Ter uma rede de contatos sólida é fundamental para qualquer profissional que deseja evoluir na carreira e encontrar oportunidades de negócio. E é cada vez maior o número de pessoas que decide utilizar esta ferramenta tão importante no dia a dia – em prol do seu crescimento no âmbito profissional e pessoal.

Apesar disso, existem ainda alguns erros comuns que as pessoas cometem na hora de se conectar aos demais, que podem acabar minando a rede de contatos. Se você quer fugir destes enganos e deseja criar uma rede de contatos ampla e solidificada, então o artigo de hoje pode ajudar.

Confira a seguir os principais erros no networking e descubra o que evitar para não cometer estes deslizes na hora de fomentar sua rede de contatos. Boa leitura!

Ser autocentrado

Este erro talvez seja um dos mais cometidos no dia a dia de qualquer profissional, não somente na hora de fazer networking, mas nas relações de modo geral. As pessoas querem ser notadas e falam sobre si mesmas, mas o exagero dessa atitude pode acabar resultando no efeito contrário. Falar demais sobre si mesmo e os próprios interesses não é uma qualidade relevante quando o assunto é formar uma rede de contatos e ter um relacionamento saudável com estes contatos. Por isso, para evitar erros no networking, evite focar-se em si próprio e dê mais atenção ao todo.

Esquecer os nomes das pessoas

Esquecer como as pessoas se chamam, perguntar pelo nome várias vezes ou, pior, chamá-las pelo nome errado pode ser um sinal de alerta para quem não deseja cometer erros no networking. Criar apelidos antes da hora ou sem o consentimento da outra pessoa também pode denotar uma intimidade forçada.

Por isso, preste atenção a quando as pessoas dizem seus nomes e faça um esforço para se lembrar. Se você tem dificuldades, pode até tentar algum curso de memorização.

Outra dica é iniciar uma conversação, introduzir um assunto e só depois perguntar o nome da pessoa. Quando se pergunta o nome logo de início, é comum se esquecer depois.

Ser arrogante

Este erro deve ser evitado e não somente no âmbito profissional. Contar vantagem e enumerar todos os seus sucessos, acertos e coisas magníficas que tem feito pode somente soar arrogante, e não lhe traz nenhum benefício prático.

É claro que você pode informar as pessoas sobre o que faz e suas eventuais conquistas, mas deixe o autoelogio em casa. Essa regra pode ser fundamental não apenas para evitar cometer erros no networking mas em uma série de outras situações – como em uma entrevista de emprego.

Para descobrir como aumentar suas chances de ser aprovado em uma entrevista de emprego, basta clicar aqui e ler nosso artigo sobre o tema!

Reclamações, críticas, fofocas

Conversas negativas, repletas de reclamações, críticas e fofocas devem ser mantidas em casa, entre pessoas muito próximas. Com contatos profissionais, evite reclamar sobre o mercado de trabalho, seu emprego ou até de questões pessoais.

Fofocas sobre os outros também podem pegar mal – principalmente se o seu objetivo é criar uma boa rede de contatos. Afinal, quem terá interesse em se tornar parceiro de alguém que não perde a oportunidade de falar sobre a vida alheia ou criticar a tudo e a todos?

Atenha-se a ser agradável e conversar sobre assuntos positivos e interessantes para ambos, que possam ser, de fato, relevantes e agregadores.

Contar sobre o quanto você detesta seu emprego

Reclamar sobre o próprio emprego, sobre o chefe ou a área de atuação não é a melhor forma de conseguir uma outra colocação ou fomentar parcerias comerciais. Procure sempre responder de forma polida e sensata, evitando exageros.

E, mesmo que você tenha em mente mudar completamente de carreira, reclamar do emprego atual não traz nenhum benefício ao seu networking. Lembre-se que, se você está reclamando da sua oportunidade atual, é muito possível que você faça o mesmo em outro emprego ou parceria.

Aparecer apenas para pedir ajuda

Sabe aquele contato na sua rede social que nunca curte o que você posta, nunca inicia uma conversa, mas aparece de repente dizendo que perdeu o emprego e perguntando se você pode ajudar? Este é o tipo de hábito quês se deve evitar para não cometer erros no networking.

Se você pretende ter sucesso no networking e utilizar isso a seu favor, aparecer só quando precisa de alguma coisa é muito pouco eficiente. Na verdade, esta prática faz as pessoas criarem um pouco de ressentimento, inclusive, e pouco auxilia no desenvolvimento da sua rede de contatos.

Aparecer apenas para divulgar um projeto ou pedir curtidas em uma página também tem o mesmo efeito. Portanto, para evitar aparecer apenas para pedir um favor ou ajuda a alguém, procure manter seus contatos sempre ativos. Cultive esta sua rede de contatos e esteja sempre disposto a colaborar quando for necessário – e possível.

Não ajudar os demais

É sempre bom relembrar que o networking é uma via de mão dupla, uma forma mútua de as pessoas se ajudarem. Um dos principais erros no networking é ver a rede de contatos como uma ferramenta para ser utilizada apenas em benefício próprio.

Procure ajudar seus contatos, demonstre vontade e interesse em ser útil. Ajude até mesmo antes de ser requisitado, quando for possível. Lembre-se que você pode, um dia, precisar de ajuda e será muito mais fácil obtê-la com seus contatos – seja para conseguir um novo emprego, fomentar parcerias ou negócios, etc – se você tiver sido útil ou ao menos prestativo em relação a eles quando foi necessário.

Ser um caçador ou um “puxa-saco”

Fazer conexões é muito benéfico para qualquer pessoa, mas é preciso ter um pouco de cautela e não exagerar. Não force uma conexão ou a intimidade, principalmente se você nota que a pessoa se sente desconfortável por alguma razão.

Não torne tão evidente e desagradável o fato de que você busca a conexão somente pelo que a pessoa pode lhe oferecer. Isso se aplica, em especial, a contatos bem-sucedidos e que já têm determinada posição e respeito em suas vidas e carreiras.

Seja humilde, polido e evite “puxa-saquismos”. Com educação, empenho e uma boa conversa, é possível conseguir bons contatos – que podem ser valiosos para você em diversas fases da vida.

Medir as pessoas pelas conquistas materiais

Na hora de fazer networking, é normal querer se aproximar de contatos que possam trazer algum crescimento pessoal. Mas se você apenas medir as pessoas pelo que elas possuem ou pela posição que ocupam, pode acabar perdendo muitas chances.

Perceba as pessoas pelo que elas são, e não pelo que possuem. Se você consegue perceber este valor, é muito provável que novas e melhores portas se abram para sua vida pessoal e profissional ao longo do tempo.

Afinal, se você consegue tratar bem e igualmente desde o presidente da empresa até o rapaz que lava o chão do banheiro, pode conquistar – através dos outros e de si próprio – um grau de admiração digno apenas dos grandes líderes.

Na hora de fomentar sua rede de contatos, portanto, busque fazer uma análise para verificar se há alguma atitude que precisa ser mudada, evitando erros no networking que podem minar qualquer boa oportunidade de conquistar boas parcerias e bons contatos para o seu dia a dia. Não se esqueça que o networking pode ser uma grande ferramenta para seu sucesso e, por isso, precisa ser usado da melhor forma possível.

Agora que você sabe como evitar erros no networking, que tal descobrir como sua rede de contatos pode ajudar você a abrir uma empresa com pouco dinheiro? Clique aqui e saiba mais.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *