O planejamento financeiro é uma estratégia indispensável na vida de qualquer pessoa ou empresa. Afinal, é por meio dele que você consegue manter suas contas em dia e organizar a manutenção e o crescimento do seu negócio no mercado.

Tanto os pequenos quanto os grandes empreendedores precisam estar munidos de boas ferramentas e técnicas para fazer esse planejamento. São muitas as vantagens do controle financeiro para empresas.

Confira as principais a seguir!

1. Maior segurança financeira

Sem dúvida, quem decide abrir o próprio negócio deseja que ele cresça e garanta bons lucros ao longo de sua existência. O problema é que, infelizmente, muitos empreendedores não conhecem técnicas eficientes de controle financeiro e têm dificuldades para realizar essa função.

É preciso saber que ter boas ideias e ser capaz de colocá-las em prática é apenas alguns dos requisitos para ter uma empresa. Também se faz necessário saber lidar com as burocracias — como contratar funcionários, montar orçamento, organizar as finanças, etc.

A maior vantagem de buscar esse tipo de conhecimento é exatamente conquistar segurança financeira. Afinal, sem ela, é impossível ter um negócio que dê certo e consiga crescer no mercado.

Algumas dificuldades de quem não aproveita essa vantagem podem ser: lucros reduzidos, endividamento e até mesmo a falência. Por isso, inclua o controle financeiro na sua rotina o quanto antes para usufruir de maior segurança no seu negócio.

Essa iniciativa tem poder para aumentar muito sua tranquilidade. Ficará mais simples manter os pagamentos em dia e aumentar o retorno financeiro da empresa. Além disso, você terá melhores condições de saber como investir seu dinheiro no empreendimento.

2. Economia

Conseguir economizar mais no dia a dia da empresa é outra vantagem muito relevante que o planejamento financeiro traz para você. Pense um pouco em como uma pessoa física alcança esse benefício ao organizar seu orçamento.

Quando a renda e os gastos mensais são registrados, torna-se possível analisar para onde o dinheiro está indo e tomar decisões mais eficazes para reduzir custos. O mesmo processo deve acontecer na sua empresa.

Se todas as entradas e saídas forem registradas e analisadas com cuidado, você saberá identificar quais são os gargalos da sua administração e que estratégias podem ser utilizadas para superá-los.

Um exemplo de economia que costuma vir dessa análise é a renegociação com fornecedores. Analisando os contratos e os custos mensais da sua empresa, é viável concluir se suas relações de parceria comercial estão sendo vantajosas ou podem melhorar.

Além disso, a qualidade do controle de estoque também aumenta, pois é possível coordenar melhor as compras acompanhando as movimentações de dinheiro. Isso sem falar em economias rotineiras — como as obtidas em contas de energia, água e material de escritório.

3. Análise do retorno de seus investimentos

Abrir um negócio significa investir dinheiro esperando um retorno interessante. Ninguém pretende trabalhar por conta própria sem receber um bom salário e lucro, certo?

Sabemos que muitas vezes essa é a realidade no começo do empreendimento, mas seu esforço deve ser para superar essa situação o quanto antes.

Para isso, é indispensável avaliar os resultados que a empresa está dando. Uma das técnicas utilizadas para isso é o cálculo do ROI (retorno sobre investimentos). Essa métrica é calculada na seguinte equação:

ROI = (ganhos do negócio – dinheiro investido) / dinheiro investido

O resultado desse cálculo mostra se você está tendo prejuízo ou lucro. Logo, vale a pena conhecer sempre o ROI para avaliar a saúde financeira do seu negócio. E isso só é possível para quem exerce o controle financeiro da empresa.

4. Acompanhamento do negócio

Quem não realiza o controle financeiro da empresa, não consegue contar com informações precisas sobre suas finanças. Isso gera um grande risco, já que o empreendedor pode desenvolver imagens falsas sobre o negócio — baseado em dados fracos.

Considerando isso, outra vantagem essencial de quem tem controle financeiro é o ser capaz de acompanhar o negócio de perto. Você já ouviu um ditado empresarial que afirma “o olhar do dono é que engorda o gado”?

Essa frase representa a ideia de que o empreendedor deve estar presente na empresa. Entretanto, isso não significa que apenas o seu olhar tem o potencial de trazer bons resultados. Na realidade, o ponto central é o seu trabalho de análise de dados.

Ou seja, acompanhar o negócio e utilizar técnicas que lhe permitam ter informações realistas sobre ele são práticas fundamentais para ter sucesso. E é isso que o controle financeiro empresarial proporciona.

5. Aperfeiçoamento da tomada de decisão

O que você faz quando precisa tomar uma decisão sobre os rumos da sua empresa? Por exemplo, antes de lançar um novo produto, ampliar sua atuação no mercado, contratar novos funcionários, etc.

O ideal é que todo processo decisório seja baseado em análises eficientes. Afinal, há grandes riscos em fazer escolhas empresariais tendo como base apenas suas ideias. Ser criativo e ter espírito empreendedor é ótimo, mas isso precisa ser equilibrado também com a realidade.

Quem realiza um bom controle financeiro consegue tomar decisões com mais tranquilidade — e o melhor: usufrui maior probabilidade de conquistar o sucesso. Com certeza vale a pena se planejar para as mudanças considerando a saúde financeira da sua empresa.

Isso faz diferença nos mais diversos setores de um negócio. Seja para procurar novos fornecedores ou aumentar os pedidos com os atuais, modificar as estratégias de gestão de pessoas, aumentar os investimentos em determinado processo, diminuir custos, entre outros.

6. Praticidade

As demandas burocráticas são o pesadelo de alguns empreendedores. De fato, nem sempre é simples organizar relatórios gerenciais, fazer o balanço contábil, declarar impostos, coordenar o pagamento dos funcionários e a emissão de todas as notas fiscais.

Se esse é um trabalho que você considera difícil, a boa notícia é que a gestão financeira também ajuda nisso. Ele torna essas atividades muito mais práticas, já que todas as informações são organizadas cotidianamente e não é preciso correr atrás de números em cima da hora.

Viu como o controle financeiro para empresas gera várias vantagens para o seu dia a dia e para o crescimento do negócio? Não deixe de desenvolver esse hábito o quanto antes. Atualmente, existem diversas ferramentas e recursos que ajudam o empreendedor nisso.

Que tal conhecer algumas dessas ferramentas que citamos? Veja 10 programas que lhe ajudam no controle financeiro empresarial!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *