma atenção atenção individualizada
  • Não exige grandes investimentos em materiais didáticos: enquanto antigamente o uso de manuais impressos eram o melhor caminho para compartilhar conteúdos em treinamentos, hoje o acesso é todo digital. A gamificação foca no uso de ferramentas online, capazes de disponibilizar o conteúdo a todo momento, através de qualquer dispositivo
  • Promove competições acirradas, porém saudáveis: visando maior estímulo ao jogador, é interessante utilizar placares que classifiquem o desempenho dos colaboradores. Tenha certeza que a disputa ficará ainda mais competitiva em prol dos melhores resultados.

Como aplicar a gamificação no seu negócio

Uma boa estratégia de gamificação deve conter elementos específicos – alguns deles comuns a outras técnicas, como vendas e inbound marketing. Sendo utilizados corretamente e em conjunto, envolvem por inteiro o colaborador e elevam o interesse na resolução dos problemas e demais tarefas.

Você pode utilizar a gamificação em inúmeros processos, nos mais diversos departamentos. Listamos a seguir alguns exemplos de gamificação e em quais situações ela pode se tornar uma boa ferramenta:

Integração de novos colaboradores, o Onboarding

Independentemente da dimensão do seu negócio, você precisa criar estratégias focadas da recepção de novos colaboradores. Na grande maioria das vezes, estes funcionários vêm de outras empresas que, por sua vez, possuem rotinas, processos de realidades diferentes.

Uma boa forma de facilitar esse processo de integração é utilizando a gamificação. Além de facilitar a compreensão da nova realidade profissional, a gamificação permite maior engajamento do novo colaborador junto aos funcionários já presente. Há também o entendimento sobre os desejos, obstáculos e missões da nova empresa.

Participação ativa em campanhas internas

Se seu time possui certo receio em participar de campanhas internas, principalmente das que envolvem os demais departamentos, a gamificação pode ser um bom fator motivador.

Ao utilizar a metodologia, o gestor promove a troca de experiências entre os colaboradores e departamentos. Essa troca possibilita a valorização do relacionamento interpessoal, o qual tem papel fundamental no sucesso da empresa.

Treinamentos na área de vendas

Sua empresa precisa treinar colaboradores do time de vendas? Então a gamificação é a metodologia ideal! Ao treinar os seus funcionários utilizando conceitos mais lúdicos, fica mais simples refletir e memorizar as técnicas de vendas e estratégias que devem ser utilizadas por ele.

Como a gamificação permite treinamentos mais divertidos e prazerosos, as chances do colaborador manter o foco nas técnicas e demais informações do treinamento é ainda maior. Consequentemente, haverá facilidade na aplicação das estratégias junto ao cliente, resultando em mais vendas.

Saindo dos jogos e unindo-se às estratégias da sua empresa, a gamificação pode auxiliar (e muito) no crescimento do seu negócio. Com estímulo e motivação para a execução de tarefas, o nível de desempenho tende a aumentar – o que pode se relacionar diretamente com elevação das vendas, maior número de contratos fechados, dentre outros.

Portanto, se você não utiliza a gamificação em sua empresa, talvez seja o momento de pensar nesta estratégia e adotá-la no dia a dia da companhia.

E então, gostou do artigo? Conseguiu compreender o que é gamificação e seu uso como ferramenta de gestão? Então continue acompanhando nossos conteúdos no portal. Trabalhe pelo crescimento do seu negócio!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *