O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, na última sexta-feira (1) o e-Título, que promete facilitar a vida do eleitor nas próximas eleições. Trata-se de um título de eleitor digital, que substitui a apresentação do título eleitoral físico na hora da votação.

O e-Título pode ser instalado por meio de um aplicativo para smartphone e estará disponível para os eleitores nas eleições do ano que vem. Mas é preciso estar atento às regras, já que o título de eleitor digital só poderá ser utilizado pelos eleitores que já possuem identificação biométrica cadastrada no TSE.

Instalação

Quem tiver interesse em apresentar o e-Título no lugar do título eleitoral físico pode baixar o aplicativo desenvolvido pela Justiça Eleitoral por meio do Google Play, para smartphones com sistema operacional Android. Já para os usuários do sistema iOS, da Apple, será necessário aguardar a liberação do app na Apple Store – o que deve ocorrer nos próximos dias, de acordo com o TSE.

Com o aplicativo instalado no celular, o usuário deve inserir o número do seu título de eleitor, seu nome, nome dos pais e data de nascimento. Após validação no próprio app, o e-Título é liberado e fica disponível ao eleitor para uso nas próximas eleições.

A expectativa é que aplicativo do e-Título ofereça, em um futuro breve, outros serviços aos eleitores, como a opção de fazer a justificativa eleitoral por meio do próprio app.

Biometria

De acordo com informações do TSE, cerca de 47,55% dos 146,7 milhões de eleitores do país já fizeram o cadastramento biométrico. Em alguns municípios, a biometria será obrigatória já nas próximas eleições.

Quem ainda não realizou o cadastramento da biometria deve se apressar, já que muitos municípios encerram o prazo para cadastro no mês de janeiro. No site do TRE é possível verificar em quais cidades brasileiras a biometria será obrigatória em 2018 e conhecer o procedimento para agendamento do cadastramento biométrico.

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *