Já investe ou pensa em investir em títulos públicos federais? São muitas as opções disponíveis para o investidor na plataforma do Tesouro Direto: Tesouro SELIC, Tesouro Prefixado, Tesouro Prefixado com Juros Semestrais, Tesouro IPCA+, Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais.

Diante desta variedade, pode ser difícil escolher os melhores títulos para investir. E foi pensando em ajudar o investidor a tomar as decisões de investimento em títulos do Tesouro que a plataforma do Tesouro lançou, há algum tempo, o simulador de investimentos do Tesouro Direto.

Se você ainda não sabe como funciona e nem como utilizar o simulador de investimentos do Tesouro Direto, continue a leitura deste artigo. Nas próximas linhas você descobrirá de que forma esta ferramenta pode ser útil para você e para seus investimentos.

Acompanhe!

Simulador de investimentos do Tesouro Direto: o que é?

Como falamos, o Tesouro Direto disponibiliza em seu site um simulador que permite fazer simulações e comparações entre os produtos disponíveis no mercado e os títulos públicos.

O simulador é um ambiente prático e intuitivo, que permite a você verificar o desempenho de determinado título público federal em um período de tempo e comparar este desempenho com o de outros produtos do mercado.

Como no simulador é você quem escolhe os títulos públicos e os produtos que deseja comparar, é possível fazer uma simulação personalizada. E qualquer pessoa pode acessar o simulador e fazer suas projeções.

Como o simulador funciona?

O ambiente do simulador de investimentos do Tesouro Direto conta com uma breve introdução de como utilizar as ferramentas. No ícone > Acesse Aqui você já começa sua simulação.

Você deve seguir os 5 passos abaixo para tirar o melhor proveito dessa ferramenta.

5 Passos para utilizar o simulador de investimentos do Tesouro Direto

Confira a seguir os passos para utilizar o simulador de investimentos do Tesouro e comparar os títulos públicos disponíveis no mercado.

Passo 1) Escolha do Título Público Federal mais adequado

No primeiro passo, o simulador lhe apresenta duas opções: escolher o título que você deseja simular ou aplicar um questionário que lhe ajuda a escolher o título mais adequado para você, de acordo com suas respostas.

Caso deseje simular um título específico, você já deve ir para a opção > Quero simular uma aplicação, e escolher dentre as opções disponíveis.

Caso ainda não saiba qual melhor título para você, não se preocupe! O simulador indica a melhor opção de acordo com seu objetivo e perfil, através de uma análise por meio de um breve questionário.

Para acessar esta análise você deve ir em > Ainda não sei que título escolher. Nessa fase, você deve responder algumas questões (são, no máximo, 4 perguntas):

  • 1.Objetivo financeiro: qual sonho deseja realizar com seu investimento?
  • 2.Prazo: Curto, médio ou longo prazo?
  • 3.Perfil: Você deve escolher de que forma pretende investir.
  • 4. Sobre a remuneração: Como prefere? Semestralmente ou de uma só vez?

A partir daí o simulador lhe indicará qual título pe mais aderente às suas respostas.

Passo 2) Simulação – Escolha a forma que pretende simular

Ao escolher o título indicado, o próximo caminho é iniciar a simulação, clicando em > Vamos começar a simulação?

Nesta opção você deve escolher entre duas formas de simulação:

Nesta opção, você deverá informar os valores que pretende aplicar, seja com uma aplicação única ou, ainda, informando os valores de aportes  mensais, caso deseje aplicar dessa forma.

Neste caso, você deve preencher quanto pretende ter ao final do período de investimento e o simulador irá lhe mostrar qual valor deve investir.

Em seguida, o simulador lhe apontará o desempenho do título público escolhido. O desempenho será mostrado com dois gráficos:

  • um gráfico com a evolução ao longo do tempo
  • um gráfico apresentando a rentabilidade

Passo 3) Simulação – Escolha quais produtos deseja comparar com o Título Público

Você terá também a opção de marcar os produtos que terão o desempenho comparado ao do título público escolhido: Poupança, CDB, LCI/LCA e Fundo DI. Escolha aquele que deseja comparar com o título público.

Lembre-se de escolher produtos que já possui em sua carteira ou que considera ter para que a comparação seja proveitosa para você. Os gráficos apresentarão um comparativo de desempenho de forma bem fácil de visualizar.

Passo 4) Ajuste a simulação

As simulações levam em conta um desempenho dos produtos conforme um valor médio de mercado. Porém, para que a simulação fique o mais real possível, você pode e DEVE ir nas opções de simulação avançada e preencher detalhadamente o percentual de um CDB ou LCI por exemplo.

Este ajuste pode ser feito em: Opção Ver e/ou Alterar parâmetros > Nesta tela será apresentado o detalhamento das rentabilidades dos produtos comparados.

Esse provavelmente é o passo mais importante dentro do simulador de investimentos do Tesouro, pois somente com valores reais você poderá fazer um comparativo fidedigno ao que você tem disponível no mercado e basear suas decisões de investimento.

Passo 5) Interprete a simulação

Na opção > Simulação Detalhada, serão discriminados os valores ao longo do tempo, impostos cobrados, custos e expectativa de rentabilidade.

Os resultados da simulação se dão em dois gráficos, e é importante se atentar que:

  • O gráfico 1, em linha, apresenta Evolução do patrimônio BRUTO;
  • O gráfico 2, em barras, apresenta Rentabilidade LÍQUIDO.

Ao final da simulação, você tem a opção de refazê-la, alterando alguns dados, e pode também enviar o resultado da simulação por e-mail.

Caso tenha a intenção de investir, a partir desse ponto já pode optar pela opção investir e prosseguir com o investimento caso já seja cadastrado na plataforma. Se este não for o caso, você será encaminhado para a tela de cadastro no Tesouro Direto.

Conclusão

O simulador do Tesouro Direto permite ao investidor ter uma ideia bem clara do desempenho dos títulos públicos. E, por isso, pode ser uma ferramenta importante para ajudar você a tomar uma decisão em relação aos seus investimentos.

Lembre-se sempre que, na simulação, os títulos são levados até o vencimento. Portanto, não se considera uma eventual venda no meio do caminho, o que provavelmente irá lhe gerar rendimentos diferentes.

Além disso, é importante destacar que, para produtos nos quais os prazos de vencimento são menores que aqueles da simulação, o sistema considera o reinvestimento com os mesmos parâmetros.

Portanto, se você já investe ou pensa em investir em títulos do Tesouro, vale a pena utilizar o simulador de investimentos do Tesouro Direto e começar a ter uma noção mais clara do que pode obter em termos de rentabilidade com estes títulos. Mas não se esqueça: toda decisão de investimento deve estar baseada nos seus objetivos e perfil de investimento!

Quer aprender a enriquecer? Veja como suas decisões influenciam a formação de patrimônio!

Autor

Daniela Viola Bona

Especialista em Finanças e Economista pela UFES (ES). Especialista em Comportamento Organizacional. Atua no mercado financeiro há 10 anos. Realiza atividades de educação e treinamento como professora/instrutora na área de banking/economia.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *