Sentir-se estagnado no trabalho é uma frustração para muitos profissionais. Isso pode ser motivo para enfrentar desmotivação e até problemas mais sérios — como a Síndrome de Burnout. A busca por ascensão profissional é uma maneira de aumentar a satisfação com as atividades que realiza e, claro, também obter uma renda maior.

Embora às vezes não pareça, sempre existem opções para quem quer crescer na carreira. Muitas vezes, o que falta é fazer uma análise da sua realidade e montar um plano de ação efetivo para a conquista de novas oportunidades.

Então que tal conferir algumas dicas que vão lhe ajudar a caminhar rumo ao crescimento profissional? Acompanhe a leitura e confira!

1. Saiba aonde quer chegar

O primeiro passo para ascender na carreira não poderia ser outro. É preciso saber quais são as suas metas na vida profissional. Do contrário, fica fácil se manter no mesmo patamar e não procurar desafios diferentes e mais interessantes. Nesse caso, a desmotivação ser fruto da sua falta de foco.

Você já parou para pensar no que quer para o seu futuro? Se deseja continuar na mesma profissão, se almeja um cargo de liderança na empresa onde trabalha ou se a sua intenção é atuar em outras companhias?

Essas perguntas abrem margem para reflexões muito profundas. Logo, é importante pensar sobre isso com atenção.

Apenas quando você consegue observar quais são os seus interesses é que se torna viável definir objetivos e fazer um planejamento. Com isso, o crescimento profissional começa a se desenhar de fato.

Quem deseja, por exemplo, experimentar uma nova carreira, precisa definir as suas metas e pensar no que fazer (escolher outra profissão, ver qual é a formação necessária, investir em qualificação etc).

2. Construa um bom currículo

Independentemente das decisões que você tomar no passo anterior, sempre será fundamental ter um currículo atrativo para as empresas — ou para os clientes, no caso de profissionais autônomos e empreendedores. Então, procure formas de enriquecer o perfil profissional que você apresenta.

A sua formação está entre os principais dados de um currículo. Ao falar disso, inclusive, é importante lembrar que o diploma do Ensino Superior não é mais suficiente para garantir o sucesso.

Nesse sentido, portanto, é muito válido investir em novas aprendizagens, desde cursos de extensão com menor carga horária até especializações ou mesmo outra graduação.

A participação em eventos também tem caráter formativo. Assim, um profissional enriquece o seu perfil para competir em seleções quando se mostra dinâmico e inclui no currículo a ida a palestras, seminários, treinamentos etc. Profissionais que se limitam à formação básica acabam perdendo oportunidades de crescer na carreira.

Outro aspecto muito relevante no seu currículo é o histórico de experiências profissionais. Além de diversificar a sua atuação, vale a pena ter atenção em como as informações são expressas nele. Procure resumir os fatos de maneira atrativa e, sempre que possível, comente os resultados que você apresentou em cada cargo.

3. Enriqueça seu networking

A construção de uma boa rede de contatos profissionais gera inúmeras vantagens. Por meio de um networking bem feito é possível aprofundar conhecimentos, ter suporte nos desafios que encontra no trabalho e, claro, crescer na carreira.

Afinal, ter bons relacionamentos passa uma imagem positiva nas empresas e pode ser algo crucial no momento de decidir quem recebe uma promoção.

Além disso, os seus contatos profissionais vão ser muito úteis para trocar informações e indicar o seu nome em oportunidades de emprego. Por isso, vale a pena aproveitar todas as chances para enriquecer o seu networking.

Procure manter uma relação positiva com colegas de curso e antigos parceiros de trabalho — e aproveite a participação em eventos para conhecer pessoas e ampliar sua rede.

4. Invista em desenvolvimento emocional

O conhecimento técnico é indispensável para o crescimento na carreira. Entretanto, exatamente por isso, ele também deixou de ser algo que diferencia os profissionais em uma empresa.

Em outras palavras, dominar a técnica da sua área de atuação é um requisito que você deve apresentar, mas precisa ir além dele se quiser obter destaque no trabalho.

Nos últimos anos, o desenvolvimento emocional tem ganhado evidência entre os empregadores. Isso não acontece por acaso.

Pessoas com melhor capacidade de comunicação e relacionamento agregam vantagens competitivas para as empresas — já que, na maioria delas, o sucesso nos resultados depende do trabalho em grupo.

A inteligência emocional é um fator importante mesmo em locais que não demandam tanto relacionamento interpessoal, pois ela influencia na motivação e produtividade dos funcionários. Esse aspecto é especialmente relevante para quem almeja cargo de liderança, cujas funções exigem bastante das habilidades pessoais.

Portanto, procure reconhecer e desenvolver melhor as competências de nível pessoal, como o autoconhecimento, a colaboração, a mediação de conflitos, a flexibilidade e a capacidade para lidar com a pressão. Sem dúvida, essas características serão úteis para alcançar seu objetivo de crescer na carreira.

5. Vá além da sua área de atuação

O mercado de trabalho tem valorizado cada vez mais a versatilidade dos profissionais. Essa é uma qualidade buscada por muitas empresas modernas, que já organizam o seu modelo de negócio buscando colaboradores que tenham uma visão ampla de todas as atividades e setores da organização.

E isso também acontece em empresas mais antigas e com modelos tradicionais. Afinal, o profissional que mostra ir além da sua área de atuação pode contribuir em diversos departamentos e ser crucial na implantação de estratégias diferenciais para a empresa.

A versatilidade também pode, inclusive, ser entendida como perfil empreendedor — quando o colaborador é proativo e tem uma visão ampla, como se fosse dono do negócio. Quem desenvolve esse faro tem curiosidade para compreender e otimizar os processos  relacionados aos que ele realiza.

6. Aprenda a negociar

É mais difícil obter ascensão na carreira quando ninguém sabe que você tem essa pretensão, certo? Saber comunicar suas metas e negociar as condições de trabalho são, desta forma, ações que fazem toda a diferença na caminhada para alcançar esse objetivo.

Além de falar sobre as suas intenções com gestores da empresa, é importante também saber demonstrar o seu valor na organização. Então, fique sempre atento para mensurar e apresentar os resultados do seu trabalho. Dessa forma, você estará pronto para pleitear os próximos passos da sua carreira com propriedade.

Essas foram as nossas 6 dicas de ouro para crescer na carreira. Ao colocá-las em prática, portanto, você certamente vai sentir a diferença no andamento da sua vida profissional.

Lembre-se sempre de ficar atento às oportunidades que surgem e buscar constantemente se capacitar para aproveitá-las!

Quer continuar contando com a nossa ajuda? Assine a newsletter do site e acompanhe o que publicamos!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *