Mesmo que as movimentações nos preços dos ativos na bolsa de valores sejam imprevisíveis, existem ferramentas que ajudam a encontrar padrões. Assim, elas permitem definir tendências e são úteis nas operações de especulação. Esse é o caso da sequência de números de Fibonacci.

A sequência aparece na natureza e nas artes, mas também pode ser utilizada no mercado financeiro. Ela ajuda a identificar zonas de atenção para que o especulador defina quando entrar ou sair de uma posição.

Neste artigo, você entenderá o que é a sequência de números de Fibonacci e como ela pode ser usada para analisar tendências em uma análise gráfica. Continue a leitura e confira!

O que é a sequência de Fibonacci?

A sequência de Fibonacci representa uma sucessão numérica que aparece em diversos fenômenos da natureza. Por exemplo, é possível encontrá-la nas copas das árvores, no arranjo das folhas dos ramos de plantas e no número de pétalas das flores.

Na prática, ela parte dos números 0 e 1 e recebe outros nomes, como sequência áurea ou sucessão de Fibonacci. A popularização dessa sequência ocorreu graças ao matemático italiano Leonardo Fibonacci, também conhecido como Leonardo de Pisa.

Seus estudos permitiram encontrar tanto a relação numérica quanto a composição geométrica que pode ocorrer entre os números. Essa análise partiu da observação de um casal de coelhos e sua reprodução ao longo do tempo.

Assim, os números da sequência permitiram contabilizar o total de casais formados. Com isso, o matemático conseguiu identificar como o padrão numérico se repete na natureza de diversas maneiras.

Vale destacar que a espiral perfeita de Fibonacci aparece em formas de diversos animais. Nas artes, grandes obras feitas por Leonardo da Vinci utilizaram a chamada proporção áurea, mostrando sua importância também em outras áreas.

Como funciona essa sequência?

Depois de saber o que é a sequência de números de Fibonacci, entender seu funcionamento é simples. Como você viu, os algarismos iniciais são 0 e 1. Os próximos números da sucessão serão sempre a soma dos dois anteriores.

Logo, os primeiros termos da sequência são 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21 e 34. Vale destacar que a série de números continua infinitamente, de acordo com o interesse de quem utilizará a sequência.

Ademais, o funcionamento da sequência de números de Fibonacci envolve a razão áurea, também conhecida como divina proporção ou proporção áurea. Para encontrá-la é necessário transformar os números em quadrados e organizá-los geometricamente.

Dessa forma, surge a espiral de Fibonacci. O motivo pelo qual ela é conhecida como proporção áurea é por ser harmônica, equilibrada e agradável aos olhos. Portanto, ela se tornou uma maneira de definir o que é belo na natureza e nas artes.

Como a sequência de Fibonacci é utilizada no mercado financeiro?

Outro ponto interessante da análise de números de Fibonacci está no fato de que, como você viu, ela pode ser utilizada também no mercado financeiro. Nesse sentido, ela costuma ser empregada na análise técnica por quem realiza operações de especulação na bolsa de valores.

Nesse caso, a sequência pode ser utilizada em conjunto com outros indicadores para compor uma estratégia de avaliação. Por exemplo, ela pode ajudar a encontrar os pontos de suporte e resistência e quais são as tendências de reversão.

O uso da estratégia se justifica porque o mercado financeiro se comporta de maneira semelhante aos elementos da natureza. Então, como os movimentos dos ativos e derivativos não seguem um padrão linear, o objetivo seria utilizar a sequência para identificar as zonas de interesse.

No entanto, é importante entender que não se trata de uma previsão precisa. Ou seja, a análise serve apenas como uma indicação dos movimentos que podem acontecer, ajudando a identificar as tendências.

Logo, a ferramenta é utilizada como uma forma de basear a tomada de decisão, ajudando os especuladores a planejar suas operações. Por esse motivo, é fundamental que seja utilizado com outros indicadores.

Como é utilizada na análise gráfica?

Como foi possível aprender, a sequência numérica de Fibonacci pode ser aplicada no mercado de capitais, especialmente por especuladores que utilizam a análise técnica. Para isso, existem alguns níveis importantes que devem ser conhecidos.

O primeiro é o inverso da razão áurea que, em porcentagem, representa 61,8%. Outro nível bastante relevante é obtido pela divisão de alguns números da sequência, chegando ao resultado de 38,2%. Também é importante conhecer os níveis 0%, 23,6%, 50% e 100%.

Com esses padrões, o trader consegue obter duas informações principais: a projeção e a retração. O primeiro conceito representa o quanto a cotação tende a subir, acompanhando a tendência de alta. O segundo corresponde à correção da tendência, após uma variação muito intensa.

Vale ressaltar que a sequência de Fibonacci é utilizada na terceira onda de um movimento de preços no mercado financeiro. Se houver uma subida na primeira onda, a segunda faz a correção com uma queda e a terceira retoma a ascensão.

Diante disso, os níveis são usados para entender até onde o movimento tende a ocorrer, até que uma nova reversão aconteça.

Quais as vantagens de utilizar a sequência de Fibonacci na análise gráfica?

A principal vantagem de utilizar a sequência de Fibonacci na análise técnica é obter informações para tomar decisões mais embasadas. Com a análise dos níveis, por exemplo, é possível identificar pontos de entrada e de saída das posições.

Nesse caso, o objetivo é maximizar os lucros obtidos nas operações de especulação. Ao identificar o provável momento de reversão da tendência, é possível explorá-lo ou fechar sua posição com base na análise.

Ainda, quando o trader identifica a chegada de um suporte, é possível abrir uma posição comprada ou encerrar a posição vendida. Diante da aproximação de uma resistência, a tendência é ocorrer o contrário, sempre seguindo a estratégia do especulador.

Agora você sabe como a sequência de números de Fibonacci permite observar tendências no mercado financeiro. É importante ter em mente que a bolsa de valores é marcada pela volatilidade e não é possível ter certezas sobre as operações. Então, ao operar, respeite seu perfil e seus objetivos.

Gostou de saber mais sobre o assunto e quer ampliar seus conhecimentos? Então confira 6 pontos de atenção antes de fazer suas operações de curto prazo!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *