Com todas as exigências e responsabilidades para se administrar uma família, sabemos o quanto pode ser difícil encontrar tempo para controlar o orçamento doméstico e fazer o dinheiro render da melhor forma possível.

Hoje, no entanto, falaremos das temíveis contas de celular. Se você não controlá-las de perto e da maneira correta, esses gastos que, aparentemente são pequenos, terão muito mais chances de se tornarem um grande problema no orçamento familiar.

E, mesmo que o celular seja praticamente uma necessidade básica nos dias de hoje, isso não significa que você vai ter que pagar uma fortuna para que todos os membros da família tenham acesso a esse serviço.

Neste artigo, vamos mostrar a você que existem algumas maneiras bem práticas (e fáceis) para controlar as contas de celular sem sacrificar a qualidade do serviço. Continue a leitura e confira 6 dicas preciosas para ajudar você a controlar as contas de celular da sua família!

1. Pague somente pelo que é necessário

Você pode estar pagando um valor alto em um plano totalmente ilimitado, mas isso é realmente necessário?

Claro que todos nós queremos dados de internet em quantidade suficiente, já que praticamente vivemos online. Mas você já parou para verificar quanto de internet cada membro da família realmente usa por mês? E quais os objetivos e necessidades de cada um?

Em um primeiro momento, essas ofertas cheias de benefícios até podem parecer vantajosas mas, na prática, elas só seriam econômicas se você consumisse todos os minutos e dados disponibilizados. Ou seja, se eles realmente forem úteis às suas demandas.

Com a disponibilidade do Wi-Fi em casa, na escola, no trabalho e na maioria dos lugares que frequentamos diariamente, podemos não estar usando tantos dados móveis quanto pensamos. Então, para evitar gastos desnecessários, contrate apenas o que a sua família realmente utiliza, caso contrário, o barato vai sair muito caro no final do mês.

Para ter uma ideia do consumo da sua família, examine suas faturas mais recentes: os resultados poderão surpreendê-lo. Se esse for o caso, confira os planos que oferecem menos funcionalidades por mês. Esses planos provavelmente custarão menos e lhe ajudarão a poupar um bom dinheiro.

2. Compare preços de diferentes operadoras

Uma boa forma de controlar as contas de celular da sua família é comparar o serviço utilizado com o serviço oferecido em empresas de telefonia concorrentes. Portanto, pesquise bastante sobre os planos que estão disponíveis na sua cidade e quais as vantagens de cada um.

Vale a pena entrar em sites, redes sociais e pedir descontos. Afinal, quanto mais informações e ofertas você conseguir, melhor será sua escolha e, consequentemente, sua economia!

Também vale entrar em contato com amigos, parentes e com pessoas das suas redes sociais para saber como está sendo ou como foi a experiência delas com cada operadora. Ter informações sobre a experiência de outras usuários pode fazer a diferença na hora da escolha.

3. Cuidado com os serviços extras

Foi-se o tempo em que o celular era usado apenas para ligações. Com a crescente oferta de serviços de diferentes operadoras, alguns planos contam hoje com espaço de armazenamento em nuvem, serviços de backup, plataformas de vídeo e música com conteúdo exclusivo, entre outros. Estes extras podem ser uma grande tentação.

As possibilidades são infinitas e, provavelmente, podem estar incorporadas no seu plano atual. Mas você e os demais membros da sua família realmente precisam desses recursos no dia a dia? Na maioria das vezes, muitos já pagam por isso e nem sabem que possuem todos estes benefícios.

Se não, vale a pena negociar com sua operadora a retirada desses serviços. Assim, você poderá obter um desconto na fatura do celular.

4. Avalie o consumo de cada membro da família

Assim como operadoras de telefonia, há planos para diferentes usos e perfis de consumidores. Por isso, é importante que você avalie o consumo de cada membro da família para ter um melhor controle de contas a pagar.

Para as crianças e adolescentes, por exemplo, o ideal são os planos pré-pago e controle, pois esse tipo de plano evita os gastos fora da franquia e conseguem definir um limite para controlar os gastos dos filhos com o celular.

No entanto, se todos os membros forem adultos, vale a pena procurar por planos família, tanto de celular quanto de internet, para ter algum desconto ou um precinho mais barato.

5. Avalie os planos que tenham um combo

Se a família utiliza outros serviços, como TV por assinatura e telefone fixo, que tal avaliar a contratação de um combo, em vez de pagar por serviços avulsos? Neste modelo de contratação, o valor de cada serviço fica mais barato e pode ser um jeito bastante simples de controlar os gastos.

No entanto, tenha em mente que contratar esse tipo de plano só faz sentido se você realmente for utilizar os serviços incluídos no pacote. Caso contrário, permaneça com a contratação individual (ou familiar) do plano de celular.

Lembre-se de que, se você tem algo mas não utiliza, você está tendo prejuízo, ou seja, desperdiçando dinheiro que poderia ser investido em algo que realmente esteja necessitando no momento.

6. Acompanhe os gastos mensalmente

Uma boa forma de controlar os gastos com celular da sua família é observar a fatura mensal de forma contínua. Não deixe para fazer isso apenas no momento de sufoco. Crie o hábito de fazer isso mensalmente, assim será muito mais fácil controlar os gastos.

Avalie os custos de cada serviço, observe o que está sendo usado e o que não; o que diminuiu e o que aumentou; o que é possível excluir e o que precisa adicionar. Tudo conta na hora de reduzir o valor final.

Além disso, através de um controle de gastos, também é possível estabelecer um limite por mês e ver de que maneira isso funciona ao longo do ano, ou por um determinado período, sempre fazendo os ajustes necessários.

Viu como é possível controlar as contas de celular da família de forma simples? Com medidas práticas, que não tomarão muito do seu tempo, você pode ter uma boa economia no fim do mês. Lembre-se: o equilíbrio financeiro sempre vale muito!

Quer receber conteúdos como este no seu e-mail para lhe ajudar no controle das suas finanças pessoais? É só se inscrever em nossa newsletter!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *