O mercado financeiro oferece diversas oportunidades e estratégias para quem deseja aumentar seu patrimônio. Na bolsa de valores, por exemplo, há espaço tanto para aqueles que querem especular quanto para os que visam investir com foco no longo prazo.

De modo geral, os investidores buscam reduzir o risco dos seus aportes e garantir um retorno consistente com base em análises e fundamentos do mercado. Já os especuladores aproveitam das oscilações do mercado para buscar por ganhos no curto prazo.

É por isso que investir e especular são operações completamente diferentes. Neste artigo, você conhecerá as principais diferenças entre esses conceitos e entender o que é melhor para o seu perfil e os seus objetivos na bolsa de valores.

Vamos lá?

O que é especulação financeira e como funciona?

Especular no mercado financeiro significa adquirir ativos financeiros com o objetivo de fazer a venda (ou compra) futura com lucro, em um espaço curto de tempo. Existem muitos fatores que podem abrir diversas oportunidades para o especulador, como anúncios políticos ou notícias econômicas. Divulgação de resultados e crises também geram oscilações no mercado.

Quem gosta de especular precisa ter tempo para analisar estas movimentações e tomar decisões acerca das suas posições no mercado. Assim, é possível obter lucros consideráveis em um curto período, embora os riscos também sejam proporcionais às possibilidades de ganhos.

Não existem garantias na especulação. Quem faz esse tipo de operação estuda projeções para curto prazo e visa lucrar tanto no momento de avanço quanto de queda do mercado. Ou seja, ele tenta sempre aproveitar das oscilações dos preços para comprar na baixa e vender na alta. Ou vender na alta e comprar na baixa, no caso das vendas a descoberto.

Como especular?

Existem diversas maneiras de especular no mercado. Conheça as principais alternativas:

Day trade

Quem faz day trade compra e vende ativos na bolsa em um mesmo dia. As operações são baseadas em análises técnicas, especulando movimentos do mercado para obter lucro no curtíssimo prazo. Essa especulação com ações é de maior risco e exige alto grau de conhecimento.

Swing trade

Esse tipo de operação tem foco no curto prazo. O objetivo também é ter lucros em um pequeno período de tempo, mas as operações podem durar dias, semanas ou até mesmo.

Vale destacar que, tanto para day trade quanto para swing trade, é possível especular com ações e com outros ativos e derivativos do mercado. Especular no mercado futuro, por exemplo, é bastante comum.

Ainda, é importante que o especulador saiba que existem inúmeras estratégias para especular na bolsa.

As principais características do especulador

Uma das características mais importantes para quem pretende especular é ter um perfil agressivo. Os especuladores buscam ganhos rápidos em mercados, muitas vezes, voláteis. Para isso, precisam assumir o risco de grandes perdas financeiras.

Para realizar essas operações é preciso saber fazer análises gráficas e identificar padrões de movimentação. Por isso, estudo e dedicação são fundamentais.

O que é investir e como funciona?

Investir, por outro lado, é o processo feito após uma análise detalhada, considerando objetivos e perfil de investimento. Os aportes podem ter foco no curto, médio e no longo prazo e o investidor espera ter um retorno alinhado aos riscos (ou a segurança) do investimento.

Quem investe no mercado de ações, por exemplo, deve analisar a solidez da empresa e seus fundamentos. Além disso, um investidor de sucesso não está em busca de lucros extraordinários, como acontece com os especuladores. Ele busca alternativas de investimento que possam agregar ao seu portfólio ao longo do tempo e lhe trazer boa rentabilidade.

As principais características de um investidor

Uma das principais características dos investidores focados em renda variável está no fato de que eles costumam visar o longo prazo ao investir na bolsa. Por isso, eles mantêm seus ativos após a compra e tentam proteger o capital.

É comum também que eles comprem ações que pagam dividendos, por exemplo. Assim, seguem incrementando seu portfólio em busca de obter renda passiva no futuro.

Os investidores costumam também avaliar dados e fundamentos dos negócios antes de fazer aportes na bolsa de valores. Da mesma forma, muitas vezes procuram por oportunidades no mercado (como ações com preços descontados, por exemplo). O objetivo, no entanto, é sempre visando prazos maiores de tempo.

Qual é a importância do especulador no mercado?

Apesar de terem perfis diferentes, tanto investidores quanto especuladores são importantes para o mercado. Neste contexto, vale a pena entender melhor a importância do especulador, que muitas vezes é visto de maneira pejorativa.

Um dos papéis mais fundamentais deste agente é trazer liquidez. Quem compra uma ação, por exemplo, e deseja vender o ativo precisa de outra pessoa que tenha interesse em comprá-lo, certo? E é o especulador que gera a liquidez da qual o mercado tanto precisa para funcionar de maneira adequada, inclusive para investidores.

Especular ou investir: o que é melhor para mim?

Agora que você já entendeu o conceito de especular ou investir pode ter dúvidas sobre qual alternativa é mais adequada para você. A resposta, no entanto, depende do seu perfil de investidor e dos seus objetivos.

É preciso ter em mente que a especulação é uma alternativa de maior risco. Afinal, você estará exposto a maiores oscilações do mercado e precisará de muita paciência , tranquilidade e conhecimento para tomar as melhores decisões. Já o investidor precisa se preparar igualmente para investir, mas como seu foco está no longo prazo, as oscilações na bolsa no curto prazo não impactarão nos resultados finais.

Também é importante entender que uma alternativa não exclui a outra. Isso significa que você pode ser um investidor de longo prazo e também especular no mercado, se desejar. Basta entender as diferenças entre as duas opções, compreender os riscos e vantagens e decidir pelo que funciona melhor para você.

Agora que você sabe a diferença entre especular e investir, pode operar e investir com maior certeza. E não se esqueça jamais de ter em mente os seus objetivos e a sua tolerância ao risco antes de fazer um investimento. E busque sempre aprender cada vez mais!

Ainda não sabe qual é o seu perfil de investidor? Faça o teste e descubra!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *