Entender o que é planejamento financeiro é um primeiro passo para ter mais tranquilidade e prosperidade. A prática é muito importante para controlar e organizar suas finanças, além de poder fazer planos concretos.

Porém, é comum ter dúvidas sobre o que ele realmente é, sua importância como se planejar de forma eficiente. Saber tudo isso pode ajudar a realizar seus sonhos financeiros e trazer mais segurança para o seu orçamento.

Quer entender mais? A seguir, você aprenderá o que é planejamento financeiro e por que é tão importante considerá-lo. Acompanhe!

O que é planejamento financeiro?

Planejamento financeiro significa, basicamente, organizar as suas finanças, controlar gastos e computar ganhos para ter segurança em relação ao dinheiro. O principal objetivo dele é melhorar a saúde financeira das pessoas, gerando mais qualidade de vida.

Em resumo, ele é uma etapa importante no equilíbrio da sua renda e dos gastos. Assim, auxilia também a conquistar seus desejos financeiros. O planejamento pode ser feito tanto a médio quanto a longo prazo. Por isso, é uma prática que deve ser sempre revista.

Planejar as finanças requer ter uma série de medidas pensadas de forma lógica. Ou seja, não é apenas uma prática isolada. Toda organização em relação ao orçamento deve ser feita pensando em seus objetivos e na montagem de um plano de ação.

Se você não controla o quanto ganha e gasta, dificilmente conseguirá saber qual quantia consegue guardar em determinado período, certo? A falta de informação dificulta planos para o futuro. Afinal, não há um controle preciso de quando conseguirá ter determinada quantia em caixa.

Para que ele serve e por que é importante?

Você já sabe o que é o planejamento financeiro, mas para que serve? E por que é tão importante? Ao pensar sobre o assunto, é possível listar diversos benefícios da atitude — e todos eles influenciarão diretamente sua vida.

O primeiro benefício é o controle do orçamento. Com ele você saberá exatamente como estão as suas finanças pessoais. Logo, torna-se possível ter um panorama completo da saúde financeira e saber como estão os seus investimentos.

O controle de gastos naturalmente o fará economizar dinheiro, porque a gestão do patrimônio é feita com mais inteligência e embasamento. Não é possível poupar sem saber realmente como estão as finanças, não é mesmo?

Além disso, ele também permite eliminar gastos desnecessários do seu dia a dia. A organização financeira ajuda a identificar tudo que você gasta em um mês — e os números podem surpreender.

É comum gastar com serviços pouco utilizados, como pacote de TV a cabo ou aplicativos, por exemplo. Além disso, há gastos que podem ser reduzidos, como a conta de energia, pacote de dados de internet, telefone etc.

Ao proporcionar economia, o planejamento financeiro também serve para diminuir a possibilidade de endividamento. Quando não é possível arcar com obrigações financeiras, é comum recorrer a empréstimos, pagamento mínimo de faturas ou cheque especial.

Essas atitudes são prejudiciais para a saúde financeira da família: acarretam o pagamento de juros e contas mais altas no futuro. Além disso, a qualidade de vida fica prejudicada, pois os débitos geram preocupações e ansiedade.

Como fazer um planejamento eficiente?

Antes de aprender como fazer um planejamento financeiro, é fundamental entender que essa prática deve ser recorrente. Como você viu, o plano pode e deve ser revisto a cada momento, para considerar suas possibilidades e limitações.

O intuito é planejar um futuro mais tranquilo. Um bom exemplo é que o planejamento financeiro pode ajudar você a garantir sua aposentadoria. Com bons investimentos e um plano bem estabelecido, será viável ter uma renda quando já tiver com idade avançada.

Porém, para isso é preciso manter o seu planejamento ao longo da vida. A seguir, confira alguns passos importantes!

Determine suas metas

O primeiro passo para fazer um planejamento eficaz é determinar metas. Qual é o seu objetivo em relação às suas finanças? Sair do endividamento, comprar um imóvel, garantir um patrimônio para os filhos, viver de renda, aposentar-se? São muitas as possibilidades.

Conhecer seus objetivos e os prazos em que você quer alcançá-los determinará todos os outros passos da sua organização financeira. Mas lembre-se de que é fundamental que as metas sejam realistas, sempre de acordo com a sua realidade.

Controle suas finanças

Definidas as metas, é hora de começar a controlar as finanças. Como você viu, é fundamental saber quanto tem de renda, quais são seus gastos e o que sobra todo mês. Há algumas técnicas úteis nessa tarefa.

A mais comum é usar uma planilha de controle financeiro. Com ela é possível anotar os rendimentos e os gastos. Somando todos os pontos ficará mais fácil fazer uma análise e acompanhar a sua evolução.

Também existem aplicativos de smartphone com tal funcionalidade. E, claro, algumas pessoas preferem usar cadernos ou agendas em papel. Independentemente do meio escolhido, lembre-se de anotar com rigor todos os dados.

Defina no que poupar

Depois que alcançar o controle das suas finanças, você poderá definir em quais áreas consegue poupar. Essa etapa é muito importante para começar a guardar mais dinheiro e chegar mais perto da realização de seus planos.

Muitas vezes, existem gastos desnecessários que nem percebemos. Assim, o acompanhamento do orçamento lhe permitirá visualizá-los e tomar decisões sobre eles. Então você pode cancelar serviços subutilizados, negociar assinaturas e cortar outros custos.

Entenda como investir dinheiro

Poupando mais todos os meses, sobrará mais dinheiro. Você sabe o que fazer com o montante? Uma dica para construir patrimônio é investir. Mas, antes de qualquer atitude, é preciso entender como fazer isso.

Saber quais investimentos condizem com seus objetivos e perfil é o primeiro passo. Descubra seu perfil de risco, estude sobre o mercado financeiro e busca opções para diversificar a sua carteira de investimentos. A estratégia dilui os riscos e traz mais segurança.

Evite investir em alternativas que você ainda não conhece bem. Certifique-se de ter entendido o assunto antes de tomar uma decisão. Vale a pena ler sobre o tema, em páginas confiáveis, e também acompanhar cursos de profissionais do ramo.

Agora você sabe o que é planejamento financeiro e como ele é fundamental para planejar o futuro e cuidar das finanças. Aplique esse conceito na sua vida e alcance mais prosperidade. Assim, será possível tomar decisões de acordo com os seus objetivos e sonhos!

Ficou interessado em aprender mais sobre o mercado financeiro? Então acompanhe nosso artigo sobre os melhores investimentos para perfil conservador!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *