O mercado financeiro possui diversas regras que regulamentam as mais variadas negociações. É o caso da ordem limitada, uma das alternativas de ordens de compra e venda dentro do mercado de ações.

Mas, assim como a maioria dos termos e normas que envolvem este ambiente, nem sempre é simples de entender como tudo é executado. Por isso, vamos explicar de um jeito fácil o que é ordem limitada e como ela funciona.

Continue acompanhando o artigo para conferir mais detalhes sobre o tema que podem ajudar na organização dos seus investimentos.

O que é ordem limitada?

As ordens de compra e venda de ações são dispositivos que ajudam a manter as transações no mercado de ações. Em outras palavras, as ordens são as instruções de um pedido de compra ou venda enviadas para a Bolsa de Valores.

Já uma ordem limitada é aquela que estabelece um preço limite, máximo ou mínimo, pelo qual o investidor deve comprar ou vender uma determinada ação, não podendo ser ultrapassado.

Ou seja, ela é a ordem que determina o valor de compra ou de venda de uma ação, permitindo, assim, o controle do preço de execução, além do total controle da operação.

Em um exemplo prático, imagine que um ativo é negociado a R$ 100,00, mas sua ordem limitada de compra é de R$ 85,00. Isso quer dizer que essa ordem só será executada quando o ativo atingir os R$ 85,00 ou menos.

Como funciona a ordem limitada?

Em geral, os investidores utilizam a ordem limitada para aguardar o melhor momento para comprar um ativo por um preço menor que o valor de mercado. Ou ainda para vender um ativo por um preço maior, gerando mais lucro.

Quando estabelecida, a ordem é enviada à Bolsa de Valores e permanece em espera até que seja executada.

Apesar de estabelecer o preço máximo ou mínimo para a transação, no entanto, a ordem limitada não fornece nenhum tipo de garantia de que a negociação será realmente executada. Há a possibilidade, inclusive, de haver ordens de outros investidores com preços limite semelhantes sendo executadas antes que a sua, por exemplo.

Outro detalhe importante é que essa ordem sempre tem uma data de validade. Por isso, é fundamental atentar-se para essa data, a fim de não perder o tempo de negociação.

A ordem limitada, no mercado de ações, é uma das mais utilizadas, principalmente por investidores que não têm o costume de acompanhar o mercado em tempo real.

Diferença entre ordem limitada e stop

Como explicamos, há outros instrumentos de compra e venda que podem ser utilizados no mercado de ações além da ordem limitada. E é importante saber como elas atuam para evitar confusões e claro, buscar obter resultados positivos com suas operações.

No caso do stop, esta ferramenta permite ao investidor definir um patamar de execução de uma operação quando uma cotação do papel chega ao valor determinado (ou passa dele). Assim, quando o valor limite estipulado pelo investidor é atingido, é a hora de negociar, seja vendendo ou comprando o ativo.

Enquanto a ordem limitada delimita o valor limite para que a ordem seja executada, envia essa informação para a Bolsa de Valores e fica no aguardando da execução, a stop envia a ordem à bolsa apenas quando a cotação do papel atingir ou passar pelo valor stop.

Outros tipos de ordens de compra e venda

Existem diversos tipos de ordens de compra e venda do mercado de ações, além da ordem limitada ou da ferramenta de stop. Algumas são:

  • Ordem a mercado: essa ordem é executada no preço que a contraparte oferece. Ou seja, o investidor não determina um preço limite para a execução, como na ordem limitada. Assim, os parâmetros acabam sendo o melhor preço do vendedor (operação de compra), e o melhor preço do comprador (ordem de venda)
  • Ordem stop limitada: com nome semelhante, a ordem stop limitada possui o mesmo conceito da ordem stop. Mas, aqui, o investidor deve definir também um preço limite, além do valor stop. Segundo a maioria dos especialistas, a ordem stop limita quase sempre tem mais chances de ser executada quando comparada com a ordem stop
  • Ordem casada: esse tipo de ordem é composta por uma ordem de compra e outra de venda, podendo ser executada somente dessa forma, juntas e simultaneamente.

Lembre-se que essas não são as únicas ordens de compra e venda do mercado de ações, ok?

Utilizando a ordem limitada nas operações

Basicamente, utilizar a ordem limitada em suas operações na bolsa é uma forma de garantir as suas intenções de compra e venda no mercado. Ou seja, assegurando que as transações serão realizadas apenas quando o preço especificado por você for atingido.

A técnica é bastante utilizada, inclusive, por investidores com perfil mais especulativo. Contudo, vale ressaltar que, nesse modelo, exclui-se outros tipos de ordens que visam o melhor momento para uma negociação, como a ordem a mercado.

Assim, é preciso ter segurança nos limites colocados em sua ordem limitada. Ou seja, é fundamental delimitar os valores (máximos ou mínimos) da ordem limitada com base no seu conhecimento do que pode ser o melhor para a sua operação É importante destacar também que a ordem limitada é sempre visível para o mercado.

Antes de utilizar esta ordem em suas operações, é válido sempre procurar informações a respeito do mercado e estudar as melhores opções de investimentos, estratégias e ferramentas disponíveis para estas transações. Somente desta forma você conseguirá estar cada vez mais preparado para fazer boas operações na bolsa de valores!

Curtiu as informações sobre ordem limitada? Se você gostou do material, inscreva-se em nossa newsletter para receber, em seu e-mail, mais conteúdos sobre mercado financeiro e finanças pessoais!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *