Quando falamos sobre investimentos é muito comum que as pessoas acreditem que essa é uma atividade disponível apenas para quem tem bastante dinheiro disponível.

De fato, algumas opções oferecidas no mercado se limitam a pessoas que podem aplicar mais valores altos. Entretanto, elas não são as únicas alternativas para começar a investir.

É possível iniciar seus aportes mesmo ganhando pouco e obter bons resultados financeiros ao longo do tempo. Por isso, esperar aumentar a sua renda para só então iniciar suas reservas financeiras é um erro.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira então, no artigo de hoje, alguns motivos pelos quais você não precisa esperar mais para fazer seus primeiros aportes no mercado financeiro!

Investimentos de baixo custo

Uma das primeiras justificativas para dizer que é desnecessário esperar ganhar mais para começar a investir é que existem diversas opções de investimentos de baixo custo. O que isso significa? Que você não precisa ter, por exemplo, R$ 10.000,00 para fazer uma aplicação.

Investidores iniciantes podem começar com alternativas que partam de valores bem menores.

Os investimentos de baixo custo são aqueles que apresentam o valor mínimo pequeno para os aportes. Muitos deles também não cobram taxas para efetivar a aplicação.

Um dos exemplos mais interessantes e seguros são os títulos da plataforma do Tesouro Direto. Na plataforma do Governo Federal, é possível encontrar aplicações com valores mínimos menores que R$ 100,00 (alguns títulos atrelados ao IPCA partem de quantias mais baixas que R$ 50,00).

Também é possível aproveitar um CDB de liquidez diária — a liquidez diária significa que você pode sacar seu dinheiro de volta rapidamente e sem perder rendimentos. Aplicações com essa característica costumam também ter valor mínimo baixo, exatamente para atrair pequenos investidores.

Dessa forma, há opções no mercado com aporte a partir de R$ 100,00. Algumas instituições financeiras podem até mesmo aceitar quantias menores.

Compromisso importa mais que valor

Ao entrar no mundo dos investimentos você vai perceber que o compromisso em realizar aportes constantes importa bem mais do que o valor aplicado. Vamos entender essa lógica com um exemplo simples:

Imagine que o estagiário, mesmo com a sua renda limitada, comece a investir R$ 100,00 todos os meses. Enquanto isso, o seu chefe, que ganha um ótimo salário, não faz nenhum tipo de aplicação.

Nesse caso, quem você acha que estará mais perto de ter uma boa reserva financeira e obter rendimentos interessantes? O estagiário, certamente! Suponha que ele continue aplicando os R$ 100,00 mensalmente: em 20 anos, calculando esse valor em aplicação de baixo custo (como Tesouro) ele teria mais de R$ 46.000,00 ao final deste período!

Provavelmente o estagiário do nosso exemplo conseguirá rendimentos ainda maiores. Afinal, um investidor não continua iniciante por 20 anos. Com o tempo, ele aumenta o valor de seus aportes e também procura opções mais rentáveis para aplicar seu dinheiro.

Deu para perceber por que a constância nos investimentos é mais importante que o valor colocado?

Esse é um aprendizado essencial, já que o fator tempo exerce um potencial sobre os juros e favorece o investidor. Começando dessa forma, é possível, inclusive, juntar dinheiro aos poucos em aplicações de baixo custo e depois retirar a quantia maior e buscar alternativas mais arrojadas.

Quanto antes começar, melhor

No tópico anterior, você já teve uma ideia de como o tempo é uma variável importante nos investimentos. Por isso, uma frase que se aplica muito a esse contexto é a que diz “daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje”.

Basta imaginar que haveria uma ótima reserva lhe esperando na vida adulta se a sua família tivesse feito um investimento no seu nome e depositado esses R$ 100,00 por mês enquanto você crescia.

Então, pense que começar agora, mesmo com um valor pequeno, é melhor do que perder as oportunidades por ficar esperando uma situação de renda mais favorável. Caso seu salário só melhore daqui a um ou dois anos, você estará perdendo um valor significativo por não ter começando a investir com pouco dinheiro.

Reflita que quanto mais cedo uma pessoa se torna um investidor, maior será seu patrimônio no futuro. Além disso, começar cedo ajuda você a se familiarizar com os investimentos, conhecer as opções e aproveitar melhores oportunidades a cada ano.

É preciso criar o hábito

Infelizmente, não é incomum que as pessoas que dizem estar esperando ganhar mais dinheiro para começar a investir não comecem nem mesmo quando a sua renda aumenta. Por que isso acontece?

Porque criar um hábito financeiro não é algo simples. Controlar as finanças e fazer investimentos são habilidades que precisam ser aprendidas — por quem tenha um alto salário ou não.

Você já ouviu falar na lógica de que quanto mais uma pessoa ganha, mais ela gasta? Essa é realmente uma ideia muito difundida e faz todo sentido.

Afinal, quem não se condiciona a controlar os gastos e poupar dinheiro desde o começo de sua vida financeira, vai continuar tendo dificuldade em fazer isso quando passar a receber um salário maior.

Por isso, começar a investir cedo é também uma estratégia para organizar suas finanças e criar bons hábitos. E eles vão ser fundamentais para o seu futuro, pois vão condicionar suas escolhas e comportamentos financeiros, evitando o descontrole e o desperdício de dinheiro conforme a renda aumenta.

A educação financeira vai mudar sua vida

Começar investir não é apenas escolher uma aplicação e colocar o seu dinheiro lá. É preciso, antes de tudo, buscar educação financeira. Ou seja, estudar sobre estratégias de controle do orçamento, aprender técnicas para aumentar a sua renda, saber como economizar e poupar dinheiro e, claro, descobrir quais são os melhores investimentos para o seu perfil.

Tudo isso tem potencial para revolucionar sua vida financeira. Um dos maiores aprendizados que você terá é que a construção do seu patrimônio depende menos do quanto você ganha e mais da administração inteligente do seu orçamento. Afinal, o seu lucro é a diferença entre suas receitas e suas despesas.

Assim, gerenciar bem essas duas variáveis vai garantir o seu sucesso. E quanto antes você quiser começar a investir, mais cedo você vai buscar educação financeira e aprender a administrar melhor suas finanças, mudando sua vida para melhor.

Quem espera ganhar um salário maior para começar a investir está perdendo uma oportunidade de ouro de receber mais dinheiro. Afinal, é isso que um investimento faz: multiplica suas reservas financeiras e gera outra fonte de renda!

E então, está convencido de mudar sua forma de olhar para os investimentos? Saiba agora mesmo como investir na bolsa com pouco dinheiro!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *