Você tem um carro financiado? Se a resposta for positiva, sabia que seu financiamento de automóvel pode ser um leasing?

Bastante presente no dia a dia do brasileiro, o leasing é uma operação que muitos já ouviram falar, mas que poucos conhecem ou sabem como funcionam.

Quer saber mais sobre ele? Então continue a leitura e entenda mais sobre o Leasing!

O que é Leasing?

A primeira questão que você precisa saber quando o assunto é leasling é que o leasing não é exatamente uma operação de financiamento. Mas então, por que começamos falando sobre financiamento para explicar sobre leasing?

No Brasil, essa operação é utilizada no varejo com características muito semelhantes a um empréstimo bancário normal, e pode ser que até você tenha um e nem saiba!

O leasing se assemelha a uma operação de aluguel, na qual durante o período da operação, aquele que contrata o leasing tem o direito de utilizar o bem. Ele é classificado na legislação brasileira como um contrato de Arrendamento Mercantil.

Ou seja, a operação de arrendamento mercantil permite que mesmo sem ser proprietário de um bem, você usufrua dele. A operação de leasing se baseia na utilidade de um bem e de seu uso, e não de sua propriedade.

A grande diferença de um leasing para um financiamento é que, nesta segunda opção, sempre ao final do contrato o bem é do titular do financiamento. Já no leasing, de acordo com as cláusulas, o bem pode ser adquirido ou não ao final do prazo.

Como o leasing funciona?

Na operação de Leasing existem as figuras do “arrendador” (banco ou sociedade de arrendamento mercantil) e “arrendatário” (cliente), que negociam o arrendamento de um bem – que será o objeto do contrato.

O arrendador é o dono do bem e o arrendatário é quem terá o direito de uso e terá a posse do bem.

O contrato é feito por um prazo, e com o término desse contrato há a opção de compra do bem pelo arrendatário, geralmente pagando um valor residual.

Quais os tipos de leasing?

De acordo com a RESOLUÇÃO Nº 2.309 do Banco Central, que disciplina e consolida as normas relativas às operações de arrendamento mercantil, as operações de Leasing podem ser de dois tipos:

– Leasing financeiro

– Leasing operacional

A principal diferença é que no tipo financeiro o prazo geralmente é maior e o arrendatário tem a opção de adquirir o bem por um valor acordado previamente. Na maior parte das vezes, ao fim do contrato, a maior parte do valor do bem já foi pago.

Ao final do contrato, o arrendatário tem as opções de efetivar a aquisição do bem arrendado ou devolvê-lo.

O Leasing financeiro é a modalidade que apresenta mais semelhanças com um contrato de financiamento, onde há um empréstimo com um bem em garantia.

Na última atualização do Conselho Monetário Nacional (CMN) sobre o arrendamento mercantil, em 2018, pela resolução 4.696, definiu-se que: o arrendamento mercantil financeiro é todo aquele que não pode enquadrar-se como operacional

As principais diferenças entre o Leasing financeiro e Leasing operacional se dão em relação à Duração, Valor Residual, Opção de Compra, Manutenção do bem, e formas de pagamento, conforme quadro resumo do Banco Central:

Quais as vantagens e desvantagens dessa operação?

As operações de leasing apresentam uma vantagem de custo, pois a operação possui a isenção da cobrança de IOF e por ter a garantia do bem objeto da operação.

Então, em comparação com algumas opções de financiamento, e principalmente algumas opções de empréstimos (com liberação de valor sem destinação específica), o leasing deverá apresentar valores de “prestação” menores.

Ao fim da operação é facultado de acordo com o contrato pactuado: renová-lo, fazer a devolução do bem ou comprá-lo.

Porém, por se tratar de algo próximo a um contrato de aluguel, caso haja solicitação de quitação antecipada – antes do período de permanência mínimo chamado de “período de cancelamento improvável”, pode haver cobrança de quebra de contrato.

Existem também dificuldades de passar a operação para terceiros, como é feito em uma troca de carro financiado, por exemplo.

Conclusão

Como você já deve saber, o ideal é jamais recorrer a operações de crédito, pagando altos juros pela antecipação de um dinheiro que não temos. Porém, se for necessário fazer algum empréstimo ou financiamento, é importante que você conheça os tipos disponíveis e saiba como funciona!

Caso seja realmente necessário contratar uma operação de crédito, é importante saber as características de cada opção disponível no mercado e para quais objetivos elas melhor se adequam, a fim de não incorrer em custos desnecessários ou surpresas no meio do caminho.

Quer se manter sempre atualizado e preparado para lidar melhor com seu dinheiro? Então assine nossa newsletter e receba dicas para ter um vida financeira cada vez mais próspera!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Daniela Viola Bona

Especialista em Finanças e Economista pela UFES (ES). Especialista em Comportamento Organizacional. Atua no mercado financeiro há 10 anos. Realiza atividades de educação e treinamento como professora/instrutora na área de banking/economia.

Posts relacionados

Comentários

  1. Calebi    

    Bona, muito produtivo seu texto para entendermos que existem opções porém também faz necessário, primeiramente, entendermos nossas necessidades. Valeu mesmo, vou compartilhar como meus amigos.

  2. TANIA DAMASCENO    

    Muito bom este resumo sobre leasing. esclareceu minhas duvidas. obrigado.

  3. Tercio marques dos santos    

    Estou com um financiamento atrasado, minha dúvida é! De que pertence este financiamento!! Pertence au Itaú ou o leiasing.?

  4. Tercio    

    Estou com um financiamento atrasado, minha dúvida é! De quem pertence este financiamento!! Pertence au Itaú ou o leiasing.?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *