Viajar é uma maneira de aproveitar as férias ou um feriado prolongado. Mas você já pensou em fazer mochilão? Geralmente, esse estilo de viagem é o favorito dos que adoram se aventurar e não gastar muito dinheiro.

Mesmo que seja diferente da forma como muitos viajam, colocar a mochila nas costas e se jogar pelo mundo se popularizou até entre os mais bem sucedidos. A verdade é que fazer um mochilão é uma excelente forma de aprender, se conhecer, amadurecer e se divertir.

Depois da primeira vez que se faz estaviagem, é impossível não querer repetir. Então que tal se aventurar como mochileiro e economizar na hora de viajar?

Leita este texto e descubra como fazer uma viagem maravilhosa sem precisar gastar muito para se divertir!

Fazer mochilão x viajar de forma convencional

Você deve se perguntar: “mas porque fazer um mochilão se eu posso viajar da forma como todo mundo viaja?”. Para responder a esta pergunta, pense no tipo de experiência que você pode ter ao optar pelo mochilão.

Viajar da maneira comum (escolher destino, ficar em hotel e passear nos pontos turísticos) é legal, mas isso é apenas “turistar”. Um turista não passa pelas mesmas experiências de aventura e autoconhecimento que um mochileiro (que é um viajante) passa.

Enquanto um turista gasta seu dinheiro se hospedando em hotéis, buscando, muitas vezes, atrações mais caras, restaurantes e ponto turísticos, um viajante se desafia, faz amizades, conhece lugares fantásticos e se surpreende a cada aventura que tem. Pense nisso: ser um mochileiro pode trazer momentos inesquecíveis.

Gostou da ideia? Então descubra a seguir como fazer um mochilão incrível e economizar para poder aproveitar muito mais!

Planejando a viagem

Primeiro, deve-se definir o valor que você destinará para a viagem. Após isso, escolha a hospedagem, pesquise os pontos que deseja conhecer, faça um trajeto e defina um valor para alimentação, passeios e transporte. Aconselha-se também a ter uma reserva de emergência já estabelecida para imprevistos (que podem surgir antes, durante e depois da viagem).

Pense no destino e veja se o momento da viagem é ideal para visitar o lugar. Na alta temporada, os valores podem subir muito. Ainda, há épocas do ano nas quais não é aconselhável visitar determinadas áreas por causa de temporais e baixas temperaturas, por exemplo.

Você pode pesquisar por promoções de passagens aéreas e aproveitar as oportunidades. Muitos viajantes decidem o lugar que pretende visitar baseando-se nas promoções de sites e aplicativos, por exemplo.

Hospedagem

Uma das primeiras atitudes de uma pessoa que deseja viajar é pesquisar por hotéis. Os que procuram por custo benefício, utilizam sites como a Expedia, Decolar, Booking, entre outros, a fim de encontrar promoções. Por mais que hotéis sejam confortáveis, no entanto, ainda são o tipo de acomodação mais cara.

Em vez disso, use o HostelWorld para encontrar uma cama para dormir em um hostel ou albergue. Se você não abre mão de um quarto com banheiro privado, utilize o AirBnB para se hospedar na casa de alguém. Esses serviços acabam sendo mais baratos que uma noite em um hotel.

Se quiser ter uma experiência mais divertida, é possível trabalhar por algumas horas em troca de hospedagem. O Worldpackers, WWOOF e o Workaway são boas formas de encontrar lugares que aceitam viajantes dispostos a isso.

Alimentação

Todos nós queremos conhecer lugares novos e, por estarmos de passagem, acabamos comendo fora. Comer em restaurantes e shoppings realmente é mais cômodo e prático. Porém, acaba sendo muito caro.

Como não conhecem bem a cidade, os turistas tendem a comer em restaurantes sem saber se os valores são bons ou não. É nesses momentos que acabam desembolsando mais do que planejaram.

Por isso, use aplicativos como o TripAdvisor para encontrar bons locais com valores acessíveis. Se puder, converse com os nativos e descubra onde eles costumam se alimentar no dia a dia.

Se quiser ser o mais econômico possível, compre refeições prontas nos supermercados. É possível encontrar pratos e lanches que podem ser consumidos na hora nesses locais. Caso se hospede em algum lugar com cozinha, compre e prepare você mesmo suas refeições.

Há comunidades nas redes sociais de viajantes. Não deixe de entrar nelas para conversar com outros mochileiros que estão no mesmo lugar que você. É uma boa oportunidade para fazer amigos, dividir uma refeição ou cozinharem juntos.

Passeios

Locais turísticos tendem a ser mais caros, assim como os estabelecimentos que ficam ao seu redor. Faça seus trajetos, escolha antes os lugares que pretende visitar e siga seu cronograma.

Procure por lugares atraentes e que não sejam tão famosos, pois os valores tendem a ser menores. Há muito para ver que não é tão conhecido e que é tão belo e divertido quanto os pontos famosos. Vale a pena pesquisar, pois esses lugares podem ser inigualáveis.

O aplicativo TripAdvisor e outros como o Hidden Places podem ajudar a fazer bons trajetos com lugares totalmente novos. Outra forma de visitá-los é conversando com outros mochileiros que estão no mesmo destino que você e pegar indicações com os que já passaram pela cidade.

Outras dicas

Você viu o que mochileiros fazem para não estourar o orçamento. Além dessas dicas, outras poderão deixar a viagem bem mais em conta!

Veja algumas a seguir.

  • Cuidado com o excesso de bagagem. Tente viajar somente com sua mochila, mas cuide para que ela não pese mais que o permitido para as bagagens de mão;
  • Não coma no aeroporto e, se for ficar em hotel, evite a comida de lá. Geralmente, os valores são abusivos, por isso, compre o que quiser comer no supermercado e leve a esses lugares;
  • Fazer amizade com os locais também é interessante. Há viajantes que conseguem conhecer alguns e são bem recebidos na casa deles, sendo até convidados para dormir e comer;
  • Se for para o exterior, pesquise um pouco sobre os costumes e a língua local. Procure se informar sobre vacinas e lugares que devem ser evitados;
  • Faça um seguro-viagem. Você pode ser cuidadoso, mas acidentes podem acontecer

Com essas orientações, suas viagens ficarão ainda mais divertidas e você poderá organizar e planejar melhor seus passeios.

Conclusão

Fazer mochilão, a princípio, pode parecer difícil para alguns, mas é uma ótima maneira de viajar de forma econômica e ter boas experiências. Mochilar é viver com a cultura local, se desafiar, conhecer muito mais e, acima de tudo, se divertir sem que o dinheiro seja um obstáculo.

Por isso, planeje já seu mochilão e siga as dicas do post para ter uma experiência incrível sem gastar muito!

Gostou das dicas? Pretende viajar para o exterior? Então entenda como comprar moeda estrangeira!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *