Saber como fazer a administração do salário ainda é um desafio para muitas pessoas. Isso porque a maioria delas não teve acesso à educação financeira desde cedo. Como resultado, elas não sabem como economizar, gastam mais do que ganham e não investem o dinheiro para realizar sonhos.

Além disso, muitas não estão preparadas para passar por momentos críticos que podem comprometer a sua qualidade de vida. Felizmente ainda dá tempo de aprender a administrar de forma mais eficiente o seu salário.

Quer saber mais? Então continue a leitura para descobrir como cuidar do seu dinheiro!

Organize as suas finanças pessoais

O primeiro passo para administrar bem o seu dinheiro é organizar as suas finanças pessoais. Isso significa conhecer em detalhes os seus ganhos e seus gastos. Somente assim você saberá onde está gastando todos os meses.

Desse modo, pode entender por que está sempre no vermelho, se esse for o seu caso. Então liste todas as suas contas, principalmente os gastos menores que, a princípio, podem parecer inofensivos. No final do mês, eles podem ter um impacto significativo.

Esse controle pode ser feito por meio de planilhas e aplicativos que ajudam na organização financeira. Neles, você poderá anotar todos os seus ganhos, separando-os por contas. E também gerenciar os seus gastos de acordo com categorias. Por exemplo, moradia, alimentação e lazer.

Limite os seus gastos

Depois de fazer sua organização financeira, é o momento de limitar os seus gastos. Ou seja, definir o quanto você deve gastar com cada categoria de despesas. Isso é importante para que você consiga alinhar suas contas aos seus objetivos financeiros.

Nesse contexto, o método 50-30-20 pode funcionar para muitas pessoas — ou ser adaptado para a sua realidade. Ele consiste em dividir suas despesas em três categorias:

50% em gastos essenciais

Os gastos dessa categoria são aqueles indispensáveis para a sua vida, como moradia, saúde, alimentação, educação e transporte. Por isso, abrangem boa parte da sua renda. É possível que suas necessidades atuais ultrapassem esse limite. Então vale rever os gastos ou adaptar o método.

30% em gastos pessoais

Ao contrário do que muitos acreditam, não é preciso renunciar aos seus desejos pessoais, como um jantar com os amigos ou um cafezinho no começo do dia. No entanto, para evitar gastos descontrolados, é importante que eles estejam previstos no seu planejamento financeiro.

20% em investimentos

Esses recursos são destinados para a realização de sonhos e para assegurar uma vida financeira mais tranquila no futuro. Logo, ele pode ser utilizado como uma reserva de emergência ou para um projeto pessoal — como viagem, cursos ou a compra de um carro.

Coloque suas faturas com vencimento próximo ao seu pagamento

A próxima dica para fazer uma administração eficiente do seu salário é colocar o vencimento das suas contas próximo ao seu pagamento. Isso não só facilita a sua organização financeira, mas também evita que você atrase as contas ou se torne inadimplente.

Quanto mais longe a data de pagamento do seu cartão, por exemplo, estiver da data do recebimento seu salário, maior será a chance de se esquecer de pagá-lo. Além disso, maior será a possibilidade de não ter dinheiro para quitar a fatura na data de pagamento.

Dessa forma, você poderá se endividar. Vale lembrar, ainda, que ao pagar suas contas em dia você foge dos juros e multas. Assim, terá mais dinheiro disponível. Portanto, mude as datas das suas faturas para vencimento próximo ao recebimento do salário.

Acompanhe regularmente suas entradas e saídas

Como você viu, é importante anotar os seus ganhos e gastos, certo? Não importa se você fará isso por meio de um aplicativo, uma planilha de Excel ou um bloco de anotações. O importante é que você anote tudo, de forma detalhada e, de preferência, no momento em que ocorrem.

Dessa forma, você será capaz de identificar possíveis desperdícios e ver se os seus gastos estão dentro do planejado para não correr o risco de fechar o mês no vermelho. Ao controlar suas finanças pessoais, também perceberá o fruto dos seus esforços.

Por exemplo, se você decidiu ter uma reserva de emergência e respeitar seu planejamento, logo verá esse objetivo se concretizar. Portanto, acompanhe regularmente suas entradas e saídas. E, principalmente, saiba exatamente para onde seu dinheiro está indo.

Monte uma reserva de emergência

Administrar de forma eficiente seu dinheiro também significa montar uma reserva de emergência. Isso porque muitas famílias acabam comprometendo toda sua renda. Com isso, quando passam por situações delicadas, como a perda de um emprego, não têm segurança.

Consequentemente, precisam atrasar as contas que têm para pagar e, em muitos casos, ainda recorrem a empréstimos para conseguir sobreviver. A reserva de emergência serve justamente para trazer apoio em momentos como esse.

Então, se você quer ter mais tranquilidade e segurança quando passar por imprevistos, precisa montar a sua reserva. É aconselhável ter nela um saldo suficiente para cobrir suas despesas essenciais por, pelo menos, 6 meses.

Faça o seu salário render mais

Nossa última dica é fazer seu dinheiro render mais. Isso pode ser feito por meio de muitas alternativas, como o cashback. Ele é um termo que vem do inglês e significa “dinheiro de volta” — um benefício atrativo oferecido por alguns cartões de crédito.

Assim, após um consumidor finalizar uma compra, ele recebe de volta parte do dinheiro. Isso se torna bastante vantajoso para o consumidor, principalmente porque o cartão de crédito é o meio de pagamento que mais tem crescido nos últimos tempos.

Um cartão interessante no momento é o do banco BTG+. Ele é oferecido pelo BTG Pactual digital — o maior banco de investimentos da América Latina. E conta com três modalidades de cartões: Mastercard Gold, Mastercard Platinum e Mastercard Black.

Diferentemente de outras alternativas do mercado, os cartões BTG Black e Platinum depositam o cashback em um fundo de investimentos do programa Invest+. Assim, ele retornará rendimentos automaticamente para o cliente.

Além disso, os cartões BTG+ contam com outras funcionalidades que podem ajudá-lo a alcançar uma administração eficiente dos seus ganhos. Por exemplo, acompanhamento de compras em tempo real e agendamento de pagamento de boletos.

Os benefícios de fazer uma boa administração do seu salário são muitos. E eles passam por menos desperdícios, menos inadimplência, mais tranquilidade. Ademais, é possível fazer seu dinheiro render com bom uso dos cashbacks acumulados ao longo do tempo.

Gostou da ideia de ter um cartão de cashback que dá rendimentos? Então abra sua conta no BTG e acesse s benefícios do cartão BTG+!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *