A proteção aos sócios minoritários, em caso de alienação de controle, é um dos fatores considerados por muitos investidores no momento de escolher suas ações. Para ajudar nessa avaliação, a bolsa de valores brasileira (B3) possui um índice específico — o ITAG.

Ele representa uma carteira teórica formada por ações de empresas que pagam mais de 80% de tag along. Portanto, o ITAG serve como referência para aqueles que desejam construir uma carteira de investimentos com base nessa estratégia.

Esse é o seu caso? Então veja a seguir como funciona o Índice de Ações com Tag Along Diferenciado (ITAG) da B3!

O que é o ITAG?

O ITAG, o Índice de Ações com Tag Along Diferenciado, é uma carteira teórica de ativos apresentada pela B3 — a bolsa de valores brasileira. Como você viu, ele reúne e reflete a performance das ações de empresas que oferecem condições diferenciadas para os sócios minoritários.

Essas condições estão relacionadas a um mecanismo de segurança: o tag along. Trata-se de uma regra que diz que os sócios minoritários têm direito a receber por suas ações pelo menos 80% do que foi pago aos majoritários, no caso de mudança de controle da companhia.

Desse modo, o pequeno investidor estaria protegido de maiores prejuízos financeiros decorrentes da alteração do controle da empresa. Afinal, lhe são oferecidas condições semelhantes às dos antigos sócios no momento de negociar seus papéis.

Por lei, as ações ordinárias (ON) são obrigadas a oferecer esse mecanismo de proteção. Assim, o outro tipo de ações (preferenciais — PN) não é incluído na lei. Contudo, as empresas podem optar por estender esse direito a ele, por decisão própria.

Portanto, no ITAG encontram-se as empresas que oferecem ações ON com tag along acima de 80% ou que estendam esse direito aos papéis PN. Dependendo da empresa, o percentual desse mecanismo de proteção pode chegar a 100% do valor por ação.

Qual a composição do ITAG?

O ITAG é composto por ações e units — pacote que reúne diferentes tipos de ativos — negociadas na B3. Portanto, não estão inclusos nesse índice os brazilian depositary receipt (BDRs). Eles são certificados de depósito de valores mobiliários que representam investimentos do exterior.

Também estão excluídas as empresas que estão passando por processos de recuperação judicial ou extrajudicial. Além disso, companhias em regime especial de administração temporária não podem fazer parte do índice.

A carteira teórica do ITAG tem vigência de 4 meses. Portanto, ela é rebalanceada ao final de cada quadrimestre. E você pode acompanhar as atualizações desse índice diretamente no site da B3.

Na carteira de setembro a dezembro de 2021, participaram, ao todo, 257 ativos de empresas de diversos setores. Entre as companhias que possuíam maior peso no Índice de Ações com Tag Along Diferenciado (ITAG) nesse período estavam:

  • VALE (VALE3): 16,626%;
  • PETROBRAS (PETR4): 5,440%;
  • PETROBRAS (PETR3): 4,472%;
  • ITAÚ UNIBANCO (ITUB4): 4,764%;
  • BRADESCO (BBDC4): 4,018%;
  • B3 (B3SA3): 3,218%;
  • REDE D’OR (RDOR3): 2,459%;
  • JBS (JBSS3): 2,059%;
  • ITAÚSA (ITSA4): 2,045%;
  • BANCO DO BRASIL (BBAS3): 1,806%;
  • INTERMÉDICA (GNDI3): 1,739%;
  • MAGAZINE LUIZA (MGLU3): 1,653%;
  • GRUPO NATURA (NTCO3): 1,499%;
  • SUZANO S.A. (SUZB3): 1,489;
  • BANCO BTG PACTUAL (BPAC11): 1,362%.

Para que serve o índice?

Os índices, como o ITAG, servem normalmente para apontar o comportamento de segmentos específicos ou do mercado como um todo. Como representam uma carteira teórica com ativos, eles podem auxiliar no momento de escolher os investimentos.

Por exemplo, se a estratégia do investidor for investir em ações que podem trazer certo grau de segurança, o ITAG pode ajudar. Focado em ta along, a pessoa pode considerar os ativos que compõem esse indicador para montar o seu portfólio.

Além disso, esse índice pode servir como benchmark. Logo, é possível utilizá-lo para fazer comparações e analisar o retorno dos investimentos. Por exemplo, o investidor pode comparar o desempenho das empresas desse índice com a sua carteira ou outros investimentos.

Assim, é possível compreender se uma estratégia é mais vantajosa que outra. Desse modo, índices como o ITAG são úteis na hora de montar uma carteira de investimento. Cabe a você saber quais indicadores são relevantes para sua estratégia e como eles podem ser utilizados.

Como investir para acompanhar o ITAG?

Os índices não são investimentos, mas carteiras teóricas. Nesse sentido, é impossível investir diretamente no ITAG ou em outros indicadores. Uma maneira de ter exposição indireta é por meio de ETFs ou exchange traded funds.

Eles são fundos de investimentos que replicam a carteira de um índice. Até outubro de 2021, ao contrário de outros índices da bolsa brasileira de valores, o ITAG não possuía nenhum ETF o replicando. Mas isso pode mudar no futuro.

Por enquanto, a única maneira de se expor a ele é investindo individualmente em cada uma das ações das empresas que o compõem. Inclusive, respeitando o peso de cada uma na carteira teórica. Você também pode usá-lo para selecionar apenas algumas ações do seu interesse.

Cabe ressaltar que toda decisão de investimento deve estar embasada no seu perfil de investidor e objetivos financeiros. É a partir deles que você conseguirá direcionar seus investimentos e fazer as escolhas certas.

Além disso, é essencial tomar decisões pautadas em conhecimentos bem fundamentados sobre o mercado de renda variável. Caso o investimento seja realizado sem critérios, há chances de ter perdas significativas.

Nesse sentido, vale a pena entender sobre análise fundamentalista. Ela pode ser aplicada para analisar as ações das empresas listadas na B3 e decidir se vale a pena investir. Por meio dela, é possível avaliar a saúde financeira e outros aspectos para entender as perspectivas da ação.

Conclusão

Neste artigo, você viu como funciona o Índice de Ações com Tag Along Diferenciado (ITAG) da B3. Além disso, descobriu como se expor a ele. Lembre-se, no entanto, de considerar seu perfil de investidor e objetivos e fazer uma análise para tomar boas decisões de investimento!

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e confira o que é e como fazer uma análise fundamentalista!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *