Empreender é o sonho de muitos brasileiros. Pensar fora da caixa, criar, inovar, ter mais liberdade, ser o seu próprio dono, ganhar mais são apenas alguns dos desejos daqueles que sonham um dia poder abrir uma empresa.

Mas, infelizmente, por mais que hoje seja mais fácil criar um negócio (graças ao MEI, por exemplo), ainda existem muitas barreiras que impedem as pessoas de abrirem os seus empreendimentos no Brasil. Uma das maiores dúvidas que surgem entre aqueles que desejam empreender, especialmente em momentos de crise, é a seguinte: “afinal, como criar um negócio com pouco investimento?”.

Neste artigo você descobrirá 3 dicas de como abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro. São alternativas de negócios totalmente práticas e, principalmente, sem grandes complexidades. Muitas delas você pode começar na sua casa e com investimento zero, até mesmo durante a crise. Se você tem grandes propósitos e sonhos, leia o artigo até o final!

1. Tenha seu próprio negócio online

Os negócios online, graças à Internet e ao grande avanço da tecnologia, estão em crescimento exponencial – especialmente depois da crise do novo coronavírus.Computadores com acesso à internet tornaram-se o único meio de trabalho de milhares de pessoas, sem ser necessário sair de casa para trabalhar e ganhar dinheiro.

Abaixo, você acompanhará algumas maneiras de como abrir um negócio com pouco dinheiro apenas utilizando um computador ou celular com acesso à Internet. Confira!

Abra uma loja virtual

Existem diversos sites que lhe ajudam a criar lojas virtuais do zero – e você não precisa saber nada de programação. Com passos simples, você conseguirá montar seu e-commerce em apenas um dia.

Shopify e Loja Integrada são dois exemplos de grandes plataformas que lhe auxiliam nesta questão. Na Shopify, por exemplo, você poderá criar a sua loja virtual com menos de R$ 120. Talvez você precisará comprar um domínio próprio para passar mais credibilidade, e terá que despender, em média, R$ 30.

Como toda loja precisa de produtos para serem vendidos, no e-commerce não é nada diferente. De início, o ideal é comprar produtos mais baratos e revendê-los para o público conhecer a sua marca. Posteriormente, você poderá vender coisas com valores mais altos e obter um lucro bem maior.

Porém, atualmente, é possível criar a sua loja virtual e não precisar gastar dinheiro com estoque. Isso se chama dropshipping, no qual o fornecedor ficará responsável pelo estoque e envio do produto.

Você apenas irá colocar fotos e vídeos dos produtos em sua loja virtual e, quando vender um produto, pagará o preço da mercadoria para o fornecedor em questão. É o fornecedor que ficará responsável pelo envio e pelo pagamento de taxas, se existirem.

Assim, você colocará o produto na sua loja com um preço maior e lucrará, sem precisar gastar dinheiro comprando centenas de mercadorias – e sem correr muitos riscos. Mesmo se não vender nada, o prejuízo será bastante reduzido.

Torne-se afiliado e revenda produtos digitais e físicos

A maioria das pessoas que pesquisam no Google “como criar um negócio com pouco investimento” certamente encontram esta possibilidade.

Você sabia que é possível revender produtos digitais e físicos e ganhar uma comissão – muitas vezes mais de 50% do valor – sem precisar sair da sua casa, sem investir absolutamente nada e apenas utilizando um celular e/ou computador com acesso à Internet?

Hotmart, Monetizze, Eduzz, Lomadee, Braip e Amazon Associados são apenas algumas plataformas que lhe permitem vender produtos sem precisar comprá-los previamente. Você apenas terá que entrar no site de uma delas, fazer o seu cadastro e começar a vender.

Claro, vender algo não é fácil. É necessário aprender e estudar marketing digital e como criar campanhas de vendas online para realmente conseguir viver disso.

Milhares de empreendedores começaram assim. E, atualmente, criaram os seus próprios produtos digitais e os vendem nestas mesmas plataformas – uma outra forma de ganhar dinheiro, inclusive em uma crise.

2.   Venda comidas

Doces, pizzas, quentinhas e hambúrgueres são apenas algumas coisas que você vender para ganhar dinheiro e começar o seu próprio negócio.

A facilidade para criar um negócio desse tipo e vender comidas, atualmente, é enorme. O Ifood e UberEats são aplicativos que lhe auxiliam bastante nessa questão. Com o Ifood, por exemplo, você só precisa preparar a comida que desejar vender. O sistema fica responsável pelo pagamento, marketing do seu negócio e pelo entregador.

Portanto, se você ama cozinhar e sabe fazer aquela receita especial, não perca tempo. Saiba que é possível abrir um negócio com R$ 500 ou menos nesse tipo de setor, principalmente se você começar vendendo uma quantidade pequena de itens por dia. Assim, conforme for tendo mais lucro, poderá alavancar o seu negócio, dia após dia.

3. Dê aulas particulares

Você tem alguma formação específica? Praticou algo por muito tempo? Tem alguma habilidade e gostaria de ensiná-la para mais pessoas? Se responder “sim” para algumas destas perguntas, pense na ideia de dar aulas particulares.

Esta é uma ótima dica de como criar um negócio com pouco dinheiro – ou sem investimento algum. Comece dando aulas de algo em que você é especialista ou tem muita prática na sua própria residência. Ou também pode fazer isso online, através de videoaulas.

Na maioria das vezes, é possível iniciar este tipo de negócio com pouquíssimo investimento ou sem investimento algum. Pois você, possivelmente, já terá tudo – ou quase tudo – que precisar para dar aula.

Agora, é só começar. Sair do sofá, levantar, ter força de vontade e consistência. Lembre-se que criar um negócio é muito mais do que vender produtos ou serviços. Toda empresa, por menor que seja, precisa de uma boa gestão.

Por isso, o ideal é que você leia o artigo “6 Desafios para lidar na gestão de empresa familiar”. Assim, conseguirá entender melhor o que pode vir pela frente. Dificuldades irão surgir. Aceite-as e aprenda a contorná-las para ter sucesso nesta empreitada!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *