Um dos maiores desafios de um empreendedor é gerir com eficiência os recursos humanos. Embora esse seja um grande diferencial competitivo do negócio, nem todos os empresários têm experiência e conhecimentos para realizar os processos de recrutamento e seleção com eficiência.

Mas com certeza vale a pena saber mais sobre isso — e se cercar de pessoas que lhe ajudem a aperfeiçoar seus resultados nesse campo. Afinal, erros na contratação de pessoal causam diversos problemas, como desalinhamento com a cultura organizacional e até aumento das demissões.

Então, que tal entender como contratar bons funcionários? Confira as dicas deste post!

Não tenha pressa

A primeira orientação que precisamos dar sobre esse assunto diz respeito ao cuidado que o processo de seleção necessita. Tenha sempre em mente que você está escolhendo as pessoas que farão parte da sua empresa e construirão junto com você os resultados dela.

Selecionar novos colaboradores de maneira apressada gera custos que poderiam ser evitados. Gastos com treinamentos, demissões e novas contratações são alguns exemplos. Além disso, funcionários selecionados sem o devido critério podem trazer dificuldades, como conflitos interpessoais, diminuição da produtividade etc.

Considerando tudo isso, é essencial que a contratação de colaboradores seja vista como uma prática que deve ser planejada. Cada ação nesse sentido deve estar alinhada com a cultura e com os objetivos da empresa.

Defina o perfil do cargo

O planejamento de qualquer processo seletivo começa com a definição do perfil que se busca nos candidatos. Vale a pena ter bastante atenção nesse momento, pois a clareza dos critérios para ocupação do cargo é o que ajuda a garantir a eficiência da seleção.

Comece listando as atividades que o funcionário realiza nesse cargo, mas não pare por aí. Liste também as competências e habilidades que são necessárias para a realização da função. Registre também critérios importantes para a seleção — como tempo de experiência, cursos diferenciais etc.

Não se esqueça de adicionar aspectos ligados ao comportamento e ao clima organizacional da empresa. Além de habilidades técnicas, é importante analisar se os candidatos têm valores semelhantes ao do seu negócio.

Aperfeiçoe o recrutamento

Você sabia que os processos de recrutamento e seleção não são uma coisa só? É muito comum que os empreendedores e gestores foquem na seleção dos candidatos, mas não deem a devida atenção ao recrutamento.

Entretanto, é muito provável que você enfrente dificuldades para selecionar bons funcionários se não houver sucesso no recrutamento. Isso porque ele é o responsável por atrair concorrentes interessantes para a entrevista.

Um dos detalhes mais importantes quando se fala em recrutar candidatos é escolher as fontes ideais para divulgar suas vagas. Por exemplo: os perfis online da empresa, grupos de oferta de vagas em redes sociais ou sites especializados nessa divulgação.

A melhor escolha é utilizar canais com ampla visibilidade. Assim, aumentam suas chances de atrair candidatos que contemplem o perfil do cargo. Considere, ainda, as possibilidades de fazer uma seleção interna ou pedir indicações para funcionários e colegas.

Dê atenção à triagem dos currículos

Normalmente, inúmeros currículos são recebidos logo depois da divulgação da vaga — inclusive, vários deles fora do perfil buscado. Isso acontece porque diversos profissionais aproveitam a chance de ter contato com novas empresas.

Por isso, a triagem dos candidatos é uma prática um pouco trabalhosa. Mas ela precisa ser realizada com eficiência para que os melhores concorrentes sejam convidados para sua entrevista.

Nesse momento, foque no perfil do cargo e faça uma análise inicial dos currículos. Leia os objetivos e dados profissionais das pessoas e selecione as que se alinharem melhor com as competências que você definiu no planejamento da seleção.

Ao final, é possível olhar novamente os currículos selecionados para garantir uma boa triagem. Aproveite essa etapa também para anotar possíveis dúvidas sobre a formação e as experiências profissionais — elas poderão ser esclarecidas na entrevista.

Planeje as etapas da seleção

As etapas de um processo seletivo podem ser bem variadas, a depender das exigências para cada vaga aberta. Podem ser realizadas entrevistas individuais ou coletivas, além de provas teóricas, apresentações, dinâmicas de grupo etc.

Fazer ou não determinada etapa é uma decisão que você deve tomar no momento de planejamento da seleção. Para isso, pense no que é preciso observar de cada candidato e defina as melhores estratégias para ver isso.

Por exemplo, as provas teóricas são muito úteis para verificar conhecimentos que você considera indispensáveis para o cargo. Já as dinâmicas de grupo fornecem informações importantes sobre quem precisa trabalhar bem em equipe.

Esse planejamento deve ser guiado pela realidade da empresa, pois suas decisões acerca de quem será contratado vão depender do que for visto durante a seleção. O processo pode ser feito por você, por uma equipe de RH da própria empresa ou por consultores terceirizados.

Faça uma entrevista eficiente

Outro passo essencial para contratar bons funcionários é fazer uma entrevista de qualidade. O objetivo dela é munir você do máximo de informações possíveis para analisar um candidato. Logo, é muito importante definir as perguntas que possam alcançar esse objetivo.

Uma prática que vem oferecendo bons resultados é a entrevista por competências. Ela consiste em pedir exemplos de situações reais, em vez de fazer perguntas genéricas. Por exemplo: ao invés de questionar como o candidato resolve conflitos, pedir que ele relate uma experiência em que isso aconteceu.

Essa estratégia permite que você conheça mais profundamente as pessoas e analise a desenvoltura delas com base no que fizeram em experiências passadas. Outra técnica útil é relatar casos comuns na sua empresa e pedir que o candidato fale sobre como lidaria com tal desafio ou resolveria determinada dificuldade.

Saiba manter bons funcionários

Nossas orientações ajudarão você a recrutar e selecionar bons funcionários para o seu negócio. Entretanto, isso não é suficiente para gerir os recursos humanos com eficiência. Também é preciso saber manter os melhores colaboradores.

Do contrário, há o risco de ter alta rotatividade e ser necessário realizar novas seleções frequentes. Como evitar isso? A partir de duas estratégias principais: treinamento e política de benefícios.

Os funcionários trabalham com mais motivação e produtividade quando se sentem valorizados pela empresa. E o gestor pode demonstrar isso implementando benefícios que complementem o salário e investindo no aumento da qualificação da equipe.

Ao colocar todas essas dicas em prática, você contrata bons funcionários, economiza dinheiro e aumenta a eficiência do seu empreendimento. Sem dúvida, vale a pena cuidar dos recursos humanos, que são os principais responsáveis pelos seus resultados!

Quer saber mais sobre esse assunto? Conheça 5 pilares da gestão de pessoas!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *