As ofertas públicas iniciais de ações (IPO) de uma empresa na Bolsa de Valores podem ser opções de investimento interessantes para pequenos investidores do mercado de ações. Mas você sabe como participar de um IPO na bolsa?

Continue a leitura do artigo de hoje e descubra como participar do lançamento de ações e garantir seus papéis em um IPO na bolsa brasileira.

O que é um IPO?

Para  participar de uma oferta inicial no mercado de ações o investidor precisa, em primeiro lugar, entender o que é um IPO e como ele funciona. As ofertas públicas iniciais de ações (Initial Public Offering, em inglês) acontecem quando uma companhia lista, pela primeira vez, suas ações na Bolsa de Valores para negociação.

Ao adquirir os papéis disponibilizados no mercado, os investidores passam a se tornar acionistas daquela determinada empresa, detendo uma fatia da companhia – que varia de acordo com a quantidade de ações adquiridas por cada um.  Participar de um IPO na bolsa pode ser bastante interessante para  o investidor – independente do seu tamanho. Por conta disso, os IPOs tendem a ser bastante disputados.

Como participar de um IPO na bolsa?

Qualquer investidor pode participar de uma oferta pública inicial na bolsa, desde que ele possua  uma conta aberta em uma instituição financeira – seja ela banco ou corretora – e capital para investimento.

Alguns passos, no entanto, devem ser seguidos para que a participação do investidor no IPO seja garantida.  Confira o passo a passo para participar de uma IPO na bolsa:

1. Escolha a empresa

O primeiro passo é escolher a empresa na qual deseja investir. Verifique quais as companhias lançarão seus IPOs e conheça o material de lançamento das ações.

2. Pesquise a companhia

Esta etapa é fundamental para qualquer investidor interessado em participar de um IPO. Pesquise sobre a empresa, informe-se sobre os riscos e objetivos da companhia e suas razões para listar ações na Bolsa de Valores.

Conheça os administradores do negócio, avalie o prospecto geral do negócio e os planos da empresa em relação ao destino do dinheiro que captar com o IPO. O capital será investido na expansão do negócio ou será utilizado para pagamento de dívidas? É fundamental que o investidor conheça estas respostas antes de investir em um IPO.

3. Cadastre-se em uma corretora

O terceiro passo é cadastrar-se pelo site da corretora para participar da oferta pública inicial. O banco que organiza o IPO na bolsa informará aos investidores um intervalo de preço de referência para cada papel da empresa.

Defina o volume financeiro com o qual deseja participar da oferta pública inicial e o preço que está disposto a pagar pelas ações da companhia. Feita a reserva, não será mais possível desistir da operação.

4. Formação de preço

Após estas etapas é feito o processo de formação final do preço de cada papel da companhia. Este será, portanto, o valor que deverá ser pago pelos investidores para adquirir aquelas ações.

Por exemplo, se um investidor ofereceu R$ 20 por ação, mas existem ofertas de R$ 30 para cada papel, a pessoa que ofereceu o menor valor fica de fora do IPO. Caso o investidor ofereça R$ 35 e o preço final de cada ação ficar estabelecido em R$ 30, no entanto, ele pagará o valor de R$ 30 por ação – assim como os demais investidores interessados.

5. Negociações na bolsa

As ações da companhia, finalmente, passam a ser negociadas na Bolsa de Valores. Neste momento, é possível que se inicie o processo de volatilidade do papel – no qual o preço das ações pode subir ou cair, como qualquer outro ativo negociado no mercado de ações.

É importante lembrar que a volatilidade das ações é bastante comum após um IPO, fazendo com que os preços mudem bastante nos primeiros dias de negociação dos papéis na bolsa – seja acima ou abaixo do preço inicial das ações.

Portanto, não se desespere caso as ações caiam nos primeiros dias, assim como é importante evitar a euforia no caso dos papéis se valorizarem demais logo após a oferta pública inicial.

Ter conhecimento acumulado e uma estratégia bem definida pode ser fundamental para lhe ajudar a fazer bons negócios no mercado financeiro e a alcançar bons resultados ao participar de um IPO na bolsa.

Agora que você já sabe mais sobre como participar de um IPO na bolsa, que tal conhecer 9 mitos e verdades sobre investimento na Bolsa de Valores?

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *