Empreender não é uma tarefa simples, pois exige muito planejamento, além de eficiência na tomada de decisões. Nesse sentido, criar um modelo de negócio para a sua empresa é essencial — e o método Canvas pode ajudar muito nisso.

Essa estratégia organiza suas ideias para o empreendimento e permite uma visão objetiva de tudo o que você deseja. Com isso, fica mais fácil também entender o que precisa ser realizado e como as coisas podem ser feitas.

Então, que tal conhecer mais sobre o método?

O que é o método Canvas?

A técnica foi desenvolvida pelo suíço Alexander Osterwalder em parceria com Yves Pigneus. Ela se chama originalmente Business Model Canvas e tem o objetivo de otimizar o planejamento estratégico de uma empresa.

A lógica é de simples compreensão prática, mas tem muito estudo e análise por trás. Os criadores trabalharam com diversas pesquisas entre os anos de 2004 e 2010 para chegar até o método final.

Mas, afinal, o que é o Canvas? Trata-se de um mapa visual que apresenta os principais aspectos de um modelo de negócio. A meta principal da dupla que o desenvolveu foi de simplificar o processo de gestão de um empreendimento.

Assim, ele propõe que a burocracia seja diminuída e a apresentação de diversos documentos e planilhas seja substituída por um resumo gráfico eficiente. Com isso, os pesquisadores defendem que é possível estimular a visão estratégica da empresa.

Como ele funciona?

A ideia do Canvas é uma apresentação de mapa visual com nove blocos principais. Cada bloco representa um fator-chave para todo negócio. Desse modo, a análise dos nove fatores permite compreender a empresa de forma global.

Isso significa que o modelo Canvas deve ser capaz de representar rapidamente os principais aspectos da sua empresa. Assim, ao olhar para a imagem será viável saber o conceito do negócio, assim como suas operações e principais fluxos de processos.

Os nove blocos que compõem o método Canvas são:

1. Proposta de valor

Ela diz respeito ao que seu negócio oferece para o mercado. Ou seja, como ele gera valor para os clientes.

2. Segmento de clientes

Esse bloco trata da segmentação da empresa. Qual é o público-alvo do seu negócio? Que segmentos do mercado são o seu foco?

3. Canais

Nesse aspecto você especifica quais são os caminhos de venda e entrega de seus produtos ou serviços. Isto é, como o cliente compra e recebe esses itens.

4. Relacionamento com clientes

Definir um público-alvo não é a única necessidade de uma empresa em relação aos seus clientes. É preciso também construir formas de relacionamento com eles — e é disso que o fator 4 trata.

5. Atividade-chave

Nesse ponto, o empreender volta para o fator 1 (proposta de valor) e delimita quais são as atividades principais que tornam possível a entrega de valor para o mercado.

6. Recursos principais

Ainda relacionados à proposta de valor e às atividades-chave, é necessário pensar em quais recursos são necessários para realizá-las. É a isso que o fator 6 se refere.

7. Parcerias principais

As empresas não funcionam sozinhas. Em geral, é preciso construir diversas parcerias — por exemplo, com fornecedores. O ponto 7 do método Canvas registra quais são as principais parcerias, isto é, que atividades-chave ou recursos são terceirizados.

8. Fontes de receita

Aqui entram todas as formas que a empresa tem de obter receitas com sua proposta de valor.

9. Estrutura de custos

Por fim, a estrutura de custos traz quais são os gastos envolvidos para fazer toda essa proposta de negócio funcionar na prática.

Como utilizar o Canvas na sua empresa?

Embora tenha uma apresentação objetiva e simples, a construção do mapa visual Canvas não é instantânea. Pelo contrário, é necessário muito planejamento para se chegar até o diagrama final. Como você viu, cada fator se refere a realidades complexas e fundamentais da empresa.

Então, como utilizar o Canvas no seu empreendimento? O primeiro passo é pensar sobre o seu negócio, principalmente no que diz respeito à segmentação de clientes. Afinal, toda empresa surge para resolver um problema ou necessidade de determinado público.

Logo, descobrir isso é essencial em qualquer negócio. É nesse público que a sua proposta de valor será baseada. Depois da delimitação desses fatores, é hora de escolher uma ferramenta para começar a construção do Canvas.

Ele pode ser registrado em uma folha ou lousa na sua empresa. Entretanto, existem softwares e aplicativos que facilitam o desenvolvimento do seu mapa visual. Escolha seu recurso preferido e pense nas quatro perguntas básicas para criação do Canvas:

  • O que?
  • Para quem?
  • Como?
  • Quanto?

O que?

O que sua empresa oferece? A resposta para essa pergunta lhe mostra sua proposta de valor.

Para quem?

Aqui entram todas as reflexões acerca dos fatores que tratam do seu público-alvo e do seu relacionamento com os clientes. Liste as estratégias que você tem para desenvolver a relação deles com a sua empresa.

Como?

Essa pergunta se refere às suas parcerias, atividades-chave e recursos principais. Em resumo, é tudo que permite o funcionamento da empresa e dos projetos dela.

Quanto?

Quanto custa começar ou manter um negócio? De que forma ele será monetizado? Essas reflexões possibilitam definir sua estrutura de custos e as fontes de receita da empresa.

Quais são suas vantagens do Canvas?

Agora você já sabe o que é o método Canvas e como ele pode ser colocado em prática, mas quais são os benefícios de utilizá-lo? Em primeiro lugar, ele permite uma análise profunda de um empreendimento.

Além disso, essa técnica pode ser usada não apenas para representar sua empresa de modo geral. Ela também serva para organizar cada novo projeto a ser desenvolvido no negócio. Assim, o Canvas otimiza a gestão dos projetos e equipes da empresa.

Ou seja, para cada setor ou ideia que surja, é possível se basear nos 9 fatores para delimitar os pontos fundamentais e aumentar muito as chances de sucesso do negócio. Lembre-se de que o planejamento é um dos melhores amigos de um empreendedor.

Uma grande vantagem do Canvas é não deixar que sua empresa se isole do mercado. Ele é um incentivo para que você e seus colaboradores busquem a todo o momento as informações relevantes sobre seu mercado consumidor.

Construir um modelo de negócios em relação íntima com o mercado é a melhor estratégia para que uma empresa se mantenha e cresça. E isso é possível ao utilizar o método Canvas. Coloque-o em prática e veja os resultados aparecerem!

Quer planejar melhor as suas operações? Veja por que a pesquisa de mercado é fundamental para ele!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *