Confira os principais destaques da economia e do mercado financeiro na última semana e acompanhe os próximos eventos econômicos e políticos desta semana:

Política e Mercado Financeiro

JAIR BOLSONARO E FERNANDO HADDAD NO 2º TURNO

O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, disputará as eleições presidenciais de 2018 com o candidato do PT, Fernando Haddad, no próximo dia 28 de outubro. Bolsonaro conquistou 46% dos votos válidos, enquanto Haddad teve 29% dos votos dos brasileiros.

PESQUISAS EM BAIXA

Além do resultado mais amplo conquistado por Bolsonaro nas urnas em relação às últimas pesquisas eleitorais, os resultados das eleições 2018 mostraram uma grande divergência entre as pesquisas de intenção de voto realizadas ao longo das últimas semanas e as preferências dos eleitores na prática. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), por exemplo, era apontada como principal nome ao Senado por Minas Gerais, e acabou conquistando apenas a quarta colocação na disputa – ficando de fora do Senado em 2018.

PESQUISAS EM BAIXA 2

Eduardo Suplicy (PT) – que aparecia na liderança da corrida ao Senado por São Paulo – também ficou de fora neste ano, perdendo a primeira posição para Major Olímpio (PSL). No Rio Grande do Sul, Luis Carlos Heinze (PP) – que não aparecia nas pesquisas eleitorais entre os primeiros colocados, conquistou a primeira vaga ao Senado pelo estado com quase 22% dos botos.

RENOVAÇÃO EM BRASÍLIA?

O primeiro turno das eleições 2018 também foi marcado pelo início do que pode ser uma renovação em Brasília. Nomes já conhecidos pelos eleitores – além de Suplicy e Dilma – não conseguiram se reeleger neste ano. Eunício Oliveira (MDB), Romero Jucá (MDB) e Lindbergh Farias (PT) foram alguns dos nomes que deixam Brasília em 2019.

IBOVESPA EM ALTA

O índice Ibovespa em queda de 0,76% na sessão de sexta-feira (5), aos 82.029 pontos, após avançar forte durante a semana com a ascensão de Jair Bolsonaro nas pesquisas de intenção de voto. Apesar da queda de sexta-feira (5), a bolsa brasileira fechou a semana passada com um saldo positivo de 3,75%.

DÓLAR EM QUEDA

O dólar recuou 1% na sessão de sexta-feira (5), encerrando o dia a R$ 3,85 – na última sessão antes do primeiro turno das eleições 2018. Na semana, a moeda norte-americana acumulou desvalorização de 4,53%.

Seu bolso

PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS

Os preços da gasolina e do etanol avançaram na semana passada, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço da gasolina subiu 0,09% ao consumidor, para uma média de R$ 4.70, e renovou a máxima do ano no sexto aumento seguido do combustível. Já o etanol subiu 0,07%, para R$ 2,867, em média.

POUPANÇA EM ALTA

A caderneta de poupança superou os saques em R$ 8,5 bilhões no mês de setembro; de acordo com o Banco Central, foi a maior entrada de recursos para o mês em 24 anos. No acumulado do ano, os depósitos na caderneta de poupança superaram os saques em R$ 25,5 bilhões.

TARIFAS AÉREAS MAIS CARAS

O preço médio das tarifas aéreas aumentou 1,5% no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A tarifa média cobrada em voos domésticos foi de R$ 342,94 no primeiro semestre do ano.

O que vem por aí

ELEIÇÕES 2018

O segundo turno das eleições seguirá em destaque absoluto nesta semana. Jair Bolsonaro e Fernando Haddad darão sequência às suas campanhas, em busca de captação de votos para garantir a vitória em 28 de outubro. Os presidenciáveis também deverão buscar por apoio de outros candidatos nesta nova fase das eleições 2018.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Lilian Morena    

    A guerra do poder, que no final só o povo brasileiro tem a perder ! Esta é a realidade do Pais hoje, de um lado um alucinado e do outro o regresso do PT, quem tem razão, quem é o melhor? Dificil de dizer, mais uma coisa é certa ambos terão que ” MASCARAR” o que deseja para GANHAR a confiança do povo e vencer esta guerra !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *