Empreender é sempre uma oportunidade de crescer, pessoal e financeiramente, com liberdade, flexibilidade e qualidade de vida. É claro, envolve riscos, mas tudo o que realmente vale a pena exige sair das zonas de conforto e segurança.

Dentre os vários tipos de empreendedor, temos o empreendedor serial. Você já ouviu falar nele? Sabe exatamente o que ele faz? E mais, já pensou em se tornar um?

Neste artigo, você irá saber o que é o empreendedor serial, verá um breve histórico e alguns exemplos de empreendedores deste tipo (inclusive no Brasil). Além disso, irá descobrir se você realmente tem o perfil para se tornar um empreendedor serial.

Continue a leitura e entre de cabeça nessa jornada empreendedora!

O que é o empreendedor serial?

O empreendedor serial é uma pessoa que trabalha criando negócios. Este tipo de empreendedor cria empresas, propicia seus desenvolvimentos e, então, parte para outros projetos.

É um tipo crescente de empreendedorismo, que não se satisfaz com a gestão de apenas um negócio, ainda que esteja em crescimento e proporcione muitos lucros.

O empreendedor serial não apenas tem apreço especial pelas empresas que cria, mas pelo ato de empreender em si. Seu objetivo não se resume a criar uma grande organização, mas encarar sempre novos desafios, novos projetos, novos rumos, liderando equipes e motivando pessoas.

O empreendedor serial pode lucrar criando uma empresa, fazendo-a crescer e então vendendo o negócio por um valor muito maior do que o investido. Então, inicia outros desafios, ele não gosta de ficar parado!

Para entender melhor o que é um empreendedor serial, você verá um pouco do histórico desse tipo de profissional.

Como surgiu o empreendedor serial?

Empreendedores seriais sempre existiram – isto é, aquelas pessoas que criam uma empresa e não se contentam com o sucesso dela, mas partem para outros projetos. Ou seja, vivem do próprio ato de empreender, de fazer negócios e pessoas crescerem.

Talvez possamos considerar Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá, um empreendedor serial, aquele que foi o propulsor do desenvolvimento econômico no Brasil do século XIX. Ele criou vários negócios, desde fábricas a engenhos de açúcar e obras públicas, visando um bem maior: a industrialização do Brasil.

Mas a história formal do empreendedorismo serial global é marcada por negócios realizados no Vale do Silício, nos Estados Unidos, na década de 1990. Essa atividade veio na onda do desenvolvimento rápido da tecnologia, turbinada pelo dinheiro de investidores de risco. Desde essa época, há vários exemplos de empreendedores seriais que lucraram quantias incríveis, não só no Vale do Silício, mas em todo o mundo.

Em 2013, uma pesquisa mostrou que, dos cerca de 1.500 bilionários do mundo naquela época, para se ter uma ideia, quase 1.000 eram empreendedores seriais. Alguns exemplos de empreendedores seriais famosas são Elon Musk, Sheldon Adelson e Richard Branson. Desde 2013, o número de empreendedores seriais vem se expandindo, assim como o de bilionários.

Empreendedor serial clássico

Um empreendedor serial famoso e clássico é o chinês Pehong Chen, nativo de Taiwan, que se radicou nos EUA e fundou a Gain Technology em 1989 com 4.000 dólares. Três anos depois, vendeu-a por mais de 100 milhões de dólares. Mas não parou por aí: fundou, por exemplo, a Siebel e a BroadVision.

Temos como um dos primeiros exemplos de empreendedor serial brasileiro o carioca Marcos Weittreich. A partir do sonho de ser cientista, para projetar olhos biônicos e pernas mecânicas como no seriado de TV “Cyborg“, o homem de seis milhões de dólares”, Weittreich acabou se especializando em bioengenharia no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Tornou-se um empreendedor serial milionário, tendo começado com apenas 22 anos e a ajuda de quatro amigos através da fundação da empresa de softwares Saga.

Portanto, o potencial que o empreendedorismo serial tem nos dias de hoje, alinhado às inovações e ao investimento da indústria e da economia, tanto locais quanto mundiais, é imenso. Porém, para ser um empreendedor serial de sucesso, é necessário se encaixar em um determinado perfil e possuir algumas habilidades e capacidades específicas.

Será que você se encaixa no perfil do empreendedor serial? Descubra!

Perfil do empreendedor serial

O empreendedor serial, acima de tudo, está sempre em busca de novas oportunidades ou “aventuras”. É capaz de enxergar tendências antes das outras pessoas, entender o que o mercado deseja ou precisa.

Algumas características do perfil do empreendedor serial são:

  • “paixão” pelo próprio ato de empreender, não apenas por criar uma empresa grande e lucrativa. Ele não se contenta só com um negócio, quer sempre estar em movimento e estimular a economia e outras pessoas;
  • dinamismo, prefere desafios e adrenalina ao enfrentar o desenvolvimento de algo novo e, muitas vezes, bastante arriscado;
  • capacidade de ser um executivo e liderar equipes;
  • atenção redobrada a tudo o que está acontecendo ao redor;
  • boa comunicação interpessoal;
  • disposição para participar de eventos, viajar, acumular conhecimentos e transmiti-los, ou seja, fazer networking;
  • habilidade para montar equipes e motivá-las;
  • habilidade para captar recursos com o intuito de financiar novos negócios;
  • acreditar nas oportunidades que surgem, e ter persistência até implementá-las;
  • necessidade de se manter motivado, às vezes desenvolvendo vários negócios ao mesmo tempo;
  • sagacidade para perceber as necessidades e novas possibilidades do mercado;
  • criatividade;
  • acompanhamento contínuo das tecnologias que surgem

Camaleão dos negócios

Portanto, estamos falando aqui de um profissional inquieto, que não descansa até cumprir um objetivo ou um projeto, para então enfrentar outro desafio. Ele precisa ter autoconfiança, resiliência para enfrentar eventuais reveses e perdas e habilidade administrativa e de comunicação. Desdobra-se para encontrar soluções, resolver dores e criar desejos de forma constante e lucrativa.

Talvez não seja má analogia comparar o empreendedor serial a um “camaleão dos negócios”: constantemente ele muda de ambiente, adaptando-se a diferentes contextos e projetos. É um verdadeiro estimulador da economia e da sociedade, um visionário.

Conclusão

O empreendedorismo serial é um estilo de vida, é uma projeção de uma personalidade que se encontra sempre em busca de desafios a serem cumpridos.

O empreendedor serial é um sonhador, e não se cansa de ter ideias, ou se apropriar de ideias alheias e adaptá-las. É um “Professor Pardal” (muitas vezes bem-sucedido) das finanças.

Não se contenta em imaginar, mas precisa executar. E de preferência junto a uma equipe a qual possa estimular. Acaba sendo um trabalho um tanto altruísta, no sentido de ajudar pessoas, empresas e regiões a se desenvolverem, é claro, obtendo lucros com isso.

No entanto, o empreendedor serial deve saber equilibrar a vida profissional agitada e, muitas vezes, atribulada com a vida pessoal, o que pode não ser tarefa fácil. Até que ponto você estaria disposto a fazer sacrifícios pela paixão de vencer desafios?

Então, o que achou do nosso conteúdo sobre empreendedor serial? Ficou interessado em se tornar um? Saiba que as oportunidades não param de crescer, no Brasil e no mundo, em termos de novos negócios e novas possibilidades para empreender.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *