Toda administração corporativa deve contar com um bom controle financeiro empresarial. Esse gerenciamento das finanças inclui a manutenção de ativos líquidos suficientes para cobrir as despesas, além de manter um caixa extra para investimentos e, ao mesmo tempo,  limitar os riscos do negócio.

Descrevendo assim, o gerenciamento das finanças corporativas pode parecer complicado. Mas, efetivamente, não é. Basicamente, um plano de controle financeiro empresarial sempre descreve o fluxo do caixa da organização, a fim de determinar como utilizar e distribuir o dinheiro que entra, além de saber para onde o dinheiro que sai está indo.

É também através do controle das finanças de uma empresa que se identifica quando a mesma está indo bem ou não nesse setor. Afinal, é função desse plano administrar o dinheiro do empreendimento.

E como manter o controle financeiro empresarial sempre em dia em qualquer negócio? É sobre isso que falaremos a seguir. Continue acompanhando o artigo para entender um pouco mais sobre como organizar o financeiro de qualquer empresa!

A importância de manter o controle financeiro empresarial

Uma empresa em crescimento é quantificada pelo aumento de clientes, recursos e lucros. À medida que o empreendimento cresce, a necessidade de bons hábitos de negócios instituídos em seu fluxo de trabalho também aumenta.

E um dos hábitos cruciais para garantir o desenvolvimento saudável do negócio é justamente ter um planejamento financeiro eficaz. O mau controle financeiro empresarial pode colocar em risco as vendas, os recursos e as estratégias da sua empresa.

Isso vale para qualquer empreendimento. Saber como administrar o dinheiro de uma empresa pequena, por exemplo, é uma das melhores maneiras de garantir que o dinheiro continue fluindo. Com isso, você também acaba evitando dívidas e imprevistos que, no início de um negócio, podem acontecer propriamente por falta de um bom planejamento financeiro.

Como controlar o financeiro de uma empresa?

Embora o controle financeiro de uma empresa dependa de técnicas de análise e planejamento, alguns hábitos devem fazer parte dessa rotina administrativa, a fim de liderar com autoridade as finanças empresariais.

Entre esses hábitos, destacamos:

  • Fique por dentro do gerenciamento dia a dia do dinheiro da sua empresa;
  • Gerencie adequadamente sua contabilidade. Para isso, contrate um bom contador ou utilize softwares de contabilidade confiáveis. É fundamental que você mantenha um controle preciso de sua renda e custos, sem erros, por isso um profissional adequado para o cargo é o ideal;
  • Revise seus custos com frequência. Acompanhe todas as suas despesas e faça análises periódicas para conferir se esses custos têm se mantido os mesmos;.
  • Faça projeções financeiras. Essas projeções claras são importantes e funcionam como o seu principal plano de negócios, ajudando a antecipar e abordar possíveis obstáculos futuros.
  • O faturamento não tira folga. Portanto, mantenha uma rotina regrada em relação ao controle financeiro da sua empresa.

Dicas de como organizar o financeiro de uma empresa

Para alinhar o seu controle financeiro empresarial aos principais roteiros de rentabilidade em qualquer linha de negócios, e saber como resolver problemas financeiros em uma empresa, separamos 5 dicas gerais que facilitam o gerenciamento financeiro dos negócios. Confira!

1. Tenha um plano adequado para futuros investimentos

Uma empresa em crescimento sempre deve avaliar o cenário atual e projetar seu futuro através de um roteiro. Este roteiro debe apresentar os custos fixos, os custos variáveis ​​e as despesas para contingências.

O investimento adequado para o desenvolvimento da organização é fundamental. Por isso o planejamento para garantir esse investimento também é essencial. Caso o seu negócio esteja procurando potenciais investidores, você deve formular a melhor estratégia de negócios e planejar com metas de curto, médio e longo prazo para apresentar.

2. Acelere o fluxo de caixa

Um negócio com uma boa estratégia financeira exige um planejamento de fluxo de caixa mais inteligente para gerar lucros maiores e experimentar um crescimento sustentável. Isso envolve projeções, monitoramento e ajustes antes de cogitar os problemas financeiros.

O termo “acelerar o fluxo de caixa” nada mais é que verificar se a sua empresa está lucrando. Desta forma, você segue também acompanhando o progresso da sua empresa, buscando financiamento adicional ou empréstimo para expandir os negócios, pagando e recebendo contas, controlando saídas de caixa e assumindo o controle da gestão de estoques.

3. Concentre-se em clientes de qualidade

Um bom plano de negócios deve incluir uma estratégia de marketing para alcançar o público certo. O produto ou serviço que sua empresa oferece deve ter preços competitivos, pois refletem a qualidade. E a qualidade do seu produto/serviço é o que atrai clientes também de alta qualidade.

São esses clientes que adicionam à sua receita. Portanto, fornecer alguns privilégios e “mimos” como descontos e vantagens em intervalos regulares a eles é uma boa sacada para mostrar o seu apreço por eles.

4. Corte despesas

Para manter o controle financeiro empresarial em dia, o empreendedor deve pensar onde sua receita e lucro estarão quando a empresa for dimensionada. Isso deve ser parte integral do planejamento financeiro.

Estabelecer métricas essenciais para o seu negócio e investigar as despesas em determinadas categorias ajuda a reduzir os custos do empreendimento. É importante sempre avaliar os custos fixos e variáveis ​​e tentar aproveitar melhores ofertas de fornecedores competitivos.

5. Mantenha um bom relacionamento com a equipe

Os funcionários são a espinha dorsal de uma empresa e que orientará a mesma para o sucesso. Se o seu planejamento é de alto nível e a execução é ruim, torna-se um desafio obter benefícios positivos.

Assim, é muito importante implementar práticas de gestão de recursos humanos bem-sucedidas e que aumentem a satisfação, o desempenho e a retenção dos funcionários. A gerência deve promover uma comunicação eficaz, fornecer feedbacks construtivos e reconhecer a importância de cada funcionário.

Sendo assim, manter o controle financeiro empresarial não é exatamente a tarefa mais difícil da administração de um negócio. Lembre-se que a sua empresa pode levar até dois anos para que o gestor de recursos realize as auditorias necessárias e a devida diligência antes de chegar a um modelo de controle ideal do negócio.

Ao executar as estratégias acima, ajustar para o cenário da sua empresa, o crescimento e o sucesso dos negócios ficam mais palpáveis. E você, está esperando o que para colocar estas dicas de controle financeiro empresarial em prática?

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para se inscrever em nossa newsletter e nos seguir nas redes sociais!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *