Usar seu dinheiro com eficiência envolve comprar produtos que sejam de qualidade, isso inclui também alimentos e bebidas. Quando se trata de bebidas mais valiosas como vinhos e espumantes, esse cuidado deve ser redobrado. Afinal, ninguém quer desembolsar o dinheiro e deixar de consumir por não ter escolhido um produto de qualidade, não é mesmo?

Apesar disso, muitos não sabem como escolher vinhos excelentes. Antes de comprar, diversos fatores devem ser levados em consideração, como:  condição da garrafa, rolha, safra e o modo como o vinho foi colocado nas prateleiras.

Quer saber como escolher um bom vinho? Então acompanhe a leitura e veja como fazer isso de forma simples, porém eficiente!

Pense na ocasião que o vinho será tomado

Antes de escolher o vinho, pense na ocasião e, principalmente, na refeição que será servida juntamente com a bebida. Por exemplo, se for uma comemoração de final de ano, as chances de você tomar um espumante serão maiores.

Por outro lado, se você quiser algo mais leve e que deva ser consumido mais rapidamente, vinhos de mesa, que costumam ser mais baratos podem ser outra boa opção. Caso queira fazer um jantar mais elaborado com massas e carnes, por exemplo, um vinho tinto fino pode ser o melhor para acompanhar.

Lembrando que tudo isso são exemplos e não regras. Contudo, planeje o jantar e pesquise sobre as uvas para saber que tipo de vinho harmoniza melhor com o que você irá consumir.

Em alguns vinhos e espumantes o fabricante coloca no rótulo os melhores alimentos para harmonizar. Fique de olho nesse detalhe quando for comprar o vinho.

Quer saber que tipo de uva geralmente harmoniza melhor com o que você deseja comer? Então confira esse link.

Saiba escolher o local ideal para comprar seu vinho

Pode parecer estranho, mas o local que você compra um vinho pode influenciar em sua qualidade. Isso porque cada estabelecimento pode armazenar e colocar os vinhos à venda da maneira que desejar. Tanto que é possível ver supermercados parecidos que dispõem os vinhos de maneiras muito diferentes nas prateleiras.

Se puder, compre em uma loja especializada, como as adegas. Esses estabelecimentos geralmente armazenam o vinho de uma maneira mais correta, ou seja, deitados e expostos a luz e temperatura adequados para manter a qualidade do produto.

Contudo, nem sempre é fácil encontrar uma loja especializada! Assim, o que acontece na prática é que muitos acabam comprando em supermercados. No entanto, alguns cuidados devem ser observados para não fazer uma má aquisição.

Como escolher um bom vinho no supermercado?

O primeiro detalhe que você deve observar é o modo que o supermercado guarda as garrafas. Escolha aquele supermercado que tem uma adega mais bem cuidada, limpa e climatizada.

Procure escolher os vinhos que ficam na horizontal. Se o mercado deixa todas as garrafas em pé, o que não é indicado, evite pegar as primeiras e pegue as do fundo.

Como comprar vinhos pela internet?

Outra possibilidade seria comprar pela internet. Há diversos sites e aplicativos especializados em entregar vinhos, como é o caso da Evino. Nesse caso, procure por sites bem avaliados e que demonstram profissionalismo. Se tiver dúvidas, entre em contato com a empresa para saber como é o armazenamento e o envio das garrafas.

Agora que você já sabe como escolher vinho no supermercado ou em outras lojas, aprenda as características de um bom vinho. No tópico a seguir será mostrado algumas características que devem ser observadas na hora de escolher a bebida.

Se o vinho que você deseja apresentar algum desses problemas, significa que NÃO se trata de um vinho de boa qualidade. Confira.

Preste atenção na aparência do produto

Essa talvez seja a parte mais importante. Antes de colocar qualquer garrafa no carrinho, olhe absolutamente tudo. Analise aspectos como:

  • tampa: veja se está bem lacrada e se a rolha está conservada;
  • verifique se a rolha está rente ao gargalo da garrafa. Se estiver um pouco para cima, não pegue o vinho.
  • estado da garrafa: escolha uma que não tenha rachaduras;
  • quantidade de bebida na garrafa: se tiver muito espaço entre o líquido e a rolha, isso pode significar que tenha tido vazamentos e o vinho, oxidado.
  • cor do vinho: se você conseguir ver a coloração do vinho e for de uma cor muito diferente, certifique-se que essa seja a cor natural antes de comprar.

Além disso, leia o rótulo do vinho para saber informações sobre a uva utilizada e a safra, para saber quantos anos o vinho escolhido por você já tem e quantos ainda poderá suportar sem alterações significativas.

Cada safra pode apresentar diferentes tempos de vida. Por exemplo, a maioria dos vinhos brancos ou rosés devem ser consumidos em até 3 anos. Alguns vinhos tintos podem durar até 5 anos.

Por isso, não caia no mito do “quanto mais velho o vinho, melhor”, pois a maioria dos que produzem vinho fabricam tipos que devem ser consumidos imediatamente, ou dentro de alguns anos.

Importante lembrar também que alguns vinhos trazem informações sobre a safra. Mas caso haja dúvidas, compre o de uma safra mais recente.

Analise as listas dos melhores vinhos

Você não precisa pagar caro para poder saborear vinhos bons. Na internet é possível encontrar listas dos melhores vinhos do ano ou vinhos que foram premiados em competições, por exemplo.

Dessa forma, é possível encontrar bons nomes a preços acessíveis. Quem deseja saber como escolher um vinho bom e barato, recorrer a essas listas de premiações pode ser uma ótima saída para não errar.

Leve sempre em consideração seu gosto pessoal

Apesar das dicas, o mais correto seria sempre lembrar o gosto pessoal antes de tudo. Por mais que um vinho de uma uva x seja melhor para determinado tipo de refeição, às vezes a pessoa prefere tomar outro totalmente diferente. Afinal, vinho também é questão de gosto.

Por isso, escolha um vinho que agrada seu paladar. Quem está iniciando, geralmente começa com vinhos suaves de uvas de mesa e evolui para os demi-sec. Por isso, vinhos desta categoria acabam sendo os melhores para iniciantes.

Outras pessoas têm preferência por um determinado tipo de uva. Nesse caso, veja nos rótulos a uva utilizada na fabricação do vinho que deseja. Se tiver dúvidas, pesquise informações sobre a uva e veja se poderá lhe agradar.

Artigos relacionados ao tema:

É preciso ter cuidado e atenção na hora de escolher um vinho, pois além do dinheiro despendido, pode haver uma frustração em razão da ocasião definida para degustá-lo. Se você é iniciante ou não sabe como proceder nesse momento, siga as dicas e faça uma excelente escolha para a ocasião, aprecie-o e tenha bons momentos para recordar!

E você, já assinou nossa newsletter? Então não perca tempo! Assine agora mesmo e receba conteúdos sobre diversos temas para você melhorar sua vida a cada dia e principalmente, sua condição financeira!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *