Todos os indivíduos imaginam a importância de termos atitudes sustentáveis, mas poucos sabem como de fato praticá-las. O que as pessoas muitas vezes não sabem é que praticar a sustentabilidade em casa pode trazer muitos benefícios não só para o meio ambiente mas, principalmente, para o nosso bolso.

Todos devemos contribuir para proteger o meio ambiente e os recursos naturais. Começar aplicando medidas em nossos lares é o primeiro grande avanço nesse sentido.

Que tal tomar atitudes ecológicas para proteger a natureza e ainda sobrar um bom dinheiro no final do mês? Leia o artigo e descubra como a sustentabilidade no ambiente doméstico pode lhe fazer ficar com a consciência leve e ainda economizar dinheiro!

1. Iluminação

Você é daqueles que deixam as luzes acesas mesmo não estando no local? Além de gastar energia, sua conta de luz pode ter aumentos desnecessários! Por isso, sempre desligue as luzes ao sair de um cômodo. Ainda, troque suas lampadas por aquelas de LED, que são mais econômicas e ecológicas.

Durante o dia, abra todas as janelas e deixe a casa totalmente arejada e iluminada. Assim, você poderá utilizar a iluminação natural e economizar energia elétrica durante o dia. Isso ajuda a diminuir o valor da conta de luz e, claramente, contribui para acabar com o desperdício de energia.

2. Plante sua comida

Se você mora em casa, que tal aprender a plantar seus próprios alimentos? Assim você economiza no mercado, come alimentos orgânicos e evita se alimentar de produtos dos quais não se sabe a origem.

Plantar também lhe ajuda a desperdiçar menos alimentos, pois o que estiver estragado pode ser usado para fazer compostagem. Se você mora em um lugar quente, plantar árvores e flores poderá deixar o ambiente mais arejado e fresco.

3. Lixo

Separar o lixo é importante e todo mundo deve saber disso. Contudo, você presta atenção no que joga no lixo?

Muitos alimentos são desperdiçados e a grande maioria vai para o lixo ainda em bom estado, podendo ser aproveitados.  Por isso, tenha mais consciência na hora de fazer as compras e analise bem antes de jogar alimentos fora.

Outro fator importante tem a ver com os produtos recicláveis, que não precisam ser jogados no lixo. Muitos desses artefatos poderiam apenas ser consertados, vendidos ou utilizados em alguma outra função, seja um artesanato ou um item com utilidade para a casa.

Pense muito bem antes de jogar, por exemplo, sapatos, objetos ou eletrônicos fora, pois poderão ser arrumados, vendidos ou doados.

4. Alimentos

O primeiro passo para ser uma pessoa sustentável e econômica é prestar muita atenção nos alimentos. Evite realizar compras mensais e vá ao supermercado semanalmente para comprar somente o que utilizará naquela semana.

Alimentos desperdiçados poderiam ser usufruídos para nutrir outras pessoas. Além de não ser um destino inteligente, desperdiçar alimentos é dinheiro jogado fora.

Se você compra certos produtos e joga parte deles fora (por exemplo: quando compra couve flor e descarta o caule), deixa de utilizá-la em pratos distintos, não aproveitando totalmente seu potencial nutritivo.

Assim, pesquise receitas para utilizar essas partes que você geralmente não come. Além de adquirir novos conhecimentos em culinária, você não estará desperdiçando e produzirá menos lixo orgânico.

Desta forma, evita-se que alimentos sejam jogados fora indevidamente e que haja a necessidade de adquirir mais alimentos desnecessariamente.

5. Utilize eletrônicos com sabedoria

Nao deixe na tomada um laptop que não está sendo utilizado ou não será mais usado no dia. Da mesma forma, se o celular já está com a bateria carregada, tire-o da tomada. O mesmo vale para a TV, que não deve ficar ligada quando não há ninguém assistindo.

Por outro lado, eletrônicos podem contribuir com a sustentabilidade, evitar desperdício e a economizar nosso dinheiro. Procure diminuir ou até extinguir o uso de papéis em casa e anote tudo em agendas eletrônicas ou outro aparelho tecnológico.

Cadernos, agendas, canetas e blocos de notas custam uma quantia de dinheiro que poderá ser utilizado para outros fins.

6. Faca atividades ecológicas e gratuitas

Que tal contribuir com o meio ambiente e se divertir? Isso é possível e pode ser muito interessante. Em vez de ficar dentro de casa gastando luz, que tal dar um passeio no parque ou fazer um piquenique no quintal de casa?

Se mora em prédio, que tal utilizar o pátio para fazer yoga? Se ainda for difícil fazer atividades fora de casa, você pode optar por realizar atividades como: ler um livro, jogar jogos de tabuleiro ou de cartas ou outra atividade que não utilizam energia ou produzam lixo.

7. Mude a alimentação

Você tem noção de tudo o que compra e come? Se não, comece a analisar cada item que coloca no carrinho, pois é geralmente no supermercado que gastamos a maior parte do nosso dinheiro.

Se você se alimenta muito de carnes e laticínios, saiba que estes geralmente são os mais caros e os que mais prejudicam o meio ambiente. Não é necessário parar de comê-los se não quiser, mas tente diminuir o seu consumo o máximo que puder.

Além de contribuir com a natureza e com a sua saúde, seu bolso irá agradecer por causa da redução no valor despendido no mercado. Dependendo do quanto você reduzir, essa diferença pode ser bem significativa na sua despesa mensal.

8. Troque seus produtos de limpeza

Você percebeu que deve analisar cada item que é comprado, certo? O mesmo vale para produtos de limpeza. Vários produtos contêm agentes químicos que fazem mal para a saúde e até para o meio ambiente.

Pesquise outros produtos mais ecológicos em lojas especializadas. De repente, você poderá encontrar opções mais em conta, que durem mais e prejudicam menos sua saúde e o ecossistema.

9. Transporte

Se você tem carro, que tal andar mais a pé ou utilizar meios alternativos como a bicicleta para ir a algum lugar? Deixe para usar o carro somente quando for a lugares mais distantes ou quando for muito urgente.

Economizar gasolina e tempo no trânsito é muito bom. Emite menos gás carbônico (CO²) e o valor poupado poderá ser bem alto.

10. Troque produtos antigos

Produtos antigos ou até mais novos, mas que gastam muita energia, devem ser substituídos. Olhe tudo o que for mais antigo e troque, seja uma torneira, descarga ou chuveiro. Coloque uma versão mais nova e que economize mais energia. Assim, você poderá perceber uma grande redução na fatura de luz, por exemplo.

Sustentabilidade deveria ser a palavra de ordem de todo mundo. Diariamente, temos hábitos que prejudicam o meio ambiente e nem percebemos. Adotar atitudes sustentáveis é essencial para preservamos ao máximo nossos recursos naturais.

Muitos não imaginam, mas tais ações podem contribuir para a economizar dinheiro, seja em casa, na rua e até no trabalho. Modificar nossas ações para sermos ecológicos é mais que essencial atualmente, e isso deve ser iniciado no ambiente doméstico. Portanto, siga as dicas, torne-se mais consciente e economize dinheiro!

Gostou das dicas? Então siga-nos na página do Facebook e fique por dentro sobre como economizar dinheiro e fazê-lo trabalhar para você!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

 

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *