Alugar imóveis em São Paulo pode não ser uma das tarefas mais fáceis de serem realizadas. Aliás, os valores para locação e venda de imóveis na capital paulista estão entre os mais caros do país.

Mas, como em qualquer situação, uma boa pesquisa por informações pode ajudar a encontrar oportunidades bem interessantes no mercado imobiliário da cidade.

Um dos principais fatores que interferem no valor de um imóvel em São Paulo é a sua localização. Quanto mais vias fáceis de acesso, proximidade ao centro e outros aspectos que facilitam o dia a dia dos moradores, mais caro tende a ser o imóvel.

Neste artigo, você descobrirá como alugar imóveis em São Paulo sem cair em ciladas financeiras, além de entender melhor o momento do mercado imobiliário da Terra da Garoa. Continue a leitura e saiba mais!

Como está o mercado imobiliário de São Paulo em 2019?

Antes de conhecer os bairros mais baratos e mais caros para alugar imóveis em São Paulo, é preciso entender o mercado imobiliário da cidade atualmente. De acordo com a maioria dos especialistas, o mercado imobiliário da cidade de São Paulo tem registrado pequenos sinais de crescimento em 2019, depois de um longo período de estagnação que tomou os últimos anos.

Aluguéis de imóveis

Os preços médios dos aluguéis na capital paulista voltaram a subir neste ano. O movimento de melhoria segue a movimentação do mercado imobiliário no país, que vem tendo uma alta desde o primeiro trimestre do ano, na esteira dos movimentos de retomada econômica do país.

Segundo a pesquisa Index realizada pela empresa Imovelweb, no primeiro trimestre de 2019, o valor mensal médio da locação de um apartamento em São Paulo (65 m²) ficou 4% mais caro. Já os dados mais recentes, do mês de junho, mostram que o preço médio de locação subiu 1,1%.

Os especialistas do mercado imobiliário garantem que resultado positivo em relação aos últimos 12 meses é fruto dos indícios de que a economia nacional está voltando a se recuperar. Mas até mesmo eles afirmam que ainda é cedo para cravar qualquer tipo de crescimento virtuoso.

Ou seja, o mercado está melhorando, mas ainda tem um longo caminho de recuperação a percorrer.

Compra de imóveis

Já para a compra de imóveis, a situação é diferente. A valorização tem ocorrido de forma menos acelerada, com um aumento de 0,2% no mês de junho e 0,6% no primeiro semestre de 2019. Ainda assim, é alguma melhoria quando comparado ao último ano, no qual o mercado apresentou uma queda de 0,1%.

A relação aluguel/preço de venda ficou em 5.7%, aumentando desde a metade de 2018, consequência do aumento dos aluguéis e dos preços de venda estáveis. Atualmente, são necessários 17,5 anos de aluguel para recuperar o investimento da compra de um imóvel. O resultado é 5,6% menor que um ano atrás.

A rentabilidade total do imóvel (compra, locação, venda) dos últimos 12 meses foi de 5%, segundo a pesquisa. Apesar de um resultado pouco promissor, o ganho inda permanece acima do retorno de alguns investimentos do mercado financeiro, como a poupança e, especialmente, acima da inflação do período.

Vale destacar, no entanto, que imóvel possui baixa liquidez, além de outros riscos, como a possível vacância, inadimplência do inquilino, etc. Por isso, é preciso atenção na hora de comprar um imóvel com objetivo de investimento.

Os bairros mais caros de SP para alugar em 2019

Alugar imóveis em São Paulo exige uma boa pesquisa de mercado. Neste caso, tempo, paciência e disposição são fundamentais para garantir as melhores ofertas e evitar ciladas.

Entre as maiores ciladas podemos destacar aluguéis com preços exorbitantes ou localizações que trarão mais dificuldades que facilidades no dia a dia.

Os bairros mais caros para alugar imóveis em São Paulo neste ano, por exemplo, de acordo com o valor dos aluguéis dos imóveis por metro quadrado, são bairros situados na região Centro-Sul. Alguns bairros do Centro e a região Oeste da capital também se destacaram, segundo o Imovelweb.

O top 3 dos bairros mais caros de SP em 2019 e o respectivo valor médio dos aluguéis na regiçao para um imóvel de 65m, segundo a pesquisa, ficou assim:

  1. Jardim Europa: R$ 4.880,00
  2. Vila Olímpia: R$ 4.860,00
  3. Itaim Bibi: R$ 4.724,0

Ainda de acordo com o levantamento do Imovelweb, o preço médio dos aluguéis de 80% dos bairros da cidade de São Paulo ficam entre R$ 1.360 e R$ 3.360 por mês.

Vale ressaltar que os bairros que formam a chamada Grande Pinheiros (Vila Madalena, Jardim Europa, Sumarezinho, entre outros) apresentaram uma alta de 9% no aluguel residencial quando comparados os valores ao mesmo período de 2018.

Já na região que compreende a Vila Mariana, Chácara Klabin e Vila Clementino, esse índice de aumento foi mais que o dobro, atingindo mais de 20%.

Bairros com aluguel mais barato em SP em 2019

Como já dito, antes de alugar imóveis em São Paulo, o ideal é pesquisar bastante. Assim, é possível encontrar opções de locação entre os bairros bons e baratos para morar em SP  em 2019.

De acordo com um levantamento da administradora LAR.APP, entre os 204 bairros da capital paulista, os 10 melhores em termos de custo-benefício, ou seja, que também são bons, porém mais baratos que os bairros citados acima, são:

  • Chácara Inglesa;
  • Cidade Jardim;
  • Liberdade;
  • Sumaré;
  • Vila Clementino;
  • Santa Cecília,
  • Vila Cruzeiro;
  • Vila Suzana;
  • Jardim Anália Franco;
  • Alto da Boa Vista.

Vale destacar que a pesquisa levou em consideração os valores de aluguel, de condomínio e IPTU, além da infraestrutura dos bairros em questão.

Menores aluguéis da cidade

Esses porém, não são exatamente as localizações com menores aluguéis da cidade de São Paulo. Os bairros mais baratos para alugar imóveis em São Paulo neste ano são:

  1. Vila Maria Alta: R$ 1.203,00.
  2. Vila Anglo Brasileira: R$ 1.163,00.
  3. Parque São Jorge: R$ 1.160,00.

Faça uma boa pesquisa sempre

Na hora de alugar ou comprar um imóvel, lembre-se de sempre consultar diferentes imobiliárias e opções antes de fechar qualquer negócio. Uma opção crescente de locação e venda na capital paulista são as kitnets e apartamentos de apenas 1 dormitório. Em 2018, este tipo de imóvel correspondeu a mais de 22% das vendas no ano.

As boas opções existem, basta procurá-las. Já para os locatários, o momento é de ficar de olho no mercado imobiliário para não perder a oportunidade de fazer negociações interessantes enquanto a valorização dos imóveis acontece. Esta  pode  ser,  portanto,  a  hora de aproveitar a recuperação do mercado imobiliário em São Paulo!

E você, tem alguma dica de bairro com preço convidativo para compra e aluguel em São Paulo? Então deixe seu comentário!

Aproveite também e compartilhe este conteúdo para ajudar os seus amigos a encontrarem os melhores imóveis para alugar!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *