Ter tranquilidade para lidar com as obrigações mensais é o objetivo de muitas pessoas, situação também conhecida como bem-estar financeiro. No entanto, essa conquista exige observar diversos fatores, como a renda obtida e o controle dos gastos.

Afinal, eles devem ser compatíveis com o orçamento. Nesse sentido, conquistar essa tranquilidade pode parecer bastante desafiador. Mas, com organização e conhecimento sobre educação financeira, é possível alcançar esse objetivo.

Quer aprender como fazer isso? Continue a leitura e descubra como alcançar o seu bem-estar financeiro!

O que é bem-estar financeiro?

O bem-estar financeiro, conhecido no inglês como financial well-being, é definido como um estado em que a pessoa é capaz de honrar completamente suas obrigações financeiras. Dessa forma, ela pode se sentir segura em relação ao futuro e realizar escolhas visando aproveitar a vida.

Este conceito tem como base a definição da Consumer Financial Protection Bureau (CFPB), uma agência norte-americana de proteção ao interesse dos consumidores. Na prática, ele é importante porque garante mais segurança para o dia a dia.

Por que o bem-estar financeiro é importante?

Se você tem dúvidas sobre a importância de conquistar esse patamar nas suas finanças, vale se aprofundar sobre o assunto. Na prática, a preocupação constante com as contas e, até mesmo, a dificuldade para lidar com esses fatores pode gerar diversos problemas.

Estresse, excesso de trabalho, endividamento e outras ocorrências tendem a ser mais comuns quando ainda não se conquistou o bem-estar financeiro. Contudo, para entender como atingir esse objetivo, vale a pena conhecer o que faz parte desse conceito.

Quais são os componentes do bem-estar financeiro?

Como você viu, o bem-estar financeiro é bastante relevante, mas o conceito nem sempre é simples de compreender. Para facilitar, vale a pena conhecer os seus componentes.

Veja:

  • controle das finanças: traz uma visão precisa da situação financeira e proporciona um melhor planejamento. Assim, é possível evitar o endividamento e construir um patrimônio;
  • capacidade de lidar com imprevistos: significa ter condições de lidar com gastos que não estão no orçamento sem precisar se endividar, como por meio de uma reserva de emergência;
  • definição de objetivos: os objetivos ajudam a estruturar as finanças e manter o foco nas estratégias definidas, como comprar um imóvel, viajar ou conquistar a independência financeira;
  • uso do dinheiro para aproveitar a vida: também é preciso ter conforto, aproveitar momentos de lazer e realmente usufruir do dinheiro para isso. O bem-estar financeiro permite planejar essas situações, sem prejudicar o orçamento.

Como alcançar o bem-estar financeiro?

Agora que você já sabe o que é o bem-estar financeiro e os pilares que o compõem, é hora de aprender como alcançar esse objetivo. Confira o passo a passo:

Administre os seus gastos

O primeiro passo para atingir o seu bem-estar financeiro é administrar os seus gastos e fazer um planejamento financeiro. Nesse caso, a ideia é conhecer quais são as suas fontes de renda e as despesas mensais para entender como está o orçamento familiar.

Para isso, comece anotando todos os ganhos do mês, considerando fontes fixas e variáveis. Depois, faça o mesmo em relação aos gastos. Isso pode ser feito em um caderno, em uma planilha ou em um aplicativo de controle financeiro.

Tendo essa visão das suas contas, você pode buscar formas de otimizar o orçamento. Por exemplo, uma análise detalhada dos gastos permite encontrar e cortar despesas desnecessárias. Para tanto, é importante que você entenda o papel da educação financeira.

É por meio dela que é possível aprender a ter uma relação saudável com o dinheiro e adotar melhores hábitos de consumo. Ainda, ela ajuda a identificar a importância de investir em boas práticas para fazer o dinheiro render.

Quite suas dívidas

Quando se fala em bem-estar financeiro, ter dívidas pode ser um impeditivo para essa conquista. Afinal, as preocupações com as contas em aberto, assim como o aumento dos valores devidos com a aplicação de juros e multas, dificultam a organização do orçamento.

Logo, um passo importante é quitar as dívidas. Comece analisando as pendências para entender o montante devido. Avalie também o impacto dos juros e identifique quais têm taxas maiores — elas devem ser prioridade na quitação.

O próximo passo é analisar o orçamento para traçar estratégias para quitar os valores, como economizar ou buscar renda extra. Também vale negociar o valor com os credores e novos prazos, visando reduzir custos e os impactos do atraso.

Construa sua reserva de emergência

A reserva de emergência é uma ferramenta muito importante para atingir o bem-estar financeiro. Ela consiste em um montante que servirá para cobrir gastos imprevistos e urgências. Para tanto, o valor deve ser de pelo menos 6 meses dos seus gastos mensais.

Depois, o valor deve ser aplicado em um investimento que tenha segurança e alta liquidez, visando apenas proteger o poder de compra. Assim, o mais comum é que a reserva de emergência seja aplicada em alternativas de renda fixa, como o Tesouro Selic e CDBs de liquidez diária.

Planeje o seu futuro

Outro passo fundamental é planejar o futuro, identificando o que deve ser feito para ter tranquilidade em longo prazo. Por exemplo, pensar em como ter renda para complementar a aposentadoria e manter o padrão de vida é importante para o bem-estar em relação ao orçamento.

Nesse caso, existem diversas alternativas de investimento para aposentadoria, então você pode escolher a que melhor se encaixe com os seus objetivos. Ademais, o mercado financeiro conta com opções que podem se adequar a outras metas de curto, médio e longo prazo.

Estude sobre educação financeira e investimentos

Por fim, é importante buscar formas de ampliar o seu conhecimento sobre educação financeira e as oportunidades para investir. Afinal, ter um bom relacionamento com o dinheiro é necessário para cumprir todos os passos anteriores.

Além disso, conhecer o funcionamento do mercado e as características de cada alternativa de investimento ajudará a tomar decisões mais adequadas. Assim, você pode compor uma carteira que viabilize a construção do patrimônio e a conquista de diferentes objetivos.

Viu como alcançar o bem-estar financeiro pode não ser uma tarefa tão desafiadora? Com organização e planejamento, é possível conquistar esse objetivo, trazendo mais tranquilidade para aproveitar a vida e realizar os seus planos.

Quer aprofundar os seus conhecimentos sobre o tema? Conheça o curso “Saindo das Dívidas” e veja como conquistar esse objetivo!

 

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *